A pegada do iPhone no mundo da fotografia móvel tem-se destacado bastante nos últimos anos, tendo sido a linha de iPhones 11 a subir ao pódio no ano passado em termos de fotografia computacional.

Desde vídeos comparativos a publicações nas redes sociais, o iPhone 11 foi várias vezes equiparado a câmaras DSLR. Isto gerou diversas opiniões, maioritariamente positivas, relativamente às capacidades de fotografia e vídeo do iPhone 11.

Este ano, no passado dia 13 de outubro, a Apple lançou uma nova linha de iPhones com um design parcialmente renovado que desperta uma certa nostalgia nos utilizadores Apple de longa data. Além desse novo design, o iPhone 12 trouxe consigo um novíssimo processador e melhoramentos nas câmaras.

No que toca a software, a introdução da funcionalidade Apple ProRAW  veio revolucionar o mundo da fotografia móvel. Quando tiras uma fotografia, apenas uma porção da informação que o sensor capta é transmitida para o ecrã do iPhone,  após um enorme processamento da imagem, que inclui o realce das cores, encontrar uma boa curva de tons, etc. Isto produz uma imagem apelativa aos olhos do utilizador, no entanto, ao tirar a informação "extra" no processamento, a edição da imagem fica bastante limitada.

Créditos: Apple

A solução para isto é a possibilidade de fotografar em formato RAW. Este formato de ficheiro é muito pouco processado, o que dá uma maior liberdade ao utilizador para editar a foto a seu gosto.

Vou agora abordar as capacidades de fotografia da nova linha de iPhones 12:

iPhone 12 / iPhone 12 mini

O iPhone 12 e o iPhone 12 mini possuem duas câmaras traseiras, uma grande angular e uma ultra-grande angular, de 12 megapixeis cada.

O conjunto de lentes na câmara grande angular foi simplificado para 7 elementos de maneira a facilitar a transmissão de luz, mantendo a sua abertura de f/1.6 e melhorando o seu desempenho em cenários mal iluminados.

Aqui estão alguns exemplos de fotografias tiradas com o iPhone 12:

iPhone 12 Pro/iPhone 12 Pro Max

O iPhone 12 Pro está equipado com as mesmas duas câmaras que os modelos acima mencionados, uma nova teleobjetiva que permite atingir um zoom óptico de x4 e um sensor LiDAR.

Já o iPhone 12 Pro Max vem equipado com as mesmas câmaras que o iPhone 12 Pro, no entanto, a câmara grande angular é composta por um sensor maior o que melhora em 87% a sua performance em cenários mal iluminados. A teleobjetiva permite atingir um zoom óptico até 5x.

Aqui estão algumas fotos tiradas nos modelos Pro.

No instagram a Apple já partilhou algumas fotografias capturadas com o iPhone 12 Pro.

A diferença é claramente notável entre os modelos Pro e os modelos não Pro.


Em termos de vídeo, o iPhone 12 Pro permite gravar videos HDR em 4K a 60 fps com Dolby Vision. Claramente a Apple está cada vez mais perto de tornar o iPhone numa ferramenta de trabalho profissional.

Em ambientes com pouca luz, o iPhone 12 Pro tem a capacidade de gravar com uma resolução 27% superior e permite gravar videos time-lapse no modo noite.

Aqui tens um vídeo no qual o cinematógrafo Emmanuel Lubezki fala sobre a sua experiência ao usar o iPhone 12 Pro como sua ferramenta principal de trabalho.