Cá estão os novos iPhones Pro da Apple: iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max

Eis que chegaram os topo de gama da décima quarta versão do produto mais vendido da Apple. Os iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max.
5 mins de leitura
Cá estão os novos iPhones Pro da Apple: iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max
Publicidade
Publicidade

Gostaria de perguntar: "onde está o notch"? Bem, e de certo modo, até posso faze-lo. Vê-se ali uma forma oblonga que permite um melhor aproveitamento do espaço, ou como dizem os americanos, um espaço em formato de comprimido (ou cápsula) que acomoda os sensores e a câmara frontal. Mas que fica muito melhor, lá isso fica! A Apple chama-lhe "Ilha Dinâmica"!

0:00
/

É extraordinário, porque com o jogo da cor negra em torno desta secção, parece mesmo que este comprimido está vivo na interação com o utilizador! Os alertas expandem esta ilha, onde são apresentados os conteúdos e alertas. Quando se utiliza, por exemplo, o FaceID, ouvir música, entre muitas outras atividades.

Sempre ativo e visível, esta interação permite controlar as chamadas e ser usado de modo fluído sem se sobrepor minimamente às outras apps que estão abertas.

O notch ainda lá está, mas a criatividade brutal da Apple deu-lhe a volta, transformando-o numa nova, entusiasmante e dinâmica característica absolutamente distintiva do iPhone!

Diferentes e diferenciadoras, as cores disponíveis desde modelo são preto espacial, dourado, prateado e, desta feita, o roxo escuro. No que respeita às dimensões, manter-se-ão as 6.1 polegadas para o iPhone Pro e as 6.7 polegadas para o iPhone Pro Max.

Dotado de um processador exclusivo à gama Pro, o A16 Bionic, este novo iPhone 14 Pro vem justificar este prefixo, distinguindo-o da gama 14 convencional, visto que esta manterá os processadores A15 Bionic, tal como toda a gama anterior deste dipositivo (embora melhorados).

Esta distinção faz lembrar um degrau que estamos a contar subir, e que de repente não está lá. Os iPhones 14 Pro e Pro Max são, com efeito, o show stopper deste evento!

Dotado de 16 biliões de transístores, CPU de 6 núcleos, GPU de 5 núcleos, Neural Engine de 16 núcleos (capaz de processar 17 triliões de operações por segundo) e um Display Engine (operando 4 trilões de operações por segundo), como sempre este iPhone arrasa toda a concorrência!

Mas que salto! De repente passámos para 48 Megapíxels com novo sensor quad-pixel. Bom, até que são muitos os dispositivos da concorrência com esta e ainda maior capacidade. Mas será que conseguirão a performance desta portentosa máquina fotográfica?

Até ao momento, Pro significa sempre três câmaras traseiras, desta feita, ainda maiores que o seu predecessor. Um dia não haverá espaço para as acomodar.

  • Câmara principal: armada com referido sensor quad-pixel, as suas lentes de 7 elementos oferecem uma melhoria de 2 vezes em baixa luminosidade e uma abertura de f1.78;
  • Ultra Grande Angular: permitindo, obviamente a macro-fotografia, a combinação dos seus 6 elementos garante-lhe uma uma prestação até 3 vezes melhor em baixa luminosidade com a sua abertura de f2,2;
  • Teleobjetiva: também muito melhorada, permitindo até 2 vezes mais no que concertne à sua prestação em baixa luminosidade.

Todas estas câmaras têm o novo Photonic Engine que, graças à capacidade do novo SoC A16 Bionic, elevam a qualidade das tuas fotografias a níveis nunca antes vistos neste que é o mais icónico dispositivo da Apple.

O Zoom também foi substancialmente melhorado, permitindo-te até 4 modos.

No que respeita à câmara frontal,  foi incorporado finalmente o modo foco automático. As tuas selfies e as chamadas FaceTime vão passar a ser ainda mais espetaculares. Muita coisa para encaixar no espaço do tamanho de um pequeno comprimido.

