Os AirPods Max valem 629€?

Os AirPods Max valem 629€?

Não há dúvida que é muito dinheiro por uns headphones, mas será que os AirPods Max valem realmente 629€? Há algumas razões que podem justificar este valor.

Patrícia Neves
∙ 4 minutos de leitura

Que a Apple estaria a preparar-se para lançar uns headphones over-ear já todos estávamos à espera, agora o preço, esse sim foi uma surpresa. Nesta terça-feira (8 de dezembro), a Apple, através de um comunicado de imprensa, deu a conhecer ao mundo os tão aguardados AirPods Max. Max de tamanho e, pelos vistos, também de preço, já que estes serão vendidos em Portugal a 629€.

Muito se tem falado sobre este valor tão elevado, principalmente em comparação com alguns dos melhores headphones do mercado, como os Sony WH1000XM4B (380€), os Bose Noise Cancelling 700 (399,99€) ou mesmo os Beats Studio3 Wireless (349,95 €). Os AirPods Max custam quase o dobro. Será um exagero? Ou haverá justificação para a Apple lançar uns headphones tão caros? Nós acreditamos que sim e vamos explicar porquê.

A Apple é muito mais do que uma marca de tecnologia

Parece-nos óbvio começar por aqui porque, convenhamos: é isso que justifica a elevada procura que já está a acontecer em torno dos AirPods Max — e estes ainda estão em pré-venda. A Apple não vende apenas tecnologia, vende um estatuto. O cliente Apple está disposto a pagar um preço mais alto porque considera a marca de alta qualidade e como um símbolo de um determinado estilo de vida que querem alcançar (ou manter). Este é um cliente leal, que valoriza a tecnologia, o design, a qualidade e a beleza dos dispostivos e a forma como se sente, e como é encarado, por utilizar estes produtos. Por isso, sim, se há marca que pode lançar para o mercado uns headphones que custam mais do que um iPhone SE, é a Apple.

A magia do ecossistema Apple

O fascínio e o desejo de ter um produto Apple leva este cliente a querer mais produtos. Primeiro um iPhone, depois um iPad, um Apple Watch e agora, quem sabe, uns AirPods Max. Porquê? Pela forma como todos estes dispositivos se interligam e como é fácil trabalhar com eles. Os AirPods Max não serão excepção: basta colocá-los próximo do iPhone ou iPad e tocar em “Ligar” no ecrã. Além disso, à semelhança do que já acontece com os AirPods Pro, é possível trocar automaticamente de dispositivo. Ou seja, se estiveres a ouvir música no Mac e atenderes uma chamada no iPhone, os AirPods Max mudam automaticamente a fonte de som.

Outro facto interessante é que se tiveres dois pares de AirPods, é possível ligar os dois ao mesmo tempo, permitindo que duas pessoas consigam ouvir o mesmo áudio do iPhone, iPad, iPod Touch ou Apple TV.

A qualidade do material e o design ajustável

Os AirPods Max possuem uma estrutura em aço inoxidável e alumínio, ao contrário do habitual plástico em fones de outras marcas. No entanto, isso faz com que acabem por ser mais pesados do que a concorrência (384,8 gramas em comparação com os Sony WH1000XM4B que pesam 254 gramas). Apesar do peso, os restantes materiais e a forma como estão combinados fazem com que estes headphones ofereçam uma harmonia entre resistência, flexibilidade e conforto. Os braços telescópicos, como a Apple lhes chama, permite ajustar o tamanho dos fones exatamente como queremos, em vez dos habituais “níveis” de outros modelos do mercado.

Além disso, as almofadas são revestidas em tecido, malha, e foram descritas pelo David Carnoy da CNET, como sendo uma espécie de almofadas em versão memory foam. Estas almofadas são removíveis e podem ser trocadas.  

Especificações técnicas inovadoras para uma experiência de som única

Mais uma vez, a Apple supera a concorrência e traz um conjunto de recursos que mais nenhuma outra marca oferece. Para além da conectividade por Bluetooth e suporte cancelamento ativo de ruído, os AirPods Max vêm equipados com dois chips H1, áudio espacial e equalização adaptativa que regula o som em função do ajuste e isolamento das almofadas. Se assim o entenderes, é possível alterar do modo de cancelamento ativo de ruído para o modo transparência, através do botão de controlo do ruído, e conseguindo assim ouvir o som ambiente e as pessoas à tua volta.

Os novos AirPods vêm equipados com sensores que detetam quando tens os fones na cabeça e que pausam o áudio assim que os tiras ou os colocas à volta do pescoço. O site da Apple lista todos os sensores que fazem parte dos fones: sensor ótico, de posição, de deteção da caixa, acelerómetro e giroscópio.

Estão disponíveis em cinco cores

Que outra marca de auscultadores te oferece cinco cores diferentes? Só a Apple. Os AirPods Max estão disponíveis em: prateado, cinzento sideral, azul-céu, rosa e verde. Para quê? Para que os possas combinar com o teu iPhone 12 ou com o teu iPad Air.

Será que 629€ é demasiado dinheiro por uns headphones?

Os AirPods Max são os auscultadores mais caros de sempre da Apple. Mas a verdade é que como em tudo na Apple, eles não são só mais uns fones. Esta combinação de fatores faz com que os AirPods Max ofereçam uma experiência de utilização muito acima dos concorrentes.

Agora, será que valem os 629€? Diz-nos tu, nos comentários.

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.