Estará na altura de substituires o teu Mac?

Estará na altura de substituires o teu Mac?

Sentes que o teu Mac já não é o que era antes? O desempenho está a diminuir? Provavelmente estará na altura de o substituires!

André Morais
∙ 3 minutos de leitura

A durabilidade dos equipamentos Apple é um dos pontos que atrai cada vez mais utilizadores para o ecossistema da Maçã trincada. Estamos em 2021 e vale a pena referir que, aqui em casa tenho um MacBook Pro de 2011 a funcionar bem e dar uma coça a muitos portáteis Windows atuais!

Contudo, nada dura para sempre, e os Macs não são excepção.

A Apple classifica os seus equipamentos consoante o ano em que começaram a ser vendidos. Por exemplo, os Macs que começaram a ser vendidos há mais de 5 anos, são considerados vintage. Por sua vez os Macs que foram descontinuados há mais de 7 anos são considerados obsoletos.

Neste artigo vou expor alguns sinais que mostram que está na altura de te despedires do teu Mac.

Já não atualiza para o MacOS mais recente

Como sabes, todos os anos surge uma nova versão do macOS com muitas novidades e novas funcionalidades que visam melhorar, de forma exponencial, a experiência de utilização. Muitos modelos antigos ainda suportam novas atualizações.

No entanto, se o teu Mac já não pode atualizar para o macOS mais recente, significa que se está a tornar obsoleto. Por conseguinte, não terás mais updates de segurança no futuro e, muito provavelmente, algumas aplicações deixarão de funcionar.

Atualmente, o macOS mais recente é o Big Sur.

Não sabes se o teu Mac é compatível com o novo macOS? Podes consultar aqui!

Os componentes internos estão desatualizados

Com o tempo, o sistema operativo e as suas aplicações são otimizados para o hardware mais antigo mas apontam sempre para proporcionar o melhor desempenho nos equipamentos com o hardware mais recente.

Se tens notado um défice de performance substancial no teu Mac enquanto executas tarefas relativamente simples, isso pode ser um sinal de que o hardware que constitui a tua máquina está "a dar as últimas".

Os modelos mais antigos de Macs vinham com um HDD, contudo, hoje em dia 99% dos utilizadores de MacBook, pertencentes à Era onde ainda se podia alterar alguns componentes internos, estão a mudar para um SSD pois compensa a diferença de desempenho.

O processador é outro componente interno que, com o tempo de uso, vai ficando cada vez mais fraco e envelhecido. O poder de processamento, hoje em dia é crucial para a utilização diária, principalmente numa época de aulas online.

A bateria também vai demonstrando o seu envelhecimento com o tempo. Vais reparar numa diferença significativa de performance e autonomia.

Espaço cada vez mais reduzido

Um pequeno à parte, bons eram os tempos onde 4 MB guardava o progresso de vários jogos na PlayStation 2. Hoje em dia, um jogo ocupa um espaço no teu disco por apenas 100 GB.

Isto para dizer que, com o tempo e com a evolução da tecnologia, as aplicações vão ocupando cada vez mais espaço e se estás constantemente a tentar libertar espaço no teu Mac e estás dependente de recursos externos para armazenar os teus trabalhos e documentos, está na altura de fazeres um upgrade.

Problemas constantes de software

Como já referi anteriormente, se o teu Mac não suporta o macOS mais recente é um sinal evidente para fazeres um upgrade.

Este motivo pode não ser suficiente para muitos utilizadores e a maior parte já me mandou passear com o seu MacBook Pro de 2011 com 16 GB de RAM, um SSD e com o Catalina no coração.

Contudo, se estiveres a experienciar problemas de software constantes tais como bloqueios de sistema, podes tentar solucionar estes problemas com um reset e uma reinstalação do macOS na tua máquina. Se tudo correr bem, terás um Mac mais rápido, com mais espaço e sem problemas de software.

Caso o problema persista, é um indicativo de que está na alura de fazeres um upgrade.

Para resolver problemas a melhor ajuda a que podes recorrer é um Centro de Assistência Autorizado da Apple, como é o caso da Ponto Sagres. Podes até usufruir do seu serviço, iOS Repair, que proporciona reparações à distância, sem teres de te deslocar do conforto da tua casa.

Não sabes que Mac comprar?

Vou recomendar que visites o guia do MacRumors para compras de dispositivos Apple onde podes consultar e averiguar qual o melhor equipamento para ti.

Espero ter ajudado com este artigo. Deixa o teu feedback nos comentários!

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.