Troquei um Logitech MX Master por um Magic Trackpad 2

Troquei um Logitech MX Master por um Magic Trackpad 2

Ao fim de 5 anos, encostei o meu Logitech MX Master e troquei para um Magic Trackpad 2 da Apple. Sem dar grandes spoilers, posso dizer que não estou arrependido!

João Valente
∙ 5 minutos de leitura

O Magic Trackpad 2 já tem quase 6 anos e ainda assim foi a minha escolha quando senti que estava na hora de trocar o meu Logitech MX Master. Curioso para saber como correu esta troca? Segue comigo!

Magic Trackpad 2
Magic Trackpad 2

O Logitech MX Master

Comprei o meu Logitech MX Master bem antes de ter o meu MacBook, ou até um iPhone, em 2016. À data tinha um PC Windows e este rato fazia sucesso em toda a internet com os mais conceituados youtubers e entusiastas de tecnologia a declararem-no:

O Rei dos ratos sem fios."
Logitech MX Master
Logitech MX Master

Habituei-me a ele de imediato. É confortável na mão e tem funcionalidades que permitem aumentar exponencialmente a minha produtividade enquanto trabalho no computador. Atalhos personalizáveis para diversas aplicações, botões configuráveis e uma roda com dois tipos de scroll para diferentes tipos de trabalho. Os seus 6 botões podiam ser ajustados e as opções são infindáveis.

Entretanto, pequenas dores de cabeça começaram a aparecer quando precisava de o levar para a universidade. Com o seu enorme e volumoso corpo, tornou-se incómodo levá-lo diariamente na mochila. Fora isso, sem dúvida é o rato que recomendo e sempre recomendei a qualquer pessoa interessada.

O Trackpad embutido do MacBook Pro

A conversa mudou de rumo quando comprei o meu MacBook Pro. O Trackpad embutido era tão grande e os gestos tão mais práticos do que aqueles a que estava habituado no meu antigo PC, que em certos momentos, usar rato parecia inútil.

Fiquei tão habituado ao Trackpad do MacBook que consegui pôr os meus amigos a perguntarem-me "como é que fazes isso sem um rato?!" ao verem-me desempenhar algumas tarefas como Photoshop de imagens só com o Trackpad. Foi então que comecei a pôr em causa a necessidade de um rato. O problema que residia era o facto de, em casa, utilizar o meu MacBook como um desktop, ligado a uma dock. Ficando o Mac com a tampa fechada, é impossível utilizar o seu Trackpad embutido, facto este que me impediu de abandonar o Logitech MX Master por completo.

Aproveito para deixar uma pequena nota. Na minha utilização do MacBook não consta a palavra 'jogos', pelo que um Trackpad a tempo inteiro não foi difícil de considerar.

O motivo da troca

Há cerca de 1 ou 2 meses, o meu Logitech MX Master, agora com 5 anos, começou a mostrar sinais de velhice. A duração da bateria caiu substancialmente, obrigando-me a carregá-lo muito regularmente – sem conseguir precisar em que intervalo de tempo. Contudo, pior do que a bateria, o botão lateral onde pousa o dedo polegar enquanto utilizo o rato, o qual utilizava constantemente para transitar entre Secretárias no Mac ou entre aplicações em ecrã inteiro, encravou! Podia ter simplesmente deixado de funcionar aquele botão, mas não foi o que aconteceu uma vez que, ao ficar encravado, ou seja, constantemente pressionado, o rato ficou completamente inutilizável. Apesar de os outros botões funcionarem, deixei de conseguir mexer o ponteiro do rato.

Logitech MX Master e Magic Trackpad 2 

Este acontecimento leva-me a deixar aqui uma dica para quem esteja na mesma situação em que eu estive. Este problema é causado pelo material de borracha onde o dedo polegar pousa e que pode ser pressionado. Com o passar do tempo, esse mesmo material acaba por ficar desgastado e pode levar a que entre um pouco para dentro acabando por ficar preso e a pressionar constantemente o botão.

A solução é simples. Abrir o rato e soltar os dois pequenos parafusos que prendem o botão, fazendo com que fique um milímetro mais distante da borracha que o cobre. Depois disso, basta tentar deixar a borracha novamente na posição normal dela e estará pronto a funcionar. Compreendo que este tipo de procedimentos não é para qualquer utilizador, no entanto, perdido por cem, perdido por mil – já que não funciona, não se perder nada em tentar.

Bom, resolvido o problema e mantendo-se a constante dor de cabeça de carregar regularmente a bateria, comecei à procura de uma solução no caso do meu Logitech MX Master decidisse deixar-me pendurado e a solução não podia ter sido melhor — O Magic Trackpad 2 da Apple!

O Magic Trackpad 2

Ao encontrar uma promoção apelativa, decidi que estava na hora de comprá-lo – na verdade, acabei depois por recebê-lo como prenda de aniversário – e é aqui que quero aproveitar por deixar um agradecimento pessoal e não patrocinado à GMS Store onde gentilmente se aprontaram a enviar a encomenda de forma a chegar a tempo do meu aniversário.

Vista da traseira do Magic Trackpad 2 

Configurá-lo foi tão simples como utilizar o meu antigo MX Master para ir às Preferências de Sistema > Bluetooth e conectar com o meu novo Magi Trackpad 2. Habituar-me a ele, nem foi preciso. Tudo funcionou de forma tão intuitiva que sentia que já o tinha há anos. Apenas uma única vez senti que ao direcionar a minha mão para o Trackpad, estava já a fazer o formato do MX Master com a mão à espera de o encontrar. No entanto, considero normal visto que trabalhei 5 anos seguidos com o mesmo rato e o mesmo formato.

O Trackpad tem uma área considerável e nunca senti quaisquer problemas em utilizá-lo durante longos períodos de tempo – evidenciando que tenho feito uma utilização média de 14h diárias nas últimas semanas.

Em termos de gestos, este Trackpad tem todos os gestos do Trackpad embutido no MacBook Pro, pelo que se já tens um, sabes bem como o usar. Além disso, este modelo já conta com Force Touch e identifica as zonas que pressionas e com que força/intensidade o fazes. Em termos de bateria, a duração é de cerca de um mês. Nada de extraordinário, mas bom o suficiente para sentir que passou bastante tempo desde a última vez que tive de o carregar.

Melhor do que ter o Magic Trackpad é se juntares à equação o Magic Keyboard, mas isso já é assunto para outro artigo.

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.