Jim Salsman, de 92 anos, deve a sua vida ao Apple Watch. O idoso caiu de uma escada de aproximadamente seis metros de altura, o relógio detetou essa queda e contactou imediatamente os serviços de emergência médica.

Isto aconteceu na cidade de Omaha, no estado do Nebrasca, nos Estados Unidos da América. De acordo com o canal KETV-7, Salsman estava no topo de um escada  a espantar uns pombos quando foi surpreendido por uma rajada de vento, causando a queda do homem. Apesar dos ferimentos, o idoso ainda tentou deslocar-se até ao carro para pedir ajuda, mas a distância era demasiado grande. Ele chegou, ainda, a tentar ativar a Siri do Apple Watch, sem se aperceber de que o pequeno equipamento que tinha no pulso já tinha chamado a ambulância.

O Apple Watch, assim que detetou a queda, enviou uma mensagem pré-gravada para os serviços de emergência, alertando para o acidente e indicando qual a localização da pessoa. O resultado? Em poucos minutos os bombeiros estavam no local a socorrer Jim.

Esta notícia foi divulgada um mês após o acidente e nessa altura, Jim ainda se encontrava no hospital a recuperar das várias lesões sofridas, incluíndo uma fratura no quadril. Apesar do nível de ferimentos, o idoso afirma que o Apple Watch, com a sua função de deteção de quedas, foi crucial e sem este não teria sobrevivido.

Não é a primeira vez que o Apple Watch se mostra eficaz em casos de emergência médica. Recentemente o relógio também ligou para o 112 quando um ciclista ficou inconsciente após ter sido atropelado por um carro. Mais uma vez o Apple Watch detetou o acidente e chamou os serviços médicos.

Como funciona a função de deteção de quedas

A deteção de quedas é uma feature disponível no modelo Apple Watch Series 4 e posteriores. Na prática ela deteta o impacto de uma queda e procura saber a pessoa está a mover-se ou não. Como? Emite um alarme, mostra um aviso. Se a pessoa desligar os alertas, então ele desactiva o modo de emergência, caso contrário e se não for detetado movimento durante mais de um minuto, o relógio tenta acordar o utilizador durante 30 segundos, com toques no pulso e alertas sonoros. Mais uma vez, se não houver resposta nesses 30 segundos, o dispositivo da Apple contacta diretamente o 112, enviando uma mensagem pré-gravada a dar conta do acidente bem como as coordenadas do local. É também enviada uma mensagem para os contactos de emergência.

Esta função vem por padrão para utilizadores acima de 65 anos, e para os restantes pode ser ativada manualmente.