macOS 12 Monterey - "Texto ao vivo" deixou de ser exclusivo a Macs com M1

macOS 12 Monterey - "Texto ao vivo" deixou de ser exclusivo a Macs com M1

A Apple tornou a funcionalidade Texto ao vivo compativel para modelos Mac com Intel. Sabe mais aqui.

André Morais
∙ 2 minutos de leitura

Em junho, a Apple deu a conhecer a todos os seus utilizadores o novo macOS 12 Monterey que irá suceder o tão adorado macOS Big Sur. Para além de trazer grandes novidades a um sistema operativo já idílico, veio desfazer uma parte da fronteira que separa os Macs com Apple Silicon e Macs com Intel.

A terceira versão beta do novo macOS não trouxe nada de extraordinário. Contudo, há uma novidade que despertou o interesse de muitos utilizadores por ser contraditória à intenção aparente da Apple, que era deixar por completo a Intel.

Nas notas da antevisão pode ler-se que o Texto ao Vivo (uma funcionalidade anteriormente compatível exclusivamente com Macs com Apple Silicon) será compatível com todos os modelos mac que suportem o novo macOS Monterey. No entanto, a Apple não menciona o nome da Intel em nenhuma das notas.

Apple

É possível que a Apple esteja a tomar este caminho com base na demanda desta funcionalidade e com base no facto de que ainda são muitos os utilizadores de Macs com Intel.

Apesar disto tudo, nem os Macs equipados com M1 te vão permitir ver Texto ao vivo através da camara. Isto é compreensível, uma vez que a Apple apenas destina as camaras dos iMacs e MacBooks para conferências de vídeo e não para apontar para cartazes ou algo do género. Apenas vais poder aceder ao Texto ao vivo nas fotografias já capturadas pelo teu Mac.

O que é Texto ao vivo?

De uma forma muito resumida, a funcionalidade Texto ao vivo permite que através de uma fotografia de um cartaz, por exemplo, consigas copiar instantaneamente o texto que constitui o mesmo. Um exemplo que representa muito bem a utilidade desta funcionalidade é o facto de poderes ligar diretamente para o número que está num cartaz de venda de uma casa ou terreno, utilizando apenas a tua camara.

O melhor de tudo é que não estás limitado ao que capturas com a tua camara no momento para poder usufruir desta funcionalidade. Podes utilizar uma imagem qualquer na tua galeria que tenha texto ou números.

O poder de processamento necessário para efetuar estas tarefas com sucesso e sem perdas de performance era o que estava a preocupar a Apple no que toca a Macs equipados com Intel. O Texto ao vivo foi concebido para o Neural Engine da Apple, que surgiu em 2017, nos processadores A11 e mais recentes. Por este motivo a funcionalidade manteve-se exclusiva aos Macs com Apple Silicon.

Se o teu Mac suportar o macOS Monterey, vais poder usufruir do Texto ao vivo, mesmo que este esteja equipado com um processador Intel. Pelo que está definido, a performance não será tão rápida por causa da falta do Neural Engine, mas irá funcionar de qualquer modo.

O que achas desta " mudança de planos " da Apple? Deixa a tua opinião.

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.