Se estás à espera de ler uma tradicional review muito atenta às especificações acerca do Apple Watch Series 6, então procura outro artigo.

A minha decisão de não seguir o caminho de uma tradicional review prende-se única e exclusivamente com o facto de as novidades em relação ao antecessor não serem assim tantas.

Mas vamos por partes, eu como utilizador de um Apple Watch Series 4 de 44mm há sensivelmente dois anos, posso dizer que me encontro satisfeito com o equipamento.

Por isso, a compra do Series 6 44mm (Product) Red, teve como principal causa o preço amistoso a que o adquiri, conforme expliquei no sexto episódio do podcast iFeed Talks. Aliás, ele não veio sozinho cá para casa, um Series 6 40mm Azul acompanhou-o pelo mesmo motivo, este para ser usado pela minha cara metade, também ela já utilizadora de um Series 4 de 40mm.

Para terminar este preâmbulo, resta-me dizer que se não fosse a questão do preço eu não os teria adquirido.

Ok, chega de conversa fiada e vou falar dos smartwatches.

Ambos vieram acompanhados da bracelete desportiva de silicone, tradicional, vermelha e azul respetivamente. Obviamente os gostos são relativos, mas entre os dois salta de imediato à vista o (Product) Red, é realmente bonito e até agora posso dizer, a cor não "prende" e ainda não me cansou. Sempre que olho para ele com o propósito de ver as horas ou verificar uma notificação, por exemplo, tenho sempre aquela sensação agradável de pensar "hello beauty".

Por outro lado, o azul, embora sendo também muito bonito, penso que beneficiaria se o tom fosse um pouco mais claro. Isto porque, com pouca luz, principalmente à noite, o azul tem pouco realce e quase parece preto. À luz do dia aí o azul ganha um novo destaque e faz jus à sua beleza. Contudo, se têm intenção de comprar um azul, tenham em mente que na realidade o tom é um pouco mais escuro do que dá a entender nas imagens que podemos ver, por exemplo, no site da Apple.

Está aqui resumida uma das principais razões pela qual deves comprar o Apple Watch Series 6, precisamente estas duas cores, que são nesta data exclusivas deste modelo.

Mas há mais razões que te podem levar a optar pelo Apple Watch Series 6

A app Oxigénio no sangue, AKA oxímetro, surgiu como uma das grandes novidades e tem como principal função medir o nível de oxigénio no sangue. Tal facto também implicou um redesenhado sensor cerâmico que está em contacto com o pulso.

Ao contrário do ECG (eletrocardiógrafo), o medidor de oxigénio de sangue não tem precisão científica, logo não necessitou de autorizações especiais das entidades reguladoras do setor médico para poder ser utilizado.

Porém, na verdade o oxímetro é tão interessante quanto o eletrocardiógrafo que eu já conhecia do Series 4, ou seja, foi usado para experimentar e para mostrar aos amigos, e espero na verdade não ter necessidade médica de os usar. Caso venham a ser necessários, estão ali.

Ainda há mais?

Sim, ainda há mais, o processador, designado S6, é alegadamente 20% mais rápido que o anterior S5, que já seria mais rápido que o S4 do Watch Series 4. Pode de facto ser mais rápido, mas na minha utilização geral do dia a dia, incluindo a prática de desporto, de facto não noto grande diferença ao nível da performance. A eficiência, essa sim pode ser maior na gestão da bateria, mesmo com o ecrã sempre ligado (Always-on display), sem utilização em desporto consigo 2 dias de utilização, o mesmo que conseguia no Series 4, quando era novo, e sem opção Always-on display, da qual não dispunha.

Uma vez que estamos no campo dos processadores, o Series 6 tem também o chip U1 Ultra banda larga, que tem como principais funcionalidades conhecidas a comunicação com outros dispositivos Apple que integrem o mesmo chip.

Ainda como novidade, no Apple Watch Series 6 aparece o altímetro barométrico sempre ativo, aliás característica partilhada com o mais acessível Apple Watch SE.

E de novidades mais importantes estamos falados, estavas à espera de mais? Não és o único.

Vale a pena comprar o Apple Watch Series 6?

A resposta a este tipo de questões é sempre muito relativa, todavia se vens de um modelo anterior ao Series 4, ou se as novas cores (Azul e (Product) Red) ou a app Oxigénio são importantes para ti, então sim vale a pena comprar.

Caso tenhas um Series 4 ou 5 ainda funcionais e os "extras" não sejam assim tão importantes para ti, então não é de facto justificável a troca.

Há contudo outra alternativa muito aconselhável, que é o Apple Watch SE, mais acessível, atual, e de forma sucinta com tudo o que realmente importa. Claro está que é apenas aconselhável a principiantes no mundo dos smarwatches Apple, bem como aos utilizadores que têm atualmente um Series 3 ou anterior.

Dá uma vista de olhos na "espécie" de review que também preparámos para o Apple Watch SE.

Espero ter esclarecido algumas das tuas dúvidas, caso persista alguma podes sempre usar a secção de comentários abaixo, ou utilizar as redes sociais do iFeed.