O iPad Air 4 foi apresentado no início do mês com o novo processador da Apple A14 Bionic, e desde aí que a curiosidade para vermos o seu primeiro benchmark é muita. No fim de contas, este será também o processador que vai equipar a muito aguardada nova série de iPhones, que deve ser apresentada daqui a poucos dias.

O novo iPad Air ainda não chegou ao mercado e por isso estamos na base das especulações com este artigo. Mesmo sendo este benchmark revelado pelo Ice Universe, um dos mais confiáveis leakers no Twitter.

O benchmark que ele revela foi executado no Geekbench 5 e mostra-nos listado o chip A14 Bionic de 6 núcleos com uma frequência básica de 2.99 GHz e 3.66 GB de memória. Não esquecer que este chip é baseado na mais avançada litografia de 5nm. Os resultados mostram-nos uma evolução notável, tanto em pontuação single-core como multi-core do A14 Bionic versus o chip da geração anterior, o A13 Bionic.

O novo A14 Bionic marcou 1583 pontos em single-core e 4198 pontos em multi-core. O iPhone 11 Pro com o A13 Bionic consegue apenas 1327 pontos em single-core e em multi-core também é superado com 3300 pontos.

Quando o embate é contra o chip A12Z Bionic do iPad Pro, este último leva a maior, apenas nos seus 4644 pontos em multi-core.

São realmente números espantosos quanto comparado com o chip A13 do ano passado, já quando comparado com o A12Z, as diferenças não são assim tantas. O que faz sentido dado que o chip do iPad Pro tem mais um núcleo para a GPU.

Convém lembrar mais uma vez que tudo depende se este benchmark é genuíno ou não. Não tomes estes dados como 100% certos. Porém não deve tardar até os conseguirmos confirmar com a aparente chegada iminente do iPad Air 4 às lojas.