As novidades do iOS 14 são muitas, e a privacidade e a segurança não foram esquecidas nesta nova versão do sistema operativo móvel da Apple.

As palavras-passe são um tema sensível para todos os utilizadores do mundo virtual. São a nossa segurança, contudo por vezes são uma dor de cabeça, seja porque nos esquecemos delas ou então porque foram de alguma forma comprometidas.

Desde o iOS 7 que a Apple introduziu o iCloud Keychain ou simplesmente na sua versão portuguesa Palavras-passe. Na maior parte das vezes este recurso é utilizado pelo Safari e por aplicações, sendo responsável por guardar as nossas palavras-passe, bem como por gerar novas e seguras, se assim o entendermos.

Apesar de maioritariamente funcionar associado ao Safari, o Palavras-passe (iCloud Keychain) pode ser gerido através das Definições > Palavras-passe e contas. Seguindo o caminho com o ícone de uma chave acedemos à lista de passwords guardadas, podendo estas ser apagadas ou editadas, tudo isto após verificação de segurança através dos meios biométricos ou do código numérico do dispositivo.

As novidades no iOS 14

O iCloud Keychain é transversal às diferentes plataformas da Apple, para agilizar a interação do utilizador com o ecossistema da marca.

Agora com o iOS/iPadOS 14 o Palavras-passe separa-se das Contas, e sinónimo da sua crescente importância fica sozinho dentro das Definições. Caso te interesse as Contas foram “arrumadas” no separador Mail também dentro das Definições.

Assim, o iOS 14 oferece-nos agora dentro do separador Palavras-passe um novo recurso que se chama Recomendações de segurança. No meu caso tenho sessenta e três alertas de passwords que segundo a informação, aparecerão numa lista de dados corrompidos que colocará a conta em risco. A partir daqui a Apple disponibiliza o link direto para a página em questão, para mais rapidamente efetuarmos a alteração.

Segundo o 9to5mac, aqui serão também alertados os utilizadores que utilizem passwords muito comuns ou sequenciais (exemplo “123456”) que sejam facilmente comprometidas.

Algumas destas novas funcionalidades são já comuns em aplicações externas como a 1Password, contudo sabemos que uma aplicação deste género nativa é sempre mais cómoda para o utilizador.