Está na hora da Apple atualizar estes 5 produtos

A Apple não tem um calendário de lançamentos bem definido para toda a gama...
Escrito por Pedro Alves e
4 mins de leitura
Está na hora da Apple atualizar estes 5 produtos
Publicidade
Publicidade

Há alguns anos que o mês de setembro é sinónimo de uma coisa: o lançamento de novos iPhones. Os amantes do mundo da tecnologia têm isto como certo, logo é fácil de escolher a melhor altura para comprar um smartphone da maçã, dada a ausência de surpresas.

No entanto, nem toda a gama da Apple segue uma regra tão "tradicional" como os iPhones, conforme podem comprovar no nosso Guia de Compras... Há vários equipamentos que a gigante de Cupertino tem no seu portfólio há mais de 18 meses, e que carecem de um update com alguma urgência, visto existir atualmente hardware mais capaz do que o empregue no fabrico dos mesmos.

Como tal, selecionamos cinco produtos cuja manutenção em gama da forma como estão torna-se, a cada dia, mais difícil de justificar. A lista seguinte está ordenada do equipamento mais recente para o mais antigo (vendido há mais tempo).

iMac

Lançado em Abril de 2021, o iMac de 24" faz parte do primeiro lote de computadores a usar o chip M1. Enquanto que o MacBook Pro de 13" e o MacBook Air (ambos da mesma altura) já foram atualizados com o mais recente processador M2 (tendo o Air recebido inclusivé um novo design) o iMac ficou parado no tempo, por dentro e por fora... Atualmente, até o iPad Pro já conta com o M2.

Yellow Apple iMac 24" on a desk in home office with a house plant, leopard pen organiser and Frankie Magazine.

Há fontes que referem que o iMac vai saltar uma geração de chips e passar diretamente para a adoção do futuro M3. A ser verdade, ainda teremos de aguardar alguns meses até vermos este fantástico all-in-one ser alvo de uma merecida atualização.

AirPods Max

Dezembro de 2020 viu nascer este produto totalmente novo, sem nenhum antecessor. O problema é que, até hoje, também não lhe conhecemos qualquer sucessor...

Airpods max ready to listen music

Os AirPods Max ainda contam com o chip H1, enquanto o H2 já está cá fora e a ser usado nos AirPods Pro de segunda geração. A adoção do chip mais recente garantiria aos AirPods Max um melhor cancelamento ativo de ruído, modo de transparência adaptativo, ligação bluetooth 5.3, entre outras melhorias. Infelizmente, uma atualização deste género ainda não tem data definida para ver a luz do dia...

Mac mini com M1

Mais uma máquina que faz parte da linhagem inaugural do chip M1: o Mac mini. Neste caso específico, novembro de 2020 foi o mês escolhido para o mais pequeno computador da Apple chegar ao mercado.

Certamente que a alteração para M2 não exigiria praticamente nenhuma reestruturação interna (conforme se viu no MacBook Pro de 13"), mas mesmo assim a Apple optou por não o fazer até aos dias de hoje. Aguardemos para ver se 2023 será um ano de mudança para o Mac Mini, por dentro e por fora.

Mac Pro

O Mac Pro está perto de conquistar um feito extraordinário: o terceiro aniversário de lançamento, sem qualquer alteração até à data. Foi em dezembro de 2019 que o mundo viu chegar este polémico computador, destinado ao segmento profissional.

É o único computador da Apple sem qualquer opção de processador Apple Silicon, sendo baseado ainda inteiramente em chips Intel. O lançamento de um novo modelo foi referenciado ao de leve no evento de lançamento do Mac Studio, mas desde então reina o silêncio... Apesar de tudo, ainda desejamos ver um dia um Mac Pro que mantenha, principalmente, a possibilidade de upgrade por parte do utilizador.

Mac mini com Intel

Se o Mac Pro já acusa o peso da idade, o Mac mini com chips Intel está praticamente a virar fóssil: anda por cá desde outubro de 2018! Honestamente, é díficil justificar a compra deste produto, e muito mais pensar num motivo para a Apple o manter ainda em gama.

Por fora é praticamente indistinguível do seu irmão com M1, mas por dentro a conversa já é outra. A única razão que nos ocorre para alguém ponderar a compra deste Mac mini é a necessidade de instalar Windows no mesmo. No entanto, com os 1359€ pedidos pela Apple por este dinossauro, há centenas de opções melhores para se usar o sistema operativo da Microsoft.


A Apple procura dotar os seus equipamentos de uma longevidade sem igual, no entanto há algumas escolhas difíceis de justificar... Esta lista é reflexo disso. Há algum produto que achem que deveria estar aqui presente? Se sim, digam-nos qual!

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo