Urbanista Athens: Review

Urbanista Athens: Review

Pedro Monteiro
∙ 4 minutos de leitura

Todos nós procuramos uma melhoria contínua em algo na nossa vida. No meu caso a procura para uma melhoria perpétua é no áudio. Uma das coisas que mais prazer me dá na vida é ouvir música e podcasts com qualidade, se possível sem recursos a fios para uma maior liberdade de movimentos.

Neste momento para substituir os meus Sony comecei por utilizar os Urbanista Athens, apesar da ausência aceitável do ANC, este par de auscultadores sem fios possui tudo aquilo que procuro neste tipo de acessório de áudio, e honestamente, até um pouco mais do que esperava.

O primeiro contacto começa com uma caixa de cartão rígido, uma aba selada magneticamente do lado direito abre como se de uma livro se trata-se. O exterior faz referência ao (produto) acabado de adquirir, o peso da caixa demonstra que é um produto aparentemente robusto e demonstra qualidade.

Sejamos honestos, quantos de nós já não ficamos convencidos com a qualidade de um produto apenas pelo unboxing? Eu já, e este apesar de minimalista, foi mais um desses exemplos.

Depois da abertura magnética da caixa ter sido testada, temos logo acesso aos (produto), mas antes de lhes podermos tocar, os mesmos tem uma protecção de plástico ligeiramente rijo mas ao mesmo tempo maleável que nos permite mais uma abertura extremamente acessível graças a uma pequena aba na parte inferior.

Depois de retiradas todas as protecções temos finalmente acesso aos Athens da Urbanista.

Estou um pouco reticente com a experiência de utilização, de todas as informações existentes na caixa de transporte e no site não existe qualquer tipo de referência ao ANC (Active noise cancelling) como quem diz no nosso português, cancelamento ativo de ruído.

Contudo, a aparente robustez do produto inspira confiança.

Retirar da caixa e emparelhar, o processo que todos nós conhecemos é extremamente fácil. Apesar de no interior da caixa trazer uns adaptadores que permitem a mudança das borrachas que entram no canal auditivo, eu usei as que vinham de origem.

Nas laterais dos Urbanista Athens temos um botão, cada lado com a sua função dedicada. O facto de ser um botão físico deixa um pouco a desejar, contudo, pensei que fosse necessária muita pressão para pressionar o botão mas pelo contrário.

O som é mais do que aceitável, apesar de se comprovar a inexistência do ANC, a entrada dos canais auditivos fica mesmo selada com os auscultadores em posição. Pode ser um pouco incomodativo ao se colocar pela primeira vez, pois a sensação é de vácuo mas encaixam na perfeição.

Esta sensação de vácuo pode ser mesmo prepositada, pois estes auscultadores foram construídos para serem resistentes à água. Os Athens podem ficar submersos até um metro durante 30 minutos, o que por si já é muito bom, mas duvido que alguém vá fazer esse teste com eles colocados.

A inexistência de botões touch pode ter sido muito bem pensada. Como eles são resistentes à água, isso poderia provocar que na zona do touch os pingos assumissem fossem assumidos como “toques”. Falo por experiência de ter tido uma smartband em que acontecia isso, os pingos da água a passarem no visor eram assumidos como “toques” e eram assumidas funções que não tinham sido solicitadas.

Os Urbanista Athens já podem ser considerados média gama pelo preço e pela sua robustez, o acabamento em borracha para que sem mais impermeáveis e resistentes à água transmite confiança. A autonomia dos mesmos dá para 8 horas como a marca nos promete, ao fim de uma semana ao usar diariamente durante umas horas contínuas a bateria ainda estava a caixa de carregamento ainda tinha 3 Leds dos 4 que me indicam o nível de bateria que a caixa possui. Muito mais do que aceitável.

O único ponto contra que posso assinalar é o microfone. Mas em defesa da marca digo que isto não são auscultadores para serem usados no dia-a-dia de trabalho, cumprem muito bem a função para a qual foram desenhados, desporto, portanto a prioridade do microfone terá sido secundária. A existência de microfone para chamadas é quase como um extra, ele está lá, um micro em cada auscultador, mas funcionam bem apenas a 20 cm como a própria Urbanista salienta.

Todas as chamadas que foram efetuadas ouvia sempre o mesmo “estás no fundo do poço” e ultimamente fazer chamadas de auriculares sem fios e de máscara não abona muito á qualidade do áudio, portanto dou o benefício da dúvida em relação aos microfones. Não nos podemos esquecer que para poderem ser resistentes à água os mesmos tem de ter uma protecção extra para que a água não entre pelo orifício.

O meu veredicto final sobre os Urbanista Athens é que são um produto de extrema qualidade, resistentes, leves e extremamente confortáveis após a adaptação aos mesmos.

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.