Será que vamos ver novos iPads em 2023?

Em 2022 vimos surgir novos iPads, enquanto outros foram apenas atualizados. Qual irá ser o cenário em 2023?
Escrito por Pedro Alves e
3 mins de leitura
Será que vamos ver novos iPads em 2023?
Publicidade
Publicidade

O ano de 2022 viu nascer um novíssimo iPad de 10ª geração, enquanto o iPad Air e os iPads Pro de 11" e 12.9" sofreram alterações internas, mantendo o mesmo design das gerações anteriores. Será que em 2023 o cenário vai ser mais mexido, ou irá a linha de tablets da Apple ficar estagnada até 2024?

iPad de 11ª geração

É improvável vermos este ano um substituto do ainda recente iPad de 10ª geração. A Apple apostou numa renovação praticamente integral deste modelo em 2022, logo, e com o iPad de 9ª geração ainda disponível para venda, acredita-se que vá manter esta linha conforme está durante 2023.

Na verdade, um novo tablet de entrada de gama não deveria, de qualquer das maneiras, sofrer alterações que não fossem internas: implementação de um chip mais atual, e adição de compatibilidade com a Apple Pencil 2. Seja como for, é mais plausível que, mais lá para o terceiro ou quarto trimestres, a Apple descontinue o iPad 9 e baixe o preço do iPad 10, do que renove esta linha.

iPad mini de 7ª geração

O atual iPad mini vai na sexta geração, e está entre nós há mais de um ano: mais propriamente desde setembro de 2021. Como tal, é possível que 2023 seja um ano de mudança para o mais pequeno dos tablets da maçã. Possível, mas pouco provável.

No entanto, que não se criem ilusões: o iPad mini de 6ª geração trouxe consigo uma enorme mudança de design (aliás, a primeira de toda a sua história), logo um novo modelo manterá certamente toda esta estética, ficando o foco unicamente para as mudanças internas. E é exatamente aqui que reside o motivo para a improbabilidade de termos um novo iPad mini este ano: o modelo atual é equipado com o chip A15 Bionic, o mesmo que se encontra nos iPhones da gama 13 e nos mais recentes 14 e 14 Plus. Como tal, este chip vai continuar bastante relevante durante 2023, logo é improvável um upgrade deste componente num tablet desta gama. E sem este upgrade... não há novo modelo.

iPad Air de 6ª geração

iPad Air 2020 Model back view on a yellow background

Não há rumores de mudança para os lados do iPad Air... A geração corrente foi introduzida em Março de 2022, sendo que a grande alteração foi a implementação do chip M1, juntamente com o Center Stage e novas cores.

O iPad Air ocupa uma posição ingrata, entre o iPad 10 e o iPad Pro, o que significa que qualquer melhoria mais drástica poderia canibalizar o irmão mais caro... E a Apple não quer isso, certamente. A futura 7ª geração do iPad Air deverá contar com o chip M2, mas a altura ideal para esse salto ainda tardará a chegar.

iPad Pro de 7ª geração

M1 11" and 12.9" iPad Pro's with Magic Keyboard

Os iPads Pro de 11 e 12,9 polegadas foram atualizados recentemente, e pode dizer-se que detêm o melhor hardware que a Apple tem neste momento à sua disposição, no que a tablets diz respeito: chip M2, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.3, o design mais atual, entre outras distinções.

Para ser atualizado, este tablet profissional teria de ver chegar a si o futuro chip M3, que não é expectável que esteja entre nós antes da segunda metade de 2023. Ora, com um novo chip em mãos, a Apple decerto não terá como prioridade colocá-lo logo no iPad Pro... A juntar a isso, há muito que se fala na adoção de ecrãs OLED nesta gama, mas esta novidade estará reservada para 2024, logo faz sentido que para os lados de Cupertino se juntem os ingredientes todos de uma vez na altura de mostrar uma nova receita.

iPad com 14 polegadas

Apesar dos rumores que, durante 2022, deram conta da entrada de um novo iPad com 14 polegadas para o mercado, tal situação já não está em cima da mesa.

Este modelo seria um gama média: algo focado não em desempenho de topo, mas em necessidade de espaço de trabalho. No entanto, todos os que necessitam de algo assim, vão ter de aguardar mais algum tempo. A Apple não coloca de parte o desenvolvimento de iPads maiores, mas 2023 não será o ano ideal para novas aventuras do género.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo