Conceito demonstra o que poderá vir a ser um "Apple Watch Fit"

Conceito demonstra o que poderá vir a ser um "Apple Watch Fit"

Apesar de ainda não ter chegado a Portugal, a Apple já lançou o seu mais recente projeto - Apple Fitness+. E se com ele chegasse um Apple Watch Fit?

Ricardo Crespo
∙ 3 minutos de leitura

O Apple Watch é o smartwatch mais vendido do mundo, mas ainda há muita gente que gosta de utilizar um relógio tradicional ou que não quer gastar tanto dinheiro de um Apple Watch. Muitos tendem a comprar fitbits - pulseiras de fitness -, que possuem os recursos básicos de um smartwatch e rastreiam a sua condição física.

Uma vez que nenhuma fitness band popular foi verdadeiramente desenhada para iPhone, que tal se a Apple usasse o Fitness+ como uma oportunidade para lançar um novo membro para a família Apple Watch?

Um novo modelo que atendesse especificamente aos compradores de relógios mais baratos, focados em saúde e que, ao mesmo tempo, possibilite registar dados da sua atividade e workouts - o Apple Watch Fit.

Para os utilizadores de relógios tradicionais e de fitness que não querem usar algo que seja muito grande ou muito largo, este não seria um relógio com um design moderno e sofisticado mas sim algo para quem pratica desporto ou quer cuidar da sua saúde. A Apple poderia facilmente estreitar o design existente do Apple Watch SE e redesenhar as braceletes desportivas e loop desportivas.

Home Screen, Metereologia, Aplicações Recentes e uma conquista no Apple Watch Fit

O watchOS foi desenhado para ecrãs pequenos e imaginá-lo num ecrã mais estreito não é difícil. Com um ecrã tão estreito, alguns serviços poderiam não funcionar bem, como a aplicação Mapas, mas um Apple Watch mais acessível e claramente focado para a atividade física, poderia perfeitamente dispensar esta aplicação.

Apple Fitness+ e Apple Music

Todas as aplicações de atividade e saúde da Apple ficariam incríveis imaginadas num dispositivo mais estreito, tais como o Treino, a Atividade, o Sono e o Respirar.

O Apple Fitness+ tem o potencial para ser um grande sucesso, uma vez que permite que as pessoas subscrevam um poderoso serviço de fitness sem terem que comprar uma máquina de vários euros. Ao reduzir a barreira de entrada de um Apple Watch para os 169 euros ou até mesmo 119 euros pode aumentar drasticamente a quantidade de subscritores do Fitness+ e ajudar a tornar mais pessoas mais saudáveis e ativas.

O Apple Fitness+ funciona naturalmente em conjunto com o Apple Music. Portanto, um Apple Watch Fit também pode ajudar a expandir a base de subscritores do Apple Music e as vendas de AirPods. O Apple Watch Fit pode incluir a aplicação de Música e transmiti-la diretamente do teu iPhone.

Apple Watch Fit em vermelho e azul

Um Apple Watch mais acessível e direcionado para a atividade física pode solidificar a Apple como líder definitiva em tecnologia de fitness vestível. O Apple Watch Series 3 continua a ser vendido como um ponto de entrada mais acessível para o ecossistema da Apple. Mas um modelo verdadeiramente novo, projetado especificamente para essa faixa de preço, pode mudar tudo. Se o preço estiver certo, isso pode acabar com a influência da fit bands no mercado e criar uma nova forma de as pessoas perceberem porque o Apple Watch é tão bom.

Sem dúvida que este conceito traz mais valias a futuros novos utilizadores do Apple Watch. Estarias interessado num Apple Watch com um design inspirado em Fitbit? Partilha connosco na secção de comentários.

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.