7 razões para comprares os novos AirPods Pro 2

Parece mais do mesmo? Será que sim? Lê neste artigo o que os novos AirPods Pro 2 têm para te oferecer.
5 mins de leitura
7 razões para comprares os novos AirPods Pro 2
Publicidade
Publicidade

Foi há duas semanas (7/09) que a Apple transmitiu o seu muito aguardado evento Far Out. Ciente de que iria, no fundo, apresentar mais do mesmo, a empresa da maçã reservou ainda assim algumas surpresas por entre os produtos que lançou, sublinhando as ideias de interatividade e integração de todos estes elementos do seu ecossistema.

Fonte: Apple
Fonte: Apple

Com efeito, é muito difícil colocar em causa a profunda e funcionalíssima relação de cooperação entre o iPhone, Apple Watch e os AirPods. Um conjunto brilhante, cada vez mais caro, mas ainda assim, que garante uma experiência sem par, no que à concorrência diz respeito.

E se, por entre um Apple Watch Ultra e uma "Ilha Dinâmica" do iPhone 14 Pro, que deram todo o brilho a este evento, todo o resto aparenta ser uma continuidade, muito semelhante aos modelos anteriores, o que leva um consumidor, mesmo que fiel à Apple, a perguntar-se: será que vale a pena comprar?

Embora que ainda não tenha tido o prazer de os experimentar, com base na utilização da sua primeira versão, parece-me que existem algumas razões bastante interessantes para se contemplar o investimento de 299€ nos novos AirPods Pro 2. Ora lê:

Novo processador Apple H2

0:00
/
Fonte: Apple

Os AirPods Pro 2 incluem o novo Soc H2, que, segundo a Apple, "usa algoritmos computacionais para proporcionar um cancelamento de ruído ainda mais inteligente, produzir um som tridimensional de qualidade superior e aumentar a eficiência da bateria, tudo em simultâneo."

Tais algorimos garantem um processamento de som mais rápido enquanto ouves a tua música. Segundo o anunciado, os novos AirPods Pro 2 permitirão graves mais ricos e um som mais claro assente numa gama mais vasta de frequências, ou seja, "uma imersão sonora de alta-fidelidade". Para mais, tais algoritmos contemplam o formato do teu ouvido, por forma a operar do modo mais personalizado e adaptado possível ao seu utilizador.

Hardware melhorado, feito à medida do H2

Fonte: Apple
Fonte: Apple

Estes ditos algoritmos trabalham também ao nível do microfone, que, renovado, otimiza o reconhecimento e transmissão da tua voz, o que se traduz numa melhoria das chamadas de áudio ou vídeo.

O transdutor e amplificador, foram obviamente concebidos em torno do novo processador, de modo a reduzir as distorções durante a reprodução do som. A evolução destas partes dos AirPods Pro 2 constituem justamente o motivo pelo qual conseguirás obter agudos mais claros e baixos mais profundos, com qualquer nível de volume.

Transparência Adaptativa

Fonte: Apple
Fonte: Apple

Trata-se de uma nova opção dos AirPods Pro 2. Não é apenas um nome bonito. Tal como disse acima: tudo opera em torno do novo SoC, para tirar o melhor partido das suas capacidades. Esta funcionalidade reduz o ruído, segundo a Apple, 48.000 vezes por segundo, o que se traduz numa forte redução do incómodo provocado por barulhos intensos, de que são exemplo, obras ou sirenes de emergência.

Ou seja, manténs-te conectado com o mundo que te rodeia enquanto ouves música, mas de modo muito mais cómodo.

Cancelamento de ruído mais poderoso

Esta é uma característica que muito me apraz. Graças aos seus microfones e ventilação traseira, os AirPods Pro 2 estão estrategiacamente preparados para "detetar e bloquear o som antes te de chegar aos ouvidos".

