Se costumas acompanhar as Keynotes da Apple certamente que estás familiarizado com o icónico “One more thing” proferido em palco durante anos a fio por Steve Jobs.

No fundo era um momento, já perto do fim da Keynote, em que o orador em palco “tirava o coelho da cartola” e apresentava um outro produto ou inovação que o público não estaria à espera.

Mais recentemente, também Tim Cook teve os seus momentos “One more thing”, que se espera que regressem em breve. Obviamente que o impacto de “mais uma coisa” é maior numa “normal” Keynote ao vivo e com público, nos atuais moldes de apresentação gravada, convenhamos que perderá parte do seu fator de entusiasmo.

Contudo, foram muitos os momentos “One more thing” que desde 1999 fizeram sonhar muitos de nós. A seguir listamos esses momentos para recordares, ou simplesmente, para no teu imaginário reviveres cada “novidade”.

1999

Apple AirPort

Foi o primeiro produto a ser destacado neste formato durante a Macworld Expo em São Francisco, EUA. Este equipamento é uma espécie de router que para além de permitir a ligação à internet, permite a ligação de diversos produtos Apple em rede sem fios.

Apple Cinema Display 22’’

Este, revelado no mesmo ano na Macworld Expo em Nova Iorque, EUA, trata-se de um monitor com qualidade acima no standard na sua época.

iMac DV (digital video) & iMovie

Foi o primeiro iMac com portas FireWire que representou também o primeiro passo da marca americana na edição de vídeo, trazendo essa possibilidade para o público em geral.

2000

Aqua

Foi o nome escolhido para a nova interface de utilizador do macOS, revelada em 2000 mais uma vez em São Francisco.

Power Mac G4 Cube

Mais tarde nesse ano em Nova Iorque, Steve Jobs, apresentou com estrondo uma versão compacta do Power Mac G4 que funcionava sem ventoinha tornado-o mais silencioso, à data uma “master piece” da engenharia.

2001

PowerBook G4

Com componentes de luxo e construção em titânio o PowerBook G4 marcou e revolucionou o mercado do computadores portáteis, e foi o único “One more thing” de 2001.

2002

iMac G4

Ainda hoje é uma das peças mais arrojadas de sempre da Apple no que toca ao design, certamente um dos meus designs favoritos de sempre. Marcou também a sua época e foi um “pedrada no charco” da monotonia dos computadores.

Compatibilidade do iPod com Windows

Ainda em 2002, Steve Jobs anunciou que o iPod passaria a dispor de compatibilidade com o Microsoft Windows abrindo assim muito o leque de utilizadores.

2003

Power Mac G5

Mereceu o título de computador pessoal mais rápido do mundo, apresentado na WWDC de 2003 o poderoso Power Mac G5 teve, por lapso, uma revelação prematura das especificações no site oficial.

PowerBook G4 12 polegadas

Conferiu maior mobilidade ao laptop da Apple, tornando-o ainda mais portátil sem perder poder de fogo. Com 12 polegadas de ecrã a marca de Cupertino mais uma vez marcou tendências.

2004

iPod mini em diversas cores

No seguimento do lançamento do iPod mini o “One more thing” foi usado para anunciar as diversas cores disponíveis do equipamento.

Apple Cinema Display 30’’

Foi à data anunciado como o maior monitor de alta resolução de sempre e as suas 30 polegadas eram de facto imponentes.

2005

iPod Shuffle

A primeira geração deste produto que se viria a tornar mais pequeno e prático nas seguintes gerações.

Filmes e Séries na iTunes Store

Foi também em 2005 que foi anunciado que shows de TV seriam adicionados ao iTunes para poderem ser usufruídos nos equipamentos Apple, mediante compra.

2006

MacBook Pro

Veio substituir toda a linha PowerBook e revelou-se um sucesso de vendas que dura até hoje, tendo ao longo dos anos sofrido várias atualizações de designs e obviamente de componentes.

Apple TV

Com a adição de filmes e séries à iTunes Store pedia-se um equipamento capaz de reproduzir esses e outros conteúdos diretamente na televisão. Em 2006 surge então a primeira geração da box Apple TV.

Primeira box Apple TV

2007

Safari para Microsoft Windows

Neste ano de 2007 foi a única novidade a merecer o destaque “One more thing”, era uma tentativa de aumentar cota de mercado do Safari, contudo sabemos hoje não se veio a revelar uma medida bem sucedida

2008

Nova geração MacBook

Dois anos após o lançamento do primeiro Macbook, eis que em 2008 um novo design e construção, o portátil da Apple subiu de nível com corpo totalmente metálico e ecrã LED retroiluminado.

2009

iPod Nano com câmara e microfone

A quinta geração do iPod nano ganhou um ecrã maior e foi também introduzida uma câmara e um microfone para poder gravar e ver os vídeos gravados no próprio dispositivo.

2010

FaceTime

A app FaceTime foi apresentada num iPhone 4, e como experiência Steve Jobs fez uma chamada de vídeo para Jony Ive. Quando a chamada é estabelecida a imagem é igualmente transmitida para o grande ecrã do auditório e provocou, como habitual, grande entusiasmo junto dos presentes.

Apple TV segunda geração

Uma versão bastante melhorada, com superior desempenho e com uma caixa mais pequena, este design segue ainda hoje praticamente o mesmo.

MacBook Air segunda geração

Depois de no ano anterior ter sido apresentado, naquele momento único em que Steve Jobs tira o MacBook Air de dentro de envelope, eis que em 2010 surge a segunda geração do MacBook Air, a partir daí também em 11 polegadas, para além do modelo de 13 polegadas.

2011

iTunes Match

Aquele que viria a ser o último “One more thing” de Steve Jobs, revelou-se os primórdios do Apple Music. O conceito era guardar as nossas bibliotecas de música na cloud para poderem ser ouvidas em qualquer dispositivo, em qualquer lugar.

2014

Apple Watch

Foi marcante porque foi o primeiro “One more thing” na era pós Steve Jobs, foi o primeiro momento deste tipo de Tim Cook e foi também o primeiro vislumbre do Apple Watch, smartwatch que se viria a revelar sucesso de vendas, líder mundial aos dias de hoje.

2015

Apple Music

O serviço de streaming de música da gigante de Cupertino tornou-se uma realidade, não trouxe muito de novo em relação a outros serviços do género que já existiam, porém, mais do que uma novidade, marcou um primeiro passo para cimentar a continuidade da aposta nos serviços por subscrição.

2017

iPhone X

Foi o terceiro e até esta data o último “One more thing” de Tim Cook, o iPhone X veio redefinir a orientação do design da Apple para os anos seguintes, trouxe acima de tudo um novo aproveitamento da área frontal do equipamento, bem como o Face ID como autenticação biométrica.

Foram estes, até ao dia em que vos escrevo estas linhas, todos os grandiosos momentos apelidados por todos de “ONE MORE THING”.
Aguardamos ansiosamente pelo próximo, até lá vamos sonhando com os Apple Glass, entre outras possíveis inovações.