Tudo o que sabemos sobre o Apple Car

Tudo o que sabemos sobre o Apple Car

Já não é segredo para ninguém que a Apple estará a trabalhar num veículo elétrico, a dúvida reside na data de apresentação do mesmo.

Nuno Rocha
∙ 4 minutos de leitura

Os primeiros rumores sobre um suposto Apple Car remontam a 2015, quando pela primeira vez um relatório sugeriu que a gigante de Cupertino teria planos para desenvolver um carro elétrico.

Contudo, nos últimos anos esse rumor tomou outras proporções, tendo mesmo surgido o nome código pelo qual o Apple Car é chamado nesta fase, ou seja, “Project Titan”. Neste sentido, também Elon Musk, CEO da Tesla, afirmou que o facto de a Apple estar a trabalhar num projeto de um carro elétrico é um “segredo aberto”.

Mais evidências surgem das notícias de que a Apple terá contratado ex-funcionários da Tesla, mas não só. Outras marcas reputadas do mundo automóvel, como Fiat, Mercedes, Ford, entre outras, perderam também funcionários para a marca da Maçã.

Já em 2017, foi concedida à Apple pelo governo do estado da Califórnia, uma licença necessária para efetuar testes com veículos autónomos no mundo real.

Segundo relatos, o Project Titan estará já em andamento acelerado, contando para isso já com cerca de 600 pessoas envolvidas, que alegadamente operam numa empresa chamada SixtyEight Research, sediada algures em Sunnyvale, Califórnia.

No que concerne às datas de apresentação e lançamento do suposto Apple Car é que reside uma grande confusão, com os relatórios a apontarem datas muito díspares.

As datas

Um rumor antigo referia 2020 como o ano possível, mas esse já podemos colocar de lado, seja pelo motivo pandemia, seja por Steve Zadesky, ter abandonado a Apple, ele que supostamente era o líder do Project Titan.

Mais recentemente, 2021 foi a data apontada para um primeiro vislumbre, contudo a Reuters quase de seguida veio contradizer esta informação referindo 2024 como a data para a Apple iniciar a produção do seu carro elétrico.

Como não há duas sem três, Ming-Chi Kuo, reputado analista do mundo da Maçã, baseado como habitual na informação da cadeia de forncedores da Apple, afirmou que o intervalo de 2025 a 2027 será o mais provável para termos algum tipo de carro da Apple. Kuo vai mais longe e revela não ser surpreendente que se chegue a 2028 sem termos ainda qualquer vislumbre do veículo.

Condução autónoma

Existe um grande vazio nas informações acerca das características do Apple Car, porém prevê-se que tenha incorporadas características de condução autónoma, e para isso não será inocente a aposta da marca no desenvolvimento dos sensores LiDAR, acredita-se que estes terão papel fundamental na condução autónoma.

A chegada e a afirmação do 5G é também crucial para que novas tecnologias permitam afinar o desenvolvimento deste tipo de projetos.

Também o mapeamento das estradas de diversos países mundo fora, têm um objetivo para além do desenvolvimento da app Mapas, esse objetivo chama-se Project Titan.

Design

Mais uma vez, as diversas fotos que vão aparecendo nos media, não passam de conceitos que imaginam um design para o Apple Car, a verdade é que ninguém tem sequer uma pista das formas que este carro deverá tomar.

A Apple, os carros e o futuro

Recentemente o banco de investimento Morgan Stanley, dedicou um relatório ao projeto da Apple para um veículo elétrico, onde refere que tal deverá acontecer para unir as premissas de integração de hardware, software e serviços para melhorar significativamente a experiência do utilizador no seu veículo.

Na prática isto significará que só faz sentido a Apple entrar neste segmento tão competitivo para apresentar um produto que faça a diferença, e aqui já nem me estou a referir ao fator estético.

Um Apple Car para ser apelativo terá obviamente de ser mais uma peça para integrar o fabuloso ecossistema da marca, mas mais do que isso terá que ter características diferenciadoras para além de autonomia superior aos demais, e mais importante, capacidade de recarga muito rápida, coisa que a Apple não se tem revelado exímia nos seu smartphones por exemplo.

A Morgan Stanley afirmou ainda que só a Apple terá capacidade para desafiar a Tesla como outsider neste mercado automóvel, pese embora para obter sucesso terá que ser criada toda uma rede de proximidade com os utilizadores, também fora dos Estados Unidos.

Em Portugal, por exemplo a implementação da rede de distribuição e assistência da Tesla foi determinante para um incremento das vendas.

Mesmo a marca Apple sendo confiável, a compra de um carro exige mais do que uma loja online, os potenciais compradores sentir-se-ão mais confiantes se tiverem um ponto de assistência de proximidade, e como todos sabemos, em Portugal nem uma Apple Store temos.

Pessoalmente agrada-me a ideia de um Apple Car no mercado a competir com os melhores, mas como “petrolhead” que sou, apreciaria muito mais se viesse equipado com puro “american muscle” V8 com 800cv, sem macaquisses de condução autónoma, isto, porque não gosto de dormir no carro, muito menos enquanto conduzo…

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.