Investimentos em aplicações desportivas

Aplicações Desportivas em 2022 – Investimentos e Retornos; Marketing e Dinheiro
Escrito por Redação iFeed e
4 mins de leitura
Investimentos em aplicações desportivas
Publicidade
Publicidade

A nível mundial, o crescente acesso à Internet e a difusão cada vez mais alargada de eventos desportivos têm conduzido, por sua vez, a um aumento substancial da procura no que ao mercado das apostas desportivas online diz respeito. As operadoras acalentam o desígnio de aliar com êxito as esferas de marketing e dinheiro, assim esperando obter retornos significativos a troco de investimentos mais ou menos avultados.

Por isso, é cada vez mais frequente a transmissão televisiva e/ou virtual de anúncios alusivos a apps móveis de casas de apostas que oferecem bonus; identificado o público-alvo, cumpre então projectar uma imagem credível e veicular uma mensagem atractiva, garantindo que a qualidade dos produtos e serviços oferecidos servirá o propósito de fidelizar futuramente os novos utilizadores.

Free photos of Entrepreneur

Por outro lado, também a investimentos e retornos se resume a abordagem mais racional dos apostadores em eventos desportivos, cuja conjugação bem-sucedida implica a concorrência de variados factores. Desde logo, será sempre recomendável a escolha de plataformas de apostas devidamente legalizadas e auditadas, dessa forma diminuindo drasticamente a ocorrência de casos de burla e/ou roubo de identidade. Ademais, convém manter acesso a ligações de rede seguras e privadas, assim como ter à disposição operadoras dotadas de aplicativo e versão móvel. Neste caso em particular, tudo se resume à conveniência, uma vez que a utilização de dados móveis permite o registo de apostas e o depósito ou levantamento de fundos em qualquer parte.

Assim, os elementos da nossa equipa do mightytips pretendem esclarecer categoricamente os leitores a propósito das receitas associadas aos investimentos em aplicações desportivas – não só do ponto de vista das plataformas de apostas ou dos criadores das aplicações propriamente ditas, mas também do ponto de vista daqueles que admitam a possibilidade de investir em empresas desse ramo.

Aplicações Desportivas em 2022 – Investimentos e Retornos

Ora, tendo em conta que uma versão mobile se encontra dependente de conectividade à Internet, acontece normalmente apresentar uma velocidade de processamento inferior por comparação a uma aplicação – ou app – móvel. Antes de mais, tal deve-se ao facto de uma aplicação necessitar de ser instalada, o que resulta no alojamento de determinadas funcionalidades dentro do dispositivo móvel e, consequentemente, contribui para optimizar a utilização da app propriamente dita.

Por isso, aliás, é possível aceder offline a algumas das funcionalidades em questão. Todavia, nem só de vantagens se faz uma aplicação móvel. Visto que uma versão mobile incluirá os mesmos conteúdos que a versão desktop da sua respectiva plataforma de apostas, os seus produtos e serviços estarão actualizados em tempo real e serão coincidentes. O que, porém, nem sempre se verifica no caso de uma aplicação, visto pressupor um desenvolvimento independente das versões desktop e mobile.

Seja como for, existem cada vez mais users de aplicações móveis à escala planetária, nomeadamente no que concerne a apps de apostas desportivas em particular. Como resultado, o mercado surge em manifesta expansão económica e promete atingir valores estratosféricos até ao ano de 2028. Assim, do ponto de vista específico dos investimentos em aplicações desportivas, as start-ups do ramo estarão porventura em condições de recompensar generosamente os seus financiadores, admitindo que o mercado venha a comportar-se de acordo com as previsões.

Free photos of Stock

Aplicações Desportivas em 2022 – Marketing e Dinheiro

Como mencionámos acima, uma aplicação móvel caracteriza-se por certas vantagens comparativamente a uma versão mobile. Contudo, de maneira a divulgarem as suas apps e a normalizarem a sua utilização, as operadoras necessitam em primeiro lugar de suscitar o interesse e cativar a confiança dos apostadores. Não chega que uma aplicação móvel ofereça os mesmos produtos e serviços que as respectivas versões desktop ou mobile; é necessário, além do mais, que contenha uma interface intuitiva, que apresente uma combinação de cores agradável ao longo do tempo, ou ainda que providencie acesso a promoções ou bónus específicos.

Neste último capítulo, convém recordar que, em Portugal, o usufruto de alguns Prémios de Primeiro Depósito ou Bónus de Boas-vindas pressupõe, por exemplo, que os montantes de prémio sejam apostados especificamente através das apps móveis das operadoras. O que, por si só, constitui um excelente instrumento publicitário, aumentando o número de descarregamentos e instalações e, consequentemente, o retorno dos developers e das operadoras.

Conclusão

As circunstâncias são de tal ordem que, mesmo registando quebras esporádicas, as casas de jogos e apostas online tendem a registar um desenvolvimento globalmente positivo ao longo do tempo. Por exemplo, por comparação com o primeiro trimestre de 2022, a receita bruta das casas de jogos e apostas online evidenciou uma quebra de aproximadamente 8% durante o segundo trimestre do ano. Contudo, por comparação com o segundo trimestre (período homólogo) de 2021, o segundo trimestre de 2022 mostrou um aumento de 9% em novos registos de utilizadores e um aumento de 17% ao nível da receita bruta. Uma tendência que se consolida ano após ano e que, portanto, torna expectável que as aplicações desportivas em 2023 se continuem a revelar um investimento digno de referência!

** Informação ao leitor

O iFeed não tem qualquer responsabilidade sobre o conteúdo deste texto. Este conteúdo foi criado pela equipa de redatores do mightytips. O mesmo é direcionado a um público +18 anos.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo