Muito se fala de notificações e monitorização de saúde associados ao Apple Watch, mas uma das mais importantes e talvez menos reconhecidas funcionalidades do smartwatch da marca da maçã é a capacidade de ligar para os serviços de urgência. Esta semana, chegou-nos mais uma notícia de como o Apple Watch ajudou no resgate de uma família após um acidente de automóvel.

O episódio ocorreu nos Estados Unidos, quando uma família conduzia entre as cidades de San Antonio, Texas, e San Diego, California. Durante a viagem, o condutor sentiu-se cansado e perdeu o controlo da viatura, saíndo da estrada e capotando. O carro ficou totalmente esmagado pelo impacto. Algumas das crianças que viajavam no carro conseguiram rastejar para fora dos destroços, tendo os pais ficado presos de cabeça para baixo e sem possibilidade de pedir ajuda.

Eis que o pai e marido, Brad Sparks, se lembrou de recorrer ao Apple Watch através da Siri para pedir ajuda e ligar aos serviços de urgência. Os socorristas chegaram e conseguiram retirar rapidamente as vítimas do acidente, tendo a família sido transportada para o hospital. Infelizmente, dois dos filhos de Brad e Crystal Sparks não resistiram aos ferimentos e acabaram por falecer.

Assistimos a notícias destas em que o Apple foi crucial numa situação de emergência nas vidas dos seus utilizadores com regularidade, mas não podemos também deixar de ressalvar o papel da tecnologia ao serviço da saúde. No início deste ano, o Apple Watch ajudou um idoso que caiu de uma escada e um ciclista vítima de atropelamento e fuga. Estes são apenas alguns dos exemplos de como o Apple Watch tem ajudado a salvar vidas.

Usas Apple Watch? Consideras útil a função de deteção de quedas e chamada aos serviços de urgência? Diz-nos o que pensas do assunto.