VPN Kill Switch: Qual devo escolher?

Nem todas as VPNs disponíveis no mercado contam com esta funcionalidade, mas serviços de referência como a NordVPN disponibilizam um Kill Switch automático a todos os utilizadores.
Escrito por Redação iFeed e
4 mins de leitura
VPN Kill Switch: Qual devo escolher?
Publicidade
Publicidade

A VPN Kill Switch é uma funcionalidade presente em alguns serviços de VPN que funciona como uma camada de proteção de privacidade adicional. Um Kill Switch automático trata-se de uma defesa de última instância face a potenciais ataques informáticos e evita que os teus dados sejam publicados online mesmo que o teu dispositivo estabeleça ligações desprotegidas.

Nem todas as VPNs disponíveis no mercado contam com esta funcionalidade, mas serviços de referência como a NordVPN disponibilizