iPad dobrável? A Samsung está confiante que vai acontecer

A Samsung está confiante que em 2024 a Apple entrará no mercado dos dobráveis, mas não será um iPhone.
Escrito por Nuno Rocha e
2 mins de leitura
iPad dobrável? A Samsung está confiante que vai acontecer
Publicidade
Publicidade

Desde que começaram a aparecer no mercado os primeiros dispositivos Android dobráveis, rumores acerca de um iPhone também ele dobrável sempre foram uma constante. Mas a verdade é que, já várias gerações de dobráveis Android estão no mercado e até agora, a Apple ainda não se atreveu a colocar algo do género no mercado. A Samsung, que lidera o segmento dos dobráveis, já vai na 4ª geração, com o Z Flip4 e o Z Fold4 e outras fabricantes Android também já apresentaram e lançaram dobráveis em mercados específicos.

Embora uma enxurrada de rumores dê como certo um iPhone dobrável a curto, médio prazo, a realidade pode ser bem diferente, e, ao invés dum iPhone dobrável, como esperado, a Apple poderá colocar no mercado um iPad dobrável. Quem avança com essa possibilidade é a Samsung, sugerindo que o primeiro dispositivo da Apple não será um smartphone, mas sim um tablet dobrável e que chegará até 2024.

O The Elec avança que a divisão mobile da Samsung teve uma reunião com fornecedores para discutirem o mercado de smarphones. Entre os assuntos discutidos, os representantes da tecnológica sul-coreana informaram os fornecedores que esperam que a Apple anuncie o seu primeiro dispositivo dobrável em dois anos. Como supracitado, de acordo com a Samsung, o primeiro dispositivo dobrável da Apple não será um smartphone, mas sim um tablet ou até mesmo um laptop dobrável.

Há cerca de um mês, a CCS Insight, empresa britânica analista de mercado, publicou um relatório onde afirmou que lançar um iPhone dobrável neste momento seria muito arriscado, e que faria mais sentido para a Apple estrear essa tecnologia num iPad. Não se sabe quais os valores dum produto com essas especificações, mas os mesmos analistas acreditam que um dispositivo dobrável da Apple poderá chegar às lojas com um preço a rondar os 2500 dólares.

Outro detalhe que foi discutido nessa reunião, mas com os investidores, foi acerca do crescimento de smartphones dobráveis. A Samsung está na expectativa que esse mercado cresça 80% até 2025. Além disso, a tecnológica sul-coreana está confiante que 90% dos utilizadores atuais de dobráveis, deverão comprar outro dispositivo dobrável no futuro.

0:00
/

Embora em percentagens absolutas esses valores sejam excelentes expectativas, há que ter em conta que os cerca de 10 milhões de smarphones dobráveis que foram expedidos em 2021 correspondem a um número muito pequeno quando comparado com o mercado global de smartphones. Ainda assim, o crescimento deste segmento cresceu mais de 300% em relação a 2022, com a Samsung a dominar o mercado dos dobráveis com mais de 70% com os seus Galaxy Z Fold e Galaxy Z Flip.

São números que tendem a subir é um facto, mas a realidade é que os dobráveis atuais ainda não estão num ponto de maturidade suficientemente bom para que qualquer fabricante de smartphones aposte fortemente nesse segmento. Não é de admirar que a Apple tenha uma abordagem mais cuidadosa no que toca ao lançamento de um iPhone dobrável. Além do número elevado de dispositivos que a Apple expede todos os anos, uma aposta neste segmento em particular, traria alguns problemas de fornecimento, tendo em conta que é uma tecnologia cara e limitada.

E tu, achas que a Apple introduzirá um tablet dobrável até 2024? Fica atento às novidades do universo Apple aqui no iFeed.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo