O novo iPhone SE está a tornar-se numa escolha bastante popular entre os consumidores, revela a última análise de vendas realizada pela Consumer Intelligence Research Partners (CIRP).

Quando o modelo foi lançado já se antevia a sua popularidade, só que não tão depressa por causa da pandemia de COVID-19. O novo relatório da CIRP tem como base o mercado dos Estados Unidos e mostra-nos o período mais complicado da evolução da pandemia no trimestre entre abril e junho. A pandemia não ajudou em nada o mercado de smartphones que viu uma queda geral em redor dos 25% durante o trimestre.

O iPhone SE 2020, lançado no início de abril, foi essencial para que a Gigante da maçã conseguisse manter um volume de vendas crescente durante o período.

O que quero destacar deste relatório e que achei muito interessante é que 26% dos novos compradores‌ vieram de um dispositivo Android, o que, segundo a Counterpoint, é uma taxa de troca do Android para iOS maior do que o normal.

Parece que os utilizadores de Android estão mais interessados que nunca no iOS e no iPhone. Muito provavelmente isto tem a ver com a relação das especificaçoes-preço imbativeis que o iPhone SE 2020 apresenta. E claro que os rumores e entretanto a oficialização das novidades de software do iOS 14, com mais opções de personalização, também terá cativado os utilizadores a darem a trinca na maçã.