HDR Merge: a nova extensão da Skylum para o programa de edição Luminar Neo

Uma ferramenta indispensável para os amantes da fotografia e, mais concretamente, da imagem HDR.
Escrito por Daniel Pinto e
1 min de leitura
HDR Merge: a nova extensão da Skylum para o programa de edição Luminar Neo
Publicidade
Publicidade

A Skylum anunciou o tão esperado sucessor do Aurora HDR: a extensão HDR Merge para o programa de edição de imagem Luminar Neo.

A ferramenta possibilita a aplicação de uma técnica muito conhecida chamada High Dynamic Range (HDR) – em português, ampla gama dinâmica –, que envolve, essencialmente, a combinação de várias imagens da mesma cena, com diferentes níveis de exposição. A extensão processa estas imagens para produzir uma imagem HDR final mais aproximada daquilo que o olho humano consegue ver.

Para criar uma imagem HDR, o utilizador só tem de selecionar até dez fotos importadas no Catálogo, arrastá-las para a extensão HDR Merge no painel direito do programa e, por fim, clicar em Merge. A ferramenta irá trabalhar as imagens de modo a devolver um resultado final equilibrado e muito próximo do que o olho humano consegue ver.

Fonte: Skylum

A extensão possui ainda outras funcionalidades como o alinhamento automático para fotos tiradas sem tripé, ou a redução do efeito fantasma quando são captados objetos em movimento. O HDR Merge funciona também com uma única foto, sendo capaz de alcançar a gama dinâmica e o detalhe esperados.

Para quem não conhece o Luminar Neo, trata-se de um software de edição de imagem que permite aos amantes da fotografia aprimorarem os seus trabalhos através de ferramentas inovadoras com Inteligência Artificial (IA).

O Luminar Neo está disponível para macOS e Windows e tem um custo de 79,95 euros. Já a extensão HDR Merge está disponível por 49,95 euros.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo