Num evento que serviu para apresentar os primeiros Macs com o Apple Silicon, a empresa da Maçã revelou a primeira linha de produtos com esta tecnologia.

MacBook Air

O MacBook Air de 13 polegadas foi atualizado e continua a ser um portátil leve, mas com uma excelente performance. As velocidades aumentam e a capacidade de performance de gráficos é 5x superior.

A nível de edição, há também novidades. Já é possível editar vários vídeos em 4K ao mesmo tempo, mantendo uma performance elevada. Aliás, este modelo é três vezes mais rápido do que o melhor portátil com Windows e do que o anterior produto desta gama.

A CPU é também mais rápida e os discos SSDS também ficam com uma melhor performance. O MacBook Air é completamente silencioso, independentemente da tarefa.

A bateria é outro dos aspetos com melhorias, sendo capaz de aguentar até 18 horas de uso, com 15 horas de pesquisas na internet e com uma capacidade reforçada para  aguentar em videochamadas. A qualidade da imagem também melhora, e vais poder ver imagens mais vibrantes e claras.

O Touch ID completa este produto e é uma boa ajuda para as compras online, feitas através do Apple Pay. Para terminar, uma boa notícia: o preço mantém-se e em Portugal começará nos 1159 euros.

Podes começar a preparar a carteira porque todos os três modelos já estão disponíveis para pré-venda e começam a ficar disponíveis na próxima semana. Já o macOS Big Sur fica disponível esta quinta-feira, dia 12 de outubro.

Mac Mini

Para além do MacBook Air, a Apple trouxe o seu M1 para o desktop de entrada: o Mac mini.

A Apple afirmou que os seus utilizadores amam este modelo do Mac pela sua versatilidade podendo ser utilizado em qualquer tipo de ambiente e para qualquer finalidade.

Com o novo M1, o Mac mini fica 3 vezes mais rápido do que o modelo quad core que o antecedeu. Com este novo processador da Apple o Mac mini terá mais desempenho do que nunca.

Os gráficos também sofreram um boost passando a ser 6 vezes mais rápidos que o Mac mini anterior.

A gigante de Maçã não parou de gabar o seu novo desktop mini, garantindo que é 5 vezes mais rápido do que o PC mais vendido na sua categoria. Além de mais rápido, tem tamanho 10 vezes menor que o PC em comparação.

Sendo um desktop, a Apple incorporou um cooler permitindo levar o M1 ao seu máximo mantendo-o sempre em temperaturas ótimas para o seu funcionamento. Este deverá, certamente, ser mais potente que o MacBook Air.

As melhorias não ficaram pelo processador e desempenho, o Mac mini trará novas entradas. Thunderbolt e USB4 estarão presentes neste novo modelo do desktop de entrada da empresa de Tim Cook.

No que toca aos preços, temos uma surpresa! O Mac mini irá começar em 819€, mais barato do que o modelo base atual.

MacBook Pro de 13’’

O Mac mais vendido do mundo, está agora ainda melhor graças ao novo chip M1, o primeiro processador Apple Silicon.

Ao nível do design não houve novidades, contudo o que realmente se destaca são todos os benefícios resultantes da integração do novo chip M1.

Assim, este novo processador leva até ao MacBook Pro 13”, 8 core CPU e também 8 core GPU o que segundo a Apple se vai traduzir em 3 vezes mais velocidade que os portáteis Windows mais vendidos.

A eficiência energética também foi um dos pontos visados fazendo assim com que o novo MacBook Pro de 13” tenha uma duração de bateria até 20 horas.

Esta duração é também devida ao novo sistema de refrigeração chamado Active cooling system.

O microfone foi também revisto e agora tem qualidade de estúdio nesta nova máquina.

Com efeito, o MacBook Pro 13” está já disponível para encomenda a partir de 1479 euros. As entregas estão previstas para a próxima semana, ou seja, a partir de 17 de novembro.