A empresa da maçã redesenhou ainda o flash, composto por 9 LEDs que te garante até 2 vezes mais luminosidade.

Para muitos, um iPhone já tem uma qualidade cinematográfica considerável. Dolby Vision HDR e ProRes Video (introduzido na versão anterior) são agora levados a patamares nunca antes atingidos pela empresa da maçã! Podes fazer filmagens a 4K com 30 fps ou a 24 fps, formato commumente utilizado na indústria cinematográfica.

Tal como no iPhone 14, a estabilização foi intensamente melhorada através do Modo Ação. Mesmo para as mãos mais trémulas, fotografias desfocadas ou filmagens tremidas sejam vetadas ao passado. É difícil não adorar.

Com um vidro composto por cristais cerâmicos nanométricos, mais duro que muitos metais, parti-los ou risca-los continuará a ser um desafio. O facto de o ecrã estar perfeitamente ajustado à moldura de aço inoxidável de qualidade cirúrgica pode parecer um exagero. Mas Apple é assim: está tudo nos pormenores. É que afinal estamos a falar num dispositivo que custa quase dois ordenados mínimos.

Este colosso Pro tem o melhor ecrã de sempre! E sim: confirma-se o modo "Always-On", por via da eficiência energética garantida pelo processador. Não mais se apagará o ecrã do iPhone, o que garantirá o acesso imediato às tuas informações (agora muito melhoradas, graças ao iOS 16) no ecrã de bloqueio.

Com um ecrã Super Retina XDR melhorado, a Apple aprimorou a capacidade ProMotion, que permite agora uma adaptação automática entre os 120Hz até aos 1Hz (Refresh Adaptativo). E adapta-se inclusivamente à velocidade dos nossos dedos, garantindo ainda mais a poupança da bateria.

Bem-vinda, prometida ligação via satélite! Finalmente! E aqui está um ponto fundamental. No caso de falha de rede convencional, este iPhone nunca te deixará incontactável. Uma característica extraordinariamente importante para fazer face a alguma emergência, que oxalá nunca te ocorra. Por ora, será apenas lançado nos EUA e no Canadá.

Com nova arquitetura interna, todos os iPhone 14 apresentam ainda maior autonomia. Esquece o facto de ter uma autonomia até mais "X" vezes que o modelo anterior. A expressão a usar agora é "um dia inteiro de bateria". E no fundo é isso que se pretende, não é?

Os ímanes vieram para ficar, e com eles, toda a gama MagSafe, que tantos acessórios da Apple e de terceiros permite vender. Já gostei mais, mas é sempre bom ter várias alternativas de carregamento à mão.

Os novos iPhones 14 Pro e 14 Pro Max partirão de preços a partir dos 1349€ e 1499€, respetivamente, nos seus modelos base.

Eles estarão disponíveis para reserva já a partir desta sexta-feira, dia 9 de setembro. A chegada ao mercado está prevista ocorrer na sexta-feira seguinte, dia 16 de setembro.

Vais aguardar pela redução dos iPhone 13 Pro, mudar-lhes a roupa e comprar o 14 ou investir neste modelo musculado da Apple? Conta-nos tudo nos comentários.


A cobertura do iFeed ao evento da Apple é patrocinada pela iMazing e 1Password. A iMazing é a aplicação líder para gestão de dispositivos iOS, que inclui recursos exclusivos e soluções avançadas de conectividade, backup e diagnóstico para o teu iPhone e iPad. A 1Password é a mais popular aplicação de gestão de palavras-passe que sincroniza facilmente os dados do utilizador em todas as plataformas - iOS, Android, Mac e Windows. Interessado em saber mais? Vê aqui as nossas reviews completas da iMazing e 1Password. Obrigado aos nossos patrocinadores pelo apoio nesta cobertura!

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo