Se tinhas esperança no regresso do AirPower da Apple, não tenho boas notícias para ti, está na altura de esquecer e seguir em frente pois a Apple arquivou o projeto de vez.

Clarificando, o projeto AirPower já tinha morrido oficialmente quando a Apple anunciou o seu cancelamento no início de 2019 ao decidir que o equipamente não iria corresponder às espectativas. Foi um falhanço público para a empresa, pois anunciou o AirPower nos finais de 2017 acompanhado dos primeiros iPhones a suportar carregamento sem fios.

A Apple nunca explicou a razão específica pela qual o AirPower falhou, especialistas apontam que a engenharia do equipamento era demasiado ambiciosa, pois a Apple pretendia que os utilizadores pudessem carregar em simultâneo o seu iPhone, AirPods e Apple Watch em qualquer posição na base de carregamento. Para atingir isto seria necessária uma sobreposição de várias bobinas de carregamento, o que causava problemas de interferência e aquecimento intransponíveis.

Enquanto outras empresas aparentemente conseguiram resolver este problema, a Apple parece ter problemas muito mais avançados pois, para carregar o Apple Watch seriam necessárias bobinas mais pequenas e a intenção da Apple era criar uma base de carregamento que comunicasse de uma forma eficiente e inteligente todos os níveis de bateria e de energia para todos os equipamentos.

Perdido, mas não esquecido

Apesar do projeto AirPower estar oficialmente morto, havia indicações de que a Apple ainda não tinha abandonado a ideia, na medida em que uma equipa de engenheiros ainda estavam a tentar arranjar soluções para os problemas da base de carregamento. Este ano surgiram algumas notícias que reportavam que  a Apple estava a testar um protótipo do AirPower, no entanto algumas fotos alegadamente vazadas que estavam presentes nas notícias, eram falsas.

Contudo, o polémico leaker Jon Prosser, que anteriormente levou o público a acreditar que o AirPower ainda estava em desenvolvimento, anunciou recentemente que a Apple deixou oficialmente o projeto sem nenhuma possibilidade de retorno.

Captura de ecrã do tweet de Jon Prosser sobre o assunto
Captura de ecrã do tweet de Jon Prosser sobre o assunto

Apesar de outras notícias anunciarem que o novo AirPower já passou à fase de testes (EVT), e que pode chegar no próximo Outono, o tweet de Prosser desmente qualquer possibilidade do projeto estar em desenvolvimento.

É possível que a Apple possa ter permitido que os engenheiros continuassem a trabalhar no projeto, mas é sabido que esta estava a mudar o seu foco para outra coisa. Quando soubemos que estaria em desenvolvimento um chassis com um anel magnético, supôs-se que este não estaria relacionado de maneira nenhuma com a chegada do AirPower.

Este ano chegou às nossas mãos o MagSafe que é a resposta para os problemas que a Apple enfrentava com o AirPower. A prioridade nunca foi a possibilidade de colocar o iPhone em qualquer posição na base de carregamento, mas sim assegurar o alinhamento perfeito das bobinas com o iPhone para ter sempre o melhor desempenho de carregamento. O MagSafe resolve o problema de forma criativa, elegante e com um impacto ambiental reduzido.

Não é surpresa que o projeto AirPower tenha sido completamente descartado, pelo que já não é necessário e a Apple está focada em expandir as possibilidades com a nova funcionalidade MagSafe.

Gostavas que a Apple continuasse a trabalhar no AirPower? Deixa a tua opinião nos comentários.