Notícias

Apple confirma sobreaquecimento do iPhone 15 Pro e trabalha em correção

O MacBook Air M1 ainda vale a pena em 2023?

O MacBook Air M1 ainda vale a pena em 2023?

PUB

lyca lyca

A Apple lançou o MacBook Air com processador M1 em novembro de 2020. Não obstante terem passado praticamente dois anos, e terem sido colocadas entretanto no mercado as versões com o SoC M2, será que este "velhinho" ainda vale a pena em 2023?

Apple MacBook Air M1 em 2023

Se fores ao KuantoKusta, consegues encontrar um MacBook Air M1 a preço de saldo, por uns incríveis €899. Apesar do preço ser muito tentador, presta atenção nas suas vantagens e desvantagens que apresento abaixo.

MacBook Air M1 com design em cunha em cima de uma mesa
Fonte: Apple

Vantagens do Apple MacBook Air M1

  • É atualmente o modelo de computador portátil mais económico da Apple
  • O processador M1 é ainda bastante capaz
  • Duas portas Thunderbolt/USB 4
  • Tens acesso ao Touch ID
  • Um ecrã Retina de elevadíssima resolução
  • Computador sem ventoinha para ambientes silenciosos
  • Autonomia para todo o dia

Desvantagens do Apple MacBook Air M1

  • O design é já um bocado antigo - é o mesmo desde 2018
  • No seguimento do ponto anterior, o ecrã tem umas molduras maiores comparadas ao modelo M2 (já com notch)
  • O processador não é dos mais recentes
  • O ecrã suporta menos luminosidade que o modelo M2
  • A câmara FaceTime é de baixa resolução, sendo as dos M2 de 1080p
  • Só tem duas colunas, tendo os M2 já um sistema de quatro
Closeup de um MacBook Air
Fonte: Unsplash (Cedrik Wesche)

Será, então, que o Apple MacBook Air M1 ainda vale a pena em 2023?

Por este preço é muito dificil dizer que o MacBook Air M1 não vale a pena. Estamos perante uma diferença de 450€ entre o Air M1 e o novo Air M2!

Apesar de haverem efetivas diferenças entre eles, tens que pensar muito bem sobre o tipo de utilização que queres dar ao portátil. Se me concentrar só no processador, a Apple afirma que o mais recente M2 é 1,4 vezes mais rápido que o M1, mas a realidade é que o primeiro ainda se pode considerar ainda uma "besta" de processador!

Para compreenderes as principais diferenças entre o SoC M1 e M2, clica neste link, que te remete para um artigo que escrevi, justamente sobre os processadores.

Aproveita e consulta igualmente as especificações completas da própria Apple sobre o MacBook Air M1 e o MacBook Air M2.

Concluíndo: na sociedade de hoje em dia, a obsolescência está na ordem do dia. Investir num computador que já tem três anos pode ser sinónimo de praticamente atirar dinheiro para o lixo. Contudo, estamos a falar de um Mac portátil pós-Intel por cerca de 900€.

Volto a reforçar que o tipo de coisas que queres e precisas de fazer é determinante para a decisão de avançar ou não para a compra. Se precisas de um computador para processamento de texto, mexer em folhas de cálculo, consultar páginas na Internet e ver uns filmes e séries, o M1 dá para isso e muito mais!

Agora, se precisas de editar vídeo, lidar com ficheiros pesados que requerem muito poder de processamento... aí talvez já valha a pena investires numa máquina cuja depreciação começou a contar há menos tempo, e não há praticamente três anos.


PUB

lyca lyca

📬 Inscreve-te na nossa newsletter

Recebe os nossos artigos mais relevantes diretamente no teu email.

Inscrever
📬 Inscreve-te na nossa newsletter

Ótimo! Inscreveste-te com sucesso.

Bem-vindo de volta! Fizeste login com sucesso.

Inscreveste-te com sucesso no iFeed.

Sucesso! Verifica o teu email para obter o link mágico de login.

Sucesso! As tuas informações de cobrança foram atualizadas.

A tua cobrança não foi atualizada.