Aprende a configurar o teu novo iPhone

Aprende a configurar o teu novo iPhone

Recebeste ou compraste um novo iPhone neste Natal e não sabes bem como efetuar a configuração inicial? Nós ajudamos!

Joana Cabral
∙ 5 minutos de leitura

Tens uma caixinha da Apple especial à tua espera debaixo da árvore ou compraste um iPhone como presente de ti para ti? Então estás no artigo certo!

Estás a mudar para novo dispositivo?

Se já és utilizador Apple, e apenas queres poupar trabalho a transferir as tuas informações para o teu dispositivo novo, o processo é-te bastante facilitado. Não te esqueças de, antes de efetuar qualquer alteração, fazer uma cópia de segurança do teu dispositivo anterior.

Só vais precisar de desemparelhar o teu Apple Watch do teu iPhone antigo, ter o teu ID Apple à mão, e transferir o cartão SIM.

Se vais trocar agora o teu dispositivo Android por um iOS, também poderás instalar a aplicação Migrar para iOS e seguir os passos apresentados. Podes consultar a página de suporte da Apple aqui.

Primeira vez com um dispositivo iOS?

Mesmo que já tenhas um, mas preferires configurar do zero, o processo também é bastante fácil. Basta seguir os seguintes passos:

1. Liga o dispositivo

Pressiona o botão de alimentação até conseguires ver o logótipo da Apple. Serás cumprimentado com “Olá” em diversos idiomas. Segue os passos indicados. Se tiveres visão reduzida, ou mesmo para o caso de não visuais, há a partir desse ecrã de boas-vindas a possibilidade de ativar o VoiceOver ou o Zoom.

Depois, ser-te-á solicitado que escolhas o idioma, bem como o teu país ou região que, parecendo que não, afeta a forma como muitas informações são apresentadas, desde contactos a data e hora. É também nesse momento que poderás explorar mais definições de acessibilidade.

2. Utiliza a funcionalidade "Início rápido", se já possuis um dispositivo com iOS 11 ou posterior

Desde o iOS 11, a Apple permite que possas utilizar esses dispositivos para a configuração automática do novo produto, desde que tenhas os dois perto um do outro. A partir dai, é só seguir as instruções.

Se tens outros dispositivos Apple, mas possuem um iOS mais antigo que o iOS 11, então a tua única opção passa por tocar em “Configurar manualmente”.

3. Ativa o dispositivo

De forma a poderes continuar a configuração do teu novo dispositivo, vais precisar de o ativar. Para tal, tens três opções: via Wi-Fi, através da rede móvel, ou então conectando ao iTunes.

Se não tiveres a oportunidade de te ligar a uma rede Wi-Fi, e fores fazer com dados móveis, não te esqueças de confirmar que já inseriste o cartão SIM adequado!

4. Configura o Face ID ou o Touch ID e cria um código

O reconhecimento facial ou da impressão digital, dependendo dos dispositivos, são extremamente úteis, não só para o desbloqueio do dispositivo, mas para fazer compras também, especialmente neste momento que o mundo atravessa.

Se o teu dispositivo te dá esta opção, poderás configurar tocando em “Continuar”, ou então deixar para mais tarde, clicando em “Configurar depois nas Definições”.

Vai ser-te pedido para definires um código de seis dígitos para uma maior proteção dos teus dados. Procura não te esquecer do código, visto que é este que te permite usar não só o Face ID e Touch ID, mas também o Apple Pay.

Se preferires um código de quatro dígitos, ou prescindir completamente da utilização de um código, poderás escolher tal, carregando em “Opções de Código”.

5. Restaurar ou transferir informações e dados

Possuis alguma cópia de segurança a nível do iCloud ou iTunes? Estás a migrar agora de um dispositivo Android? Não te preocupes! Neste passo, podes restaurar ou transferir esses dados para o teu novo dispositivo.

Se não tiveres nenhuma destas, só tens de selecionar a opção “Não transferir aplicações e dados”.

6. Iniciar sessão com o ID Apple

Chegou a altura de introduzires o teu ID Apple. Se ainda não possuis conta, ou te esqueceste da palavra-passe, podes tocar nessa opção.

Poderás também usar ID Apple distintos para o iCloud e iTunes, se tens mais que um.

7. Ativa as atualizações automáticas, entre outras funcionalidades

Nos ecrãs seguintes, terás de optar se queres partilhar informações das aplicações com os seus desenvolvedores, e permitir atualizações automáticas, entre outros.

8. Configura a Siri, entre outros serviços

Uma das funcionalidades que os dispositivos Apple te oferecem é a Siri. Alguns até te pedirão para dizeres algumas expressões, de forma a que a assistente de voz da empresa da Maçã possa reconhecer a tua voz posteriormente.

Se já tiveres inserido o teu ID Apple, é neste passo que poderás configurar o Apple Pay e o Porta-Chaves iCloud.

9. Continua opções relacionadas com o ecrã

A funcionalidade “Tempo de Ecrã” permite-te perceberes quanto tempo passas no teu dispositivo, bem como limitar o teu tempo de utilização diária de aplicações.

Poderás também configurar o True Tone, se o teu dispositivo já o possui, e recorrer à Ampliação do Ecrã, para ajustar o tamanho dos ícones e texto no ecrã principal.

Se tiveres um iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPhone 8 ou iPhone 8 Plus, podes ajustar o clique no botão principal. Em qualquer iPhone posterior, poderás aprender a utilizar gestos para navegar no dispositivo.

Processo feito!

Tocando em “Começar a Usar”, já podes começar a utilizar o teu dispositivo na totalidade das suas funções. Não te esqueças de fazer cópia de segurança, para garantires que não perdes os teus dados. Agora, é altura de desfrutares em pleno do teu novo produto Apple, com tudo o que ele tem para te oferecer!

Adquiriste ou recebeste um iPhone ou iPad novo no sapatinho? Conta-nos tudo nos comentários!

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.