Tal melhoria torna esta funcionalidade, exclusivamente reservada à gama Pro, até 2 vezes mais eficaz. Terás, pois, um cancelamento ativo de ruído muito melhor, garante da sensação de imersão e isolamento do exterior, que tanta falta faz em algumas ocasiões.

Áudio Espacial personalizado

Embora funcionando apenas com conteúdos preparados para tal, o Áudio Espacial segue os movimentos da tua cabeça, criando uma envolvência interessantíssima, que, no meu ponto de vista, enriquece muito a tua experiência de audição.

Fonte: Apple

Recorrendo, nos casos aplicáveis, aos sensores TrueDepth do teu iPhone, a geometria da tua cabeça é medida e processada, de modo a garantir a maior otimização possível da reprodução de som. Este perfil fica registado no teu iCloud, estendendo-se a todos os teus dispositivos.

Tudo isto combinado foi pensado também para que tenhas uma sensação de presença e de naturalidade enquanto te moves.

Maior duração da bateria

Estando a falar de auriculares sem fio, a duração da bateria é fundamental. Graças ao novo SoC H2, que garante a otimização dos recursos, os AirPods Pro 2 permitem ouvir até 6 horas de música e até 30 horas com a caixa de carregamento, ambas, com cancelamento ativo de ruído ligado. Isto significa que tens um aumento de 1,5 horas e de 6 horas adicionais, relativamente aos seus predecessores.

No que respeita à conversação, poderás falar até 4,5 horas com uma única carga, ou até 24 horas com caixa de carregamento.

Em todos estes casos, quando me refiro a "com caixa de carregamento", significa que, com apenas 5 minutos de carregamento dentro da caixa, obterás até 1 hora de audição ou de conversão.

Caixa de carregamento melhorada

Fonte: Apple
Fonte: Apple

A Caixa de carregamento MagSafe também tem um processador. O U1, previamente utilizado noutros dispositivos da Apple, serve para a deteção espacial através da tecnologia de banda ultralarga, permitindo localizar com precisão outros dispositivos da marca que também o possuam.

Ou seja, tal como uma AirTag, poderás encontrar a localização exata da tua caixa através da app Encontrar. A nova integração de um altifalante na caixa completa a experiência desta busca. Quando não souberes dela, será emitido um som que te facilitará a vida. E se sai um som para umas coisas, já agora, a Apple criou sons para outras, de que são exemplo a notificação de pouca bateria ou da conclusão de emparelhamento.

Ainda não é desta que tens um conector USB-C para carregamento... Só quando for mesmo obrigada (a partir de 2024) é que a Apple irá abandonar a porta Lightning. Ainda assim, a compatibilidade com os carregadores MagSafe (mesmo o do Apple Watch) e de terceiros, é uma boa adição.

0:00
/
Fonte: Apple

Bem, já agora, o novo encaixe para uma fita também dá muito jeito para quem não quer comprar uma capa protetora que esconda a tradicional cor branca deste dispositivo.

Será isto suficiente?

É fácil dizer que é tudo igual, ano após ano. É igualmente simples afirmar que a Apple está fazer render o peixe. Em parte concordo. Mas, e sobretudo quando me debruço sobre as características técnica de um produto, noto que há um evidente esforço para o melhorar.

Uma outra pergunta que coloco é: como estar sempre a melhorar o que já é excelente? A bitola é elevadíssima. A Apple chega normalemente a níveis muito acima da concorrência cedo demais. Certo que há telefones que dobram. Outros que têm câmaras com 1 milhão de megapixels. Se a Apple quisesse já o tinha feito. Mas tal como Tim Cook sublinhou na introdução do evento Far Out, a empresa tem como objectivo a criação de:

  • Produtos e experiências que enriqueçam a vida das pessoas;
  • Produtos intuitivos e fáceis de usar;
  • Produtos que têm uma integração única entre hardware e software, concebidos para funcionar em conjunto entre si e entre os vários dispositivos;
  • Produtos incrivelmente personalizáveis.

Falar é fácil. A experiência é tudo.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo