Google Pixel 6a VS iPhone SE: a batalha da gama média

O lançamento do Google Pixel 6a veio tornar o mercado da gama média ainda mais competitivo. Conhece aqui as suas características face ao iPhone SE.

Nem só de grandes batalhas se fazem vitórias. Apple e Google competem ferozmente não só pelo segmento premium, mas também na gama média.

Há já muito que se especulava uma atualização do iPhone SE e em março vimos a tecnológica de Cupertino nos entregar o seu novo equipamento para 2022. A Google não quis ficar atrás e trouxe-nos também uma atualização da sua linha A na forma do Google Pixel 6a, um dispositivo que veio para dar luta num mercado já muito concorrido.

Se estás a considerar comprar um smartphone de gama média e estes dois dispositivos chamaram-te à atenção, encontrarás a seguir uma comparação dos mesmos para cada especificação.

Design

iPhone SE à esquerda, Google Pixel 6a à direita.

O design de um smartphone é sem dúvida um dos pontos cativantes, que nos leva a um amor à primeira vista. Infelizmente para o iPhone SE, não é a primeira vez que vemos este design, que segue as mesmas linhas da geração anterior,como quem diz, dos iPhones 6, 7, e 8. E por ser um design antigo começa a mostrar a sua idade, com margens grandes que retiram espaço de visualização e empurram para um ecrã mais pequeno. Já o Google Pixel 6a surge com uma cara bem 2022, com ecrã de ponta a ponta e com a câmara a perfurar o ecrã no centro. As margens reduzidas permitem que tenhamos um ecrã maior num corpo compacto.

Quanto a sensores biométricos, ambos usam leitor de impressão digital. Enquanto a Apple mantém o uso do Touch ID no botão principal, na frente do equipamento, a Google implementou-o de forma mais moderna, diretamente no ecrã.

Numa postura global, ambos se apresentam com o mesmo tipo de materiais de construção. O iPhone e o Pixel apresentam-se com laterais em alumínio e vidro na traseira. Ambos partilham também o mesmo número de cores disponíveis. No iPhone terás um luz das estrelas, meia-noite ou vermelho. Olhando para o Pixel 6a, tens um sage, chalk e charcoal.

Acabamentos do Pixel 6a vs iPhone SE 2022.

Cabe ao consumidor avaliar qual o design que mais lhe agrada. Já diz o ditado: "Gostos não se discutem!".

Ecrã

O ecrã é dos pontos fulcrais, se não mesmo o mais importante de um smartphone. É com ele que interagimos e tiramos partido de todas as outras especificidades de um dispositivo.

O iPhone SE apresenta-se com um ecrã LCD de 4.7 polegadas, com resolução de 1330x750. Com isto, o iPhone nem chega a ter um ecrã HD. Já o Google Pixel 6a traz um ecrã OLED de 6,1 polegadas, com resolução Full HD+. Claramente, o Pixel ganha esta ronda da competição, já que traz mais espaço de visualização, melhor contraste e brilho.

Ecrã do Google Pixel 6a.

Carregamento

Ambos os dispositivos suportam carregamento rápido via cabo (no iPhone carregas via Lightning, no Pixel através da entrada USB-C). Por outro lado, o iPhone SE suporta carregamento wireless Qi, coisa que o Google Pixel 6a não inclui. A ausência desta funcionalidade, pode ser um fator decisivo no momento da compra.

Ambos não incluem um adaptador de corrente na caixa.

Armazenamento

Não há dúvidas aqui: o Pixel 6a sagra-se campeão neste ponto. Pelo mesmo equipamento de entrada, o iPhone SE inicia com 64GB de memória interna, ao passo que o smartphone da Google parte com o dobro da memória, 128GB.

Desempenho

A nível de desempenho eles oferecem o melhor que as duas gigantes têm para oferecer. No cerne do iPhone SE está o processador A15 Bionic, o mesmo que equipa a geração de iPhones 13. A nível da memória RAM temos 4GB. Já o Google Pixel 6a vem equipado com o seu processador de topo Google Tensor que equipa os flagships Pixel 6 e 6 Pro, com 6GB de RAM.

Sistema operativo e suporte

Podemos considerar este tópico como um empate? Ambos os dispositivos brilham no que respeita ao sistema operativo, já que ambos correm a versão mais recente do iOS e do Android para o iPhone SE e Pixel 6a, respetivamente.

No que respeita ao suporte, estão também em pé de igualdade. O iPhone SE tem suporte de software com atualizações estimadas para os próximos 5 anos. A Google atualizou recentemente o cronograma de updates para os seus dispositivos acompanhando os mesmos 5 anos de suporte a atualizações da Apple - estes 5 anos são de pelo menos atualizações de segurança.

Câmaras

O que mais fascina os utilizadores dos equipamentos Google Pixel são as câmaras, portanto não poderíamos deixar de fazer esta comparação. A Google acompanha a maioria dos dispositivos desta gama de preço ao vir equipado com 2 câmaras, já o iPhone SE mantém a sua única câmara. No Pixel ganharás funcionalidades de ultrawide. As câmaras traseiras do iPhone e do Pixel têm a mesma resolução de 12MP.

iPhone SE à esquerda, Google Pixel 6a à direita.

O Pixel 6a partilha o mesmo conjunto de sensores do Pixel 5, já conhecido pela sua excecionalidade na qualidade de fotos tiradas.

O iPhone por sua vez também não fica atrás, se bem que com menos a câmara ultrawide. Aquilo que sabemos, mesmo que ainda sem testar o Pixel 6a é que o iPhone se tem destacado no modo vídeo há vários anos.

Considerações finais

Todas as informações acima permitem-te apenas ter uma visão global de cada equipamento e ajudar-te a formar uma opinião. É ao consumidor final quem cabe a decisão de qual o equipamento que mais lhe agrada e satisfaz, respeitando o seu estilo de vida.

O que achas do novo Pixel 6a? Se tivesses de optar por um destes dois, qual escolherias e porquê? Partilha connosco na secção de comentários.