Os rumores são já bastantes, contudo ainda permanece a dúvida se setembro será o mês de apresentação e lançamento do iPhone 12.

O caos mundial inicialmente provocado pela pandemia de Covid-19, poderá condicionar a apresentação e ainda mais, a venda do novo iPhone 12.

Vamos por partes, antes de mais importa salientar que a denominação iPhone 12 ainda não é uma certeza. É apontado como o nome provável pelos analistas, mas neste campo a Apple tem o condão de nos surpreender. Posto isto e para facilitar a compreensão de todos vamos adotar como nome, iPhone 12, ainda que à condição.

Quanto à data, este ano de 2020 está atípico em todos os aspetos e os adiamentos sucedem-se nas mais diversas marcas. Para já e até indicações em contrário esperamos a apresentação como habitual em setembro, embora a venda ao público possa só iniciar nos meses seguintes.

Design do iPhone 12

Já há muitos meses que os rumores apontam para um design diferente dos últimos anos. Desta feita, o iPhone 12 deverá ter as laterais retas. Como exemplo podemos apontar um design aproximado aos mais recentes iPads Pro, ou até mesmo semelhante ao iPhone 4 ou ao iPhone 5.

São esperados quatro novos modelos, dois deles de entrada de linha do iPhone 12 com 5.4’’ e 6.1’’ e outros dois presumivelmente os modelos Pro de 6.1’’ e 6.7’’. Ainda não será desta que nos veremos livres do malfadado notch, ainda assim rumores apontam que foi desenvolvido um novo módulo de sensores que irá permitir uma redução de tamanho do dito notch.

Ainda nos ecrãs, já desde há muitos meses que se adiantou que todos estes quatro novos iPhones 12 serão equipados com bonitos ecrãs OLED. Falando dos ecrãs os modelos Pro deverão ter uma taxa de atualização de 120Hz, pelo menos esta é uma “exigência” dos utilizadores, isto face ao que já é oferecido pela concorrência.

Na parte traseira, mais uma vez, a principal distinção será o número de câmaras presentes, duas nos modelos base e três nos topos de gama. Não podemos esquecer a alta probabilidade da presença do sensor LiDAR nos modelos Pro, à semelhança do que aconteceu no iPad Pro 2020.

Para terminar o capítulo design, há ainda novidades nas cores, depois do Verde meia-noite no iPhone 11 Pro, fala-se que o iPhone 12 pode trazer uma nova cor, o azul marinho.

Bateria e 5G

Como todos sabemos oficialmente a Apple nunca divulga os mAh de capacidade da bateria, porém como tem vindo a acontecer esta deverá sofrer um ligeiro incremento para fazer face ao 5G.

Aqui reside também outra das grandes novidades, segundo os rumores todos os quatro modelos esperados deverão ser compatíveis com a tecnologia 5G.

Performance e Memória

Aqui, no que concerne ao processador a previsão dos analistas é óbvia. O “senhor” que se segue será certamente o A14 Bionic, um processador ainda mais potente com tecnologia de 5 nanómetros.

A RAM deverá também sofrer uma atualização para os 6GB nos modelos Pro, devendo os restantes modelos manter-se com os 4GB. Esta subida de memória RAM dever-se-á essencialmente pela presença do sensor LiDAR e as suas funções de realidade aumentada.

Por outro lado, falando agora da memória interna deverá agora começar nos 128GB. O iPad Pro 2020 deu o mote para a extinção dos 64GB na Apple, pelo menos nos modelos de topo.

Preços

Vamos à parte dolorosa, para já apenas em dólares, estima-se que o iPhone 12 de 5.4’’ comece nos 649 dólares e vá até aos 1099 dólares do iPhone 12 Pro Max de 6.7’’. Isto claro, nos Estados Unidos e estamos obviamente a referir-nos às capacidades base de cada modelo.

Como estamos a falar de rumores e previsões todas estas informações são muito voláteis, logo, a qualquer momento poderemos conhecer novas informações, ou rumores mais consistentes que serão aqui atualizados.

Atualização de 29/06/2020

Aqui no iFeed o prometido é devido, por isso cá estou para te trazer as últimas novidades relativas ao iPhone 12.

Começo pelas boas notícias, segundo um relatório recente, os analistas da Wedbush referem que na China as cadeias de produção dos componentes e assemblagem do iPhone 12 conseguiram recuperar o tempo perdido. Por isso é altamente provável que iremos ter o iPhone 12 disponível dentro dos prazos habituais de setembro.

Ainda dentro das boas novas, é quase uma certeza que os modelos Pro e Pro Max deverão estar no mercado munidos de ecrã com taxa de atualização de 120Hz.
Para além disso, o Youtuber Everything Apple Pro deixa ainda no ar que o alinhamento do iPhone 12 terá suporte vídeo de 4K a 120 ou 240 FPS, pelo menos a apontar para código da versão beta do iOS 14.

Por outro lado, o destaque nos últimos dias tem sido o conteúdo da caixa dos novos iPhones 12. Começando pelos EarPods, é dado quase como certo que este acessório vai deixar de figurar na caixa do iPhone 12.

No mesmo sentido, e aqui falamos de um ponto mais sensível, existe a forte hipótese de também o carregador estar fora da equação. Ou seja, teríamos na caixa um iPhone 12 sem acessórios, ou só com o cabo, este último tem sido ignorado nestes rumores, apenas se fala da ausência do adaptador de corrente.

Também relativo a este tópico o reputado analista e leaker Ming-Chi Kuo, vai mais longe. De acordo com as suas fontes a Apple estará a equacionar o lançamento de um adaptador de corrente de 20W. Contudo, Kuo alerta que o lançamento deste não invalida que apenas seja para venda em separado.

Até ao momento as justificações apontadas são fatores ambientais, e compensação de equilíbrio de custos. Portanto, a Apple quer manter o preço dos seus topos de gama e com a adição do 5G houve um acréscimo no preço de custo. Então, para não refletir esse aumento ao consumidor, alegadamente a solução passa por retirar os EarPods e o adaptador de corrente da caixa. A ver vamos se o cabo se vai “salvar”.

Certo é que até setembro ainda muita tinta vai correr, por isso fica de olho nas novidades aqui no iFeed.