A crescente capacidade de computação dos equipamentos móveis têm-nos dado a possibilidade de usar os mesmos para multitasking, pelo que os desenvolvedores de aplicações têm tirado partido disso mesmo. Um bom exemplo que podemos ver no mundo Apple é o Split Screen no iPad, que te permite ter mais que uma aplicação aberta no ecrã em simultâneo.

Com a chegada do iOS 14 ao iPhone, a Apple está a apostar no modo picture-in-picture, permitindo teres vídeos a reproduzir numa janela mais pequena sobreposta a qualquer outra aplicação que tenhas aberta ou no teu ecrã principal. Isto chamou claramente à atenção dos desenvolvedores e sabe-se agora que o YouTube não só fez a sua aposta para aplicar o picture-in-picture na sua aplicação para iOS, como também já iniciou a sua fase de testes da funcionalidade.

Ao que os rumores no Twitter indicam, a funcionalidade ainda está a ser testada em pequenos grupos de utilizadores que tenham a última atualização do YouTube instalada num equipamento com iOS. Outros apontam que o picture-in-picture ainda está em desenvolvimento e como tal apenas se encontra disponível num conjunto de vídeos selecionados.

No entanto, se estás à espera de usar o modo picture-in-picture do YouTube, podes ficar desapontado, já que o YouTube limita a reprodução de video em background para os subscritores de YouTube Premium. Em Portugal, a subscrição individual Premium tem o valor de 10,99€ por mês, ou 16,99€ por mês caso queiras adicionar até 5 contas para membros da família.

Para os dispositivos com iOS/iPadOS 14 e tvOS 14, será finalmente possível assistir a vídeos 4K HDR através da aplicação do YouTube, após a adição de suporte ao codec VP9 nos sistemas operativos.

O YouTube não revelou quando o picture-in-picture ficará disponível para os subscritores premium que utilizam iOS, sendo que devemos aguardar o lançamento oficial do iOS 14 antes de vermos esta funcionalidade. O que achas do YouTube apenas disponibilizar esta funcionalidade para utilizadores premium? Ponderas subscrever o serviço? Partilha connosco na secção de comentários.