Aquela que foi a sétima geração do iPod nano passa agora para a lista Vintage de produtos Apple, e é assim o adeus a um modelo que marcou gerações.

O iPod nano foi inicialmente lançado em 2005, e era à data o iPod mais pequeno que dispunha de ecrã, ainda para mais a cores. Marcou também por ser equipado com memória flash em vez do tradicional disco rígido.

Por sua vez, a sétima geração que agora passa a produto Vintage, era já um dispositivo maior com o ecrã a ocupar quase toda a parte frontal, área que dividia com o botão Home.
Foi lançado em 2012 e sofreu uma atualização ao nível das cores em 2015. Dois anos volvidos foi excluído do alinhamento oficial de produtos Apple.

Ao longo dos anos as diversas gerações foram também usadas como "cobaias" para outros equipamentos. No iPod nano foram testadas câmaras, materiais da construção da estrutura e ainda os diferentes acabamentos exteriores.

Por fim, esta adição à lista de produtos Vintage significa que estes equipamentos ainda são elegíveis para reparações e manutenção nas lojas Apple e Centros de Assistência Autorizados, mas apenas se as peças necessárias ainda existirem em stock. Permanecerá assim durante dois anos, quando lhe será dada a machadada final, passando para a lista dos obsoletos e aí sim não haverá lugar a qualquer tipo de assistência oficial.