• Home
  • Dicas
  • O iPhone 12 ainda vale a pena em 2024?
O iPhone 12 ainda vale a pena em 2024?
Pedro Alves

O iPhone 12 ainda vale a pena em 2024?

O iPhone 12 é um modelo que, no passado ano de 2020, inaugurou uma nova linguagem de design que é seguida até hoje por todos os seus sucessores. Quatro anos após o seu lançamento no mercado, este equipamento já não é fabricado pela Apple, sendo, um dos iPhones mais baratos com Face ID que ainda podemos comprar. É certo que existe o iPhone SE, mas as suas características colocam-no noutro patamar, ausente de qualquer comparação.

Temos de começar por mencionar que o iPhone 12 está a envelhecer muito bem, muito graças a um conjunto de mudanças e características que viu serem-lhe atribuídas. Este modelo faz parte da primeira linhagem de iPhones com 5G, o que o torna à prova de futuro; foi também um dos percursores do MagSafe, que tão cedo não deixará de existir nos smartphones da maçã; e o seu design, já mencionado, coloca-o ao lado de iPhones mais atuais, passando assim a sua idade despercebida.

O iPhone 12 conta com os préstimos do potentíssimo chip A14 Bionic, que o torna capaz de correr, agora e no futuro, qualquer tarefa, aplicação ou jogo, sem o mínimo atraso, mantendo quotas de desempenho elevadíssimas. Importa referir que este chip de 2020 bateu o Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1, lançado em 2021, e o Google Tensor G2, de 2022. Palavras para quê?

Quem compra um smartphone que já não faz parte do último grito preocupa-se, e com razão, com a sua longevidade, principalmente no que a atualizações de software diz respeito. Ora, neste apartado, não há motivo para preocupações: a Apple é sobejamente conhecida por providenciar atualizações por vários anos aos seus equipamentos. Nesse sentido, é expectável que o iPhone 12 ainda receba, na pior das hipóteses, o iOS 19 e todas as suas variações. Como contexto, é bom saber que ainda vamos no iOS 17... portanto, menos uma preocupação, certo?

O conjunto de dupla câmara de 12 MP que está montado neste modelo é ainda bastante capaz, e não vai desiludir na hora de capturar qualquer tipo de recordação. O modo noturno está presente, assim como estabilização ótica, e filmagem a 4K 60 fps. O iPhone 12 é o único modelo de "entrada" de gama a trazer um display OLED, neste caso de 6,1", cortando assim com o conceito de implementação de LCDs neste tipo de produtos, que a Apple vinha levando a cabo com o XR e o 11.

Apesar de já não ser vendido pela Apple em estado novo, há quem opte por poupar algum dinheiro e comprar o iPhone 12 usado ou recondicionado. Se for este o teu caso, aconselhamos a que verifiques sempre primeiro o estado físico exterior, o nível de saúde da bateria, a originalidade dos componentes, a prova de compra e a garantia que te possa ser atribuída. E, já que falamos em equipamentos em segunda mão, importa referir que, dentro da gama 12 e também ausente das prateleiras da Apple, tens ainda os iPhones 12 mini, 12 Pro e 12 Pro Max.

iPhone 12 Pro Max vs iPhone 12 Pro vs iPhone 12 Mini

Comparando rapidamente, o 12 mini não é mais do que um 12 em tamanho pequeno, consequentemente com menor ecrã (5,4") e menor bateria; o 12 Pro mantém as dimensões do 12, mas o ecrã é ligeiramente mais brilhante, é mais robusto em termos de construção e conta com câmara de zoom; o 12 Pro Max é, basicamente, um 12 Pro maior, com 6,7" e melhor autonomia, mas o seu peso extra faz-se sentir.

Respondendo então à questão do título: sim, sem dúvida que o iPhone 12 ainda vale a pena em 2024! Se a tua opção recair apenas na compra de novo, a escolha só pode ser o 12 "normal"; se consideras que um usado ou recondicionado são opções válidas, tens ainda os 12 mini, 12 Pro e 12 Pro Max como opções. Independentemente da tua escolha, vais acabar muito bem servido, isso é garantido.

Pedro Alves profile image Pedro Alves
Publicado a
Dicas