Depois de uma longa espera, os fãs de iPhone finalmente conheceram os novos modelos do smartphone da Apple. O iPhone 12 foi lançado em 4 versões: iPhone 12, iPhone 12 mini, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max. Neste artigo vamos comparar a versão 12 Pro com o seu antecessor, iPhone 11 Pro. Caso tenhas o modelo do ano passado, aproveita para perceber se no teu caso faz sentido fazeres, ou não, o upgrade para o mais recente.

Design e dimensão

Parece lógico começar pelas diferenças visuais, ou seja, por as características que conseguimos detetar de imediato mal olhamos para o novo modelo. O design sofreu alterações e o iPhone 12 surge mais parecido com os antigos iPhones 4/5 do que com o 11. Depois de vários anos com um aspecto mais curvo, a Apple regressa ao passado e volta com as bordas e com as traseiras mais retas - similar ao iPad Pro.

Em termos de materiais, não temos grandes diferenças aqui, com vidro fosco na parte de trás do equipamento e aço inoxidável com um acabamento brilhante nas laterais. O iPhone 12 Pro é ligeiramente mais alto, 2,7 mm, mas a Apple garante que este é 11% mais fino, 15% mais pequeno e 16% mais leve (187 g vs. 188 g) que o iPhone 11.

E as cores? Ambos os modelos estão disponíveis em 4 cores, mas há uma grande novidade neste campo. O iPhone 12 surge em azul pacífico, uma nova aposta que está a ser bem recebida pelo público em geral. De forma detalhada, estas são as cores disponíveis para cada modelo:

  • iPhone 12 Pro: azul pacífico, dourado, grafite, prateado;
  • iPhone 11 Pro: verde meia-noite, prateado, cinzento sideral, dourado.

Ecrã

O tamanho do ecrã do iPhone 12 passa a ter 6,1 polegadas em comparação com as 5,8 do iPhone 11. Como a Apple reduziu as bordas à volta do ecrã, foi possível aumentar o espaço de ecrã sem efetivamente aumentar o tamanho do dispositivo.

Portanto, agora temos um vidro totalmente plano na parte da frente, produzido com a tecnologia Ceramic Shield, desenvolvida em parceria com a empresa Corning. Segundo a Apple, esta tecnologia permite que o iPhone 12 tenha "o vidro mais resistente num smartphone", 4 vezes mais resistente a quedas.

As restantes características são parecidas, ou seja, mantemos o Super Retina XDR com a tecnologia OLED, suporte a HDR, True Tone, vasta gama de cores (P3) e luminosidade máxima de 1200 nits (HDR).

Conectividade

Uma das maiores novidades tem a ver com a conectividade sendo que os novos iPhones são compatíveis com a rede 5G. Esta nova geração de redes super rápidas abrem todo um leque de possibilidades, desde o streaming de conteúdos com latência perto de zero, ao download instantâneo de apps, importante para as App Clips.

Claro que não basta ter um iPhone com 5G - é sempre necessário estares numa área com 5G para poder ter acesso a estas velocidades.

Câmara

É expectável que haja sempre melhorias na qualidade de imagem, por isso vamos conhecê-las. Começando pelas câmaras traseiras, mantemos um sistema triplo - Ultra grande angular, Grande angular e Teleobjetiva de 12 MP. As grandes diferenças são ao nível da abertura, modo noite e o facto de agora ser possível fotografar em RAW.

No iPhone 12 Pro a câmara grande angular tem agora uma abertura ƒ/1.6, enquanto que o 11 Pro tinha ƒ/1.8 no 11 Pro). Isto garante maior entrada de luz, permitingo a obtenção de imagens mais definidas.

O modo noite e o deep fusion passam também a funcionar em todas as câmaras, frontal incluída, o que não acontece com o iPhone 11 Pro. Além disso, é possível combinar o modo noite com o modo retrato e com time-lapses.

Além disso, o iPhone 12 Pro vem equipado com sensores LIDAR, o que permitirá um maior uso da realidade aumentada com a recriação de espaços vazios para arquitetos ou decoradores, por exemplo.

Em relação ao vídeo, os novos iPhones têm a capacidade de filmar, editar e assistir vídeos com Dolby Vision HDR até 60 frames por segundo na câmara traseira e até 30 frames na frontal. Portanto, melhor qualidade de imagem, de dia ou de noite.

Capacidade e autonomia

A capacidade de armazenamento do iPhone 12 Pro foi aumentada em relação ao anterior, começando em 128 GB, enquanto que a versão mais baixa do 11 começava nos 64 GB. Vê ao detalhe:

  • iphone 12 Pro: 128 GB, 256 GB, 512 GB
  • iPhone 11 Pro: 64 GB, 256 GB, 512 GB

Quanto à bateria, não foram divulgadas grandes informações técnicas, apenas uma diminuição de 1 hora de autonomia a ver vídeos. O novo iPhone 12 Pro tem uma autonomia a ver vídeos de 17 horas, enquanto que o 11 Pro tem de 18 horas na mesma situação.

Um pormenor importante para quem está a pensar comprar o iPhone 12 (qualquer uma das versões) é que este não traz nem carregador nem phones, tendo que ser tudo adquirido à parte, caso precisem. A Apple justificou essa decisão com questões ambientais.

Processador

Todos os novos iPhone 12 trazem o A14 Bionic, o primeiro processador de 5 nanómetros com componentes avançados, literalmente medidos à escala do átomo. O que é que isto quer dizer? Significa que os componentes do processador são tão pequenos (5 nanómetros) que se podem medir em átomos e sendo tão pequenos, também estão mais próximos uns dos outros. Desta forma, a energia flui mais rapidamente entre eles, com menos perdas pelo caminho. É assim que o processador A14 Bionic aumenta o desempenho e poupa energia.

Os mais de s 40% de transístores, oferecem mais velocidade e eficiência energética para uma excelente autonomia da bateria e garantem mais 50% de desempenho no processamento de gráficos, tudo isto em comparação com o anterior A13 Bionic.

Preço

O preço é sempre um fator importante. Toma nota:

iPhone 12 Pro:

  • 128 GB - 1179€;
  • 256 GB - 1299€;
  • 512 GB - 1529€

iPhone 11 Pro:

  • 64 GB – 1.179,00 €
  • 256 GB – 1.349,00 €
  • 512 GB – 1.579,00 €

Agora só tens mesmo decidir se vale a pena investires no novo iPhone 12 Pro, ou se vais manter o 11 Pro. Partilha connosco nos comentários o que achas do novo smartphone da Apple!