iPhone 12 vs. Samsung Galaxy S21

iPhone 12 vs. Samsung Galaxy S21

Com o evento Unpacked em janeiro, chega a altura da comparação mais temida do ano entre o iPhone e a linha da gigante sul-coreana.

Joana Cabral
∙ 4 minutos de leitura

Com o adiantamento da Samsung, conhecida por revelar o seu topo de gama entre finais de fevereiro e inícios de março, a tão conhecida comparação entre os modelos mais desejados do ano começa ainda mais cedo em 2021.

Como sempre, a competição continua feroz;  no entanto, o iPhone 12 a contar com quatro modelos leva a que, para serem de alguma forma ultrapassados, a gigante sul-coreana tenha que fazer o seu modelo brilhar ainda mais.

Claro que há testes a ser feitos apenas quando se puder pôr os dois lado a lado, e testar de uma forma mais prática, mas já podemos fazer algumas previsões estando os modelos oficialmente apresentados. Pronto para fazer as tuas apostas?

Especificações, preço e disponibilidade

Samsung Galaxy S21 iPhone 12
Tamanho do Ecrã 6.2-inch Dynamic AMOLED
(2400 x 1080; 48Hz - 120Hz)
6.1 inches OLED, 60Hz
CPU Qualcomm Snapdragom 888 (USA) // Exynos 2100 (Internacional) A14 Bionic
Câmara Traseira 12MP (f/1.8) wide
12MP (f/2.2) ultrawide
64MP (f/2.0) telephoto 3x optical zoom
12MP ultrawide
12MP wide
Bateria 4,000 mAh 2,815 mAh
Cores Phantom Violet
Phantom Pink
Phantom Gray
Phantom White
Black
White
Red
Green
Blue

Depois de observarmos ao pormenor o que cada modelo tem a oferecer por trás do seu ecrã, chega o momento de falar na parte mais mediática: o preço. Curiosamente, o modelo mais barato é o iPhone mini, disponível em Portugal num valor base de 799€. Podes adquirir o iPhone 12 por 929€. A linha Galaxy começa nos 879€, e o modelo Plus nos 1079€.

Chocado com o preço comparando com o iPhone 12 Pro Max? Pois bem, desde o ano passado que a Samsung tem investido num material reforçado de policarbonato. Esta mudança permitiu baixar ligeiramente os preços, mantendo-os mais competitivos.

Design

Além da nostalgia induzida pela Apple a afastar-se do design com cantos arredondados, a linha de iPhones lançada em 2020 não viu outras alterações grandes. Talvez a diferença mais notória seja ainda a adesão em todos os modelos aos painéis OLED, com Escudo Cerâmico que oferece maior resistência nas quedas.

Por outro lado, a Samsung voltou a alterar a localização das câmaras traseiras, ainda mais evidente no modelo Phantom Violet, que preza em mostrar um contraste ainda maior com o resto do smartphone.

O S21 não conta com nenhuma versão mini, tendo assim o mais pequeno um ecrã OLED de 6.2", que vai até aos 6.8" na versão Ultra.

Uma questão de Ecrã

Com a Apple a utilizar ecrãs OLED em todos os modelos da sua linha, fica assim em pé de igualdade com os dispositivos Galaxy S. No entanto, ficam a perder com a taxa de atualização do ecrã variável implementada pela Samsung, que se ajusta de forma dinâmica à utilização do utilizador.

Apresentação da Taxa de Atualização Variável

Câmaras

Independentemente do modelo que escolhas de iPhone, sabes que estarás satisfeito com a sua câmara: a Apple sempre visou enriquecer o seu software de forma a estar o mais otimizado possível para qualquer hardware. Equipado com o processador Apple A14 Bionic, não há muito mais que possas desejar numa câmara.

Em oposição, a Samsung aposta fortemente no hardware, munindo a sua linha Galaxy com três câmaras.

Câmara UltraWide, Telephoto, e principal.

Performance

Este será, indiscutivelmente, o ponto onde a Samsung poderá apresentar mais fraqueza, ao ter de fazer frente ao processador A14 Bionic, o melhor já testado num telemóvel. O Qualcomm Snapdragon 888 marca presença na versão america do smartphone e o seu Exynos 2100 na versão Internacional, ambos com diversas melhorias face aos seus antecessores. Falta é perceber se estes novos processadores serão suficientes para igualar o desempenho fantástico do chip A14 da Apple. Decerto será das partes mais curiosas para testar quando o Galaxy S21 chegar ao mercado.

Bateria e carregamento

Com dois anos de experiência a mais relativamente à Apple no que concerne ao 5G, a Samsung conseguiu já melhorar muito os números de eficiência energética e consequente duração da bateria nos modelos que contam com 5G. No entanto, não serão muito diferentes em relação à linha de S20, uma vez que não houve alterações na capacidade de bateria; mesmo com uma melhoria no consumo gerida pelos novos processadores Snapdragon 888 (versão americana) e Exynos 2100 (versão internacional).

Surpreendentemente, os novos Galaxy S21 serão vendidos sem carregador na caixa, mesmo após as críticas que a Samsung efetuou à Apple por tomarem uma decisão mais sustentável.

Software

A nova política da Samsung garante o suporte dos seus dispositivos ao longo de três grandes atualizações Android. No entanto, costuma haver um grande desfasamento - na ordem de meses - entre o lançamento da nova versão de Android oficial e a sua versão para os dispositivos Samsung.

Veredicto

Altura das apostas, antes de começar as análises completas, incluindo benchmarks!

Com as lentes melhoradas, ecrã com taxas de atualização soberbas e uma potencial duração de bateria superior, o Galaxy S21 mostra-se desde já um rival à altura do iPhone 12. Tudo residirá, ultimamente, em se seria algo capaz de compensar o processador, software da câmara e atualizações com iOS perfeitamente integrado num ecossistema tão minuciosamente pensado, com que a Apple nos acaba por prendar desde o início.

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.