MacBook Air (s) vs. MacBook Pro de 13”: qual escolher?

Quanto mais modelos, maior a confusão. Mas a decisão é simples. Ou não?

Muito recentemente escrevi um artigo intitulado "MacBook Air - entre o M1 e o M2: decisão difícil ou nem se coloca em causa?", no qual apresentei um comparativo entre os dois modelos do MacBook Air atualmente disponibilizados pela Apple. Na conclusão deste artigo, considerei que:

A distinção entre Air e Pro estava a tornar-se clara. Os de 14 e de 16'' são, enfim, poder bruto, por via dos hiper-vitaminados M1 Pro e M1 Max. Mas com o lançamento deste Air M2 em conjunto com o Pro de 13'', as fronteiras ficam algo confusas.

Com efeito, decidi estender este comparativo a todos os modelos de 13'', excluindo, obviamente o iPad Pro que, com um teclado, é quase (só que não) mais um concorrente com esta dimensão de ecrã.

Mas vamos ao que interessa: olhar para as especificações lado a lado, para que tudo se torne mais claro.

MacBook Air (s) & MacBook Pro

Fonte: Apple
Fonte: Apple

Separando as águas: entre o M1 e o M2

Fonte: TechRadar
Fonte: TechRadar

A principal novidade que deverei de imediato assinalar é o surgimento do SoC M2. Para leres mais sobre este novo chip, podes ler o meu artigo "Entre o M1 e o M2 - Quais as diferenças?" .

De uma forma muito simples, a Apple quis, com este M2, entregar-te mais performance com menor consumo de energia. Uma clarevolução em termos de eficiência, aliada a uma melhor capacidade de processamento, relativamente ao seu predecessor M1.

Portanto, desde logo, a escolha de um MacBook Air com processador M1, no meu ponto de vista, estará fora de questão. Mesmo que a diferença entre os modelos base seja de €300. É um sacrifício justificável para um investimento de monta.

Não é que, quem tem €1.229,00 tenha €1.529,00. Mas quem já conseguiu atingir a meta de um montante desta natureza, esforça-se um bocadinho mais, ou estica o empréstimo para poder comprar um MacBook Air, cuja vida útil se inicia em 2022, em vez de comprar um com o SoC M1, já no caminho da obsolescência.  Mais um ano, e terás o M3, ou coisa que o valha.

"Liga M2": MacBook Air vs MacBook Pro

Fonte: Gaming Deputy
Fonte: Gaming Deputy

Pois então, jogando numa liga acima, estamos perante o mesmo e exato processador, numa máquina com as mesmas e exatas características:

  • CPU com 8 núcleos;
  • GPU com até 10 núcleos;
  • RAM unificada até 24 GB;
  • Armazenamento até 2TB;
  • 2 portas Thunberbolt / USB-4;
  • 3 microfones e 4 altifalantes estéreo compatíveis com áudio espacial;
  • WiFi 6.0 e Bluetooth 5.0;

Então e o que os distingue?

Vamos ficar confusos? Ou, pelo menos, perplexos ao tentar decidir? Venham os pontos:

  • Ecrã: o MacBook Air tem 13,6'' e o MacBook Pro 13,3''. Mas isto é uma "batota", visto que o Air já tem o notch, libertando-lhe mais espaço de ecrã. O Air tem Liquid Retina com 500 nits de luminosidade, enquanto que o Pro tem apenas Retina, mas com o mesmo número de nits;
  • Câmara FaceTime: a do Air é de 1080p, sendo a do Pro apenas de 720p;
  • Cores: para além do Prateado e do Cinzento Sideral, comuns a ambos os modelos, o Air está disponível em mais duas cores;
  • Dimensões: o Air é 160 gramas mais leve e 43 milímetros mais fino;
  • Carregamento: o Air tem MagSafe, o Pro não;
  • Autonomia: o Pro permite-te mais duas horas de autonomia em contexto de utilização de Internet;
  • Touch Bar: o Pro tem a Touch Bar, o Air não.

Um claro vencedor

Fonte: Apple
Fonte: Apple

Na minha modesta opinião, o evidente vencedor é o MacBook Air M2. Arrumada a concorrência com o seu antecessor M1, quando penso no campeonato dos M2, é para mim inconcebível a adquirir um MacBook Pro, quando em presença do MacBook Air.

O sufixo "Pro", uma  TouchBar e mais duas horas de autonomia justificam pagar mais €100, para um produto que, para além das mesmas "entranhas" é, em todo o resto, pior?

Desde a câmara FaceTime com muito melhor definição, passando por ter mais duas cores lindíssimas, um ecrã com Liquid Retina e mais espaço, ser mais leve e ter um novo design, tudo no MacBook Air torna indubitável que este MacBook Pro é um absoluto falhanço de estratégia da Apple, e que, comparado com o Air, não merece de todo a categoria "Pro". Já o caso dos seus irmãos de 14'' e de 16'' é uma questão completamente diferente.

E nem sequer comento o facto de a Apple nem sequer se ter dado ao trabalho de equipar este MacBook Pro com uma porta MagSafe, elemento inovador que nunca deveria ter abandonado.

Fonte: Apple
Fonte: Apple

Este artigo é necessariamente sucinto porque, em boa verdade, não me parece que existam grandes dúvidas no momento da escolha. Concordas?