Tal como havíamos noticiado aqui no iFeed, este ano a Apple adiou o lançamento do iPhone 12 em algumas semanas, devido ao contexto de pandemia que o mundo atravessa. Normalmente, a Apple apresenta a próxima geração de iPhones em setembro, o que causou algum expectativa que os mesmos pudessem ser apresentados no evento "Time Flies", ainda que pudessem chegar mais tarde às mãos dos consumidores. Agora, espera-se que a apresentação decorra no mês de outubro, com uma novidade que pode não agradar a todos: o preço.

No que toca ao preço dos iPhones 12, os rumores apontavam que o preço de lançamento andassa entre os 699$ e os 749$. Agora, novos rumores apontam para que o preço de lançamento seja efetivamente 749$, mais 50$ que o seu antecessor. Tal aumento justifica-se pelo incremento dos custos dos componentes, assim como o suporte para 5G.

A juntar a este aumento de preço, várias fontes apontam ainda que o iPhone 12 deverá vir sem acessórios na caixa (carregador e earphones). Como tal, a Apple irá manter em venda separada o carregador de 20W e os restantes acessórios. Já no evento do passado dia 15 de setembro, a Apple anunciou que não irá incluir o adaptador de tomada junto com os novos Apple Watch, sob o pretexto de reduzir o lixo eletrónico produzido, dado que a maioria dos consumidores já tem adaptadores de tomada para ligar os seus dispositivos.

Preços à parte, a Apple já terá iniciado a produção em massa do iPhone 12, esperando ter 80 milhões de iPhones 5G de todas as suas fábricas até ao final do ano. Destes 80 milhões, esperam-se que 40% correspondam ao iPhone 12 Max.

Resta-nos aguardar pelo anúncio de um evento para a apresentação do iPhone 12, que deverá ocorrer nas próximas semanas. Iremos estar atentos e pôr-te a par de todas as notícias.