Atualmente, os smartphones são cada vez mais compostos por vidro no seu exterior. Muitos consideram esta característica um sinónimo de fragilidade, já que o vidro quebra. Para mudar este paradigma, a Corning, fabricante dos vidros usados nos iPhones e em muitos outros smartphones no mercado, anunciou recentemente o seu novo Gorilla Glass Victus.

Em linhas gerais, o desenvolvimento de vidros para smartphones funciona da seguinte forma: quanto maior for a resistência a quedas, mais suscetível fica a arranhões, e vice-versa. Para tentar resolver esta limitação, a Corning empenhou esforços e criou um novo vidro, ao qual chamou Gorilla Glass Victus.

Segundo uma pesquisa da Corning nos 3 maiores mercados de smartphones (Estados Unidos, China e Índia), a durabilidade é um dos fatores mais tidos em conta na compra de um aparelho, perdendo apenas para a marca do mesmo. No mesmo estudo, os consumidores afirmam preferir pagar mais para ter um aparelho mais durável. Contudo, não é expectável que o Gorilla Glass Victus venha a custar mais para as fabricantes.

Em testes de laboratório, o Gorilla Glass Victus conseguiu resistir a quedas até 2 metros, mesmo em superfícies duras e ásperas. Em termos de comparação, a Corning informou que vidros das outras fabricantes não resistem a quedas com mais de 0,8m. No que respeita a arranhões, o vidro é até 2x mais resistente que o anterior modelo Gorilla Glass 6 e até 4x mais resistente que os vidros da concorrência.

O anúncio da Corning será certamente bem recebido, já que a mesma é a fornecedora de mais de 45 grandes marcas, onde se incluem a Apple e a Samsung. O vidro da empresa já foi utilizado em mais de 8 mil milhões de dispositivos vendidos desde o seu início. Em comunicado, a Corning informa que a Samsung será a primeira grande marca a lançar um dispositivo usando o Gorilla Glass Victus "num futuro bem próximo".

É uma excelente notícia, à qual esperamos que a Apple se suceda com o iPhone 12.