Com o passar dos anos, a Apple vai lançando novos modelos dos seus produtos, fazendo com que os mais antigos acabem por ser descontinuados, e mais tarde por se tornar obsoletos.

O mais “novo” membro dessa lista é o MacBook Pro Retina de 2012, anunciado na WWDC desse ano, - o primeiro da linha Pro com ecrã Retina - isto significa que o modelo perdeu suporte a reparações e upgrades nas assistências oficiais da Apple. Agora os donos do modelo terão que buscar alternativas de terceiros ou fazer as reparações nas suas próprias casas.

O design do MacBook Pro de 2012 foi um dos mais adorados, não só por ter todas as portas que os profissionais precisavam num Mac, incluindo portas Thunderbolt, leitor de cartão SD, bom desempenho, uma estrutura mais fina e leve e o tão aguardado ecrã Retina.

A implementação do ecrã Retina foi descrita na altura por Phil Schiller, vice-presidente de marketing da Apple como  “um avanço na engenharia de telas”. Ele também afirmou na altura que “nunca vi um notebook tão bonito como este”.

O design do MacBook Pro Retina de 2012 foi sendo atualizado até 2015, ano em que saiu o último modelo com este design. No ano seguinte foi lançado o MacBook Pro que todos conhecemos atualmente, com o design super fino e o por muitos odiado teclado borboleta, que entretanto já foi substituido pelo antigo mecanismo tesoura, inspirado neste MacBook Pro de 2012.

Algum de vocês ainda possui este modelo? Conta-nos como se tem portado ao longo destes anos!