Apple Watch detetou problemas de tiroide em utilizadora

Uma estudante descobriu que tinha problemas na tiroide, graças ao Apple Watch.
Escrito por António Guimarães e
1 min de leitura
Apple Watch detetou problemas de tiroide em utilizadora
Photo by Ryan Stone / Unsplash
Publicidade
Publicidade

Na Austrália, uma estudante de enfermagem obteve informação vital sobre a sua glândula tiroide, graças ao Apple Watch. Após receber notificações sobre irregularidades no seu batimento cardíaco, a utilizadora acabou por ser diagnosticada com problemas na tiroide uma semana depois.

Esta história foi partilhada pela própria no TikTok, onde encorajou utilizadores a ativar as notificações de deteção de ritmo cardíaco alto, baixo, irregular ou para exercícios de "cardio".

@studyvlogloz

@studyvlogloz ‼️ #thyroidproblems #thyroiddisease #thyroiditis

♬ original sound - Lauren 🤍

No vídeo, a estudante afirma que devia ter ativado as notificações mais cedo, pois podia ter sabido dos problemas de saúde ainda mais cedo. Ao ver as notificações, a futura enfermeira reparou que o seu consumo de oxigénio tinha baixado, indicando problemas cardiovasculares.

Com estas funções ativas, irás receber notificações sempre que o teu ritmo cardíaco estiver baixo, conforme a tua idade e sexo. Deves ter, no mínimo, 20 anos para fazer uso destas notificações.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo