FitnessView: desporto e saúde sempre debaixo de olho

Com a aplicação FitnessView a conquista das tuas metas vai ganhar um novo sabor.
Escrito por Pedro Alves e
6 mins de leitura
FitnessView: desporto e saúde sempre debaixo de olho
Publicidade
Publicidade

É inegável que, nos últimos anos, se tem verificado uma tendência social, de certa forma generalizada, de aumento da importância que o corpo e a sáude têm no dia a dia. Felizmente, é possivel verificar que cada vez mais pessoas praticam exercício físico regularmente, procuram manter uma nutrição e hábitos de consumo alimentares saudáveis, e promovem, mais ou menos ativamente, estilos de vida que vão de encontro ao bem estar e longevidade que todos ambicionamos, mas que apenas um número limitado de indivíduos consegue manter.

Cada pessoa tem as suas estratégias e ferramentas, que usa como auxiliares, ou por vezes disciplinadores, tendo em vista a manutenção do foco nos objetivos definidos. Inevitavelmente, a tecnologia acaba por desempenhar um papel importante neste tipo de processos, pois esta mudança social acabou por, como consequência, despoletar o nascimento de todo um mercado de equipamentos e aplicações dedicados ao mundo do fitness e da saúde.

Apesar da abundância de soluções, há sempre aquelas que, pelas suas características e qualidades, acabam por se destacar brilhantemente da concorrência. Como tal, é precisamente um desses casos de sucesso que vamos analisar: a aplicação FitnessView, que está disponível para iPhone e Apple Watch.

A FitnessView é uma aplicação desenvolvida pela Funn Media, e cuja função é gerir, agregar e apresentar todo e qualquer dado relativo à saúde e ao desporto, recolhido pelo teu iPhone ou Apple Watch. Correndo o risco desta descrição ser demasiado básica, o ideal é começar a detalhar todas as funcionalidades da FitnessView, para no final perceberes por ti próprio o tipo de potencialidades que estão aqui presentes.

A interface principal da FitnessView está dividida em quatro separadores: no primeiro é visível o teu anel de atividade diário (já conhecido do Apple Watch), as metas do dia em questão, assim como um resumo dos treinos mais recentes que efetuaste; o segundo separador mostra diversas estatísticas, que podem ser analisadas num âmbito diário, semanal, mensal ou anual; no terceiro separador reside um gestor de sessões de treino; e, finalmente, o quarto e último separador é dedicado às habituais definições da aplicação.

Como podes observar, a interface é simples, clara e intuitiva. Praticamente todas as métricas são clicáveis, revelando ainda mais detalhes do que aqueles que são mostrados à primeira vista. Por exemplo, ao tocares no anel de movimento tens acesso ao detalhe de atividade diário, assim como a uma vista mensal. As metas também podem ser expandidas (com exceção das que estiverem bloqueadas por ausência de subscrição) e cada uma delas pode ser analisada em pormenor.

Foi especificamente dentro das metas que me deparei com um bug um pouco incómodo... Em qualquer uma das três que estão disponíveis na versão de teste (horas em pé, minutos de exercicío e água), sempre que tocava na opção "Mais insights" a aplicação simplesmente... fechava. Algo solucionável com uma simples atualização, certamente.

No separador das estatísticas é possível analisar o agregado dos resultados individuais de cada meta, filtrados por dia, semana, mês ou ano, todos eles personalizáveis, de forma à análise que se pretende efetuar ser o mais concreta possível.

O terceiro separador é dedicado aos treinos, e aqui os dados são agrupados por mês, ano, tipo de treino, ou estatísticas gerais. Os treinos, à semelhança das restantes métricas, são lidos diretamente a partir dos sensores do iPhone ou do Apple Watch.

Há que destacar a imensidão de desportos e atividades diferentes que é possível adicionar manualmente aos treinos da FitnessView. Sim, leste bem, adicionar manualmente, porque isso é possível. Vamos imaginar que saíste para correr, mas que te esqueceste do iPhone em casa e o Apple Watch estava descarregado. Podes realizar a corrida, e no final inserir manualmente na aplicação os dados referentes à mesma (pelo menos aqueles que conseguiste, de alguma forma, recolher). Desse modo, essa atividade não passará em vão, integrando assim no teu histórico junto com todas as outras.

Chegamos ao último separador, que é talvez aquele que, pelo menos nas primeiras utilizações da FitnessView, vai exigir mais atenção por parte do novo utiizador. É aqui que podes personalizar tudo aquilo que queres ver registado e medido, assim como atalhos, widgets, etc. As personalizações são imensas.

Começando pelas metas, tens 87 (!) diferentes à tua escolha, e podes escolher aquelas que queres ver no primeiro separador, e a ordem pela qual as mesmas são apresentadas. Citando apenas algumas das 87 opções, poderás encontrar horas em pé, água bebida, calorias, lavagem das mãos, passos, temperatura corporal, glicose e oxigénio no sangue, pressão arterial, cafeína consumida, índice de massa corporal, colesterol, ritmo cardíaco, sono... A lista é infindável, e cada parâmetro é personalizável ao nível das unidades de medida, da meta a atingir e do layout no ecrã inicial, por exemplo.

Além de personalizações ao nível dos treinos e das atividades, há ainda vários tipos de widgets e complicações para Apple Watch à disposição, dotando asssim a FitnessView de vários tipos de ambientes informativos, adequados a todos os gostos.

Importa referir ainda que a FitnessView oferece a possibilidade de partilhar as tuas metas e atividades diretamente com amigos ou através das redes sociais, além de criar relatórios detalhados, exportáveis para CSV ou PDF.

É impossivel ignorar a plenitude de informação relacionada com saúde e atividade física que a FitnessView consegue recolher, tratar e apresentar, das mais diversas e personalizadas formas. Dificilmente encontrarás uma aplicação tão completa como esta, com tanto para oferecer, mas ao mesmo tempo tão intuitiva e simples de ler e interpretar. Os desportistas, casuais ou profissionais, merecem usar algo assim, o que me leva à conclusão final: instalem a FitnessView e aproveitem o período de teste gratuito que a Funn Media coloca à disposição. Tenho a certeza que não vão conseguir esperar que o mesmo chegue ao fim para subscreverem a versão completa, que vale muito mas muito a pena.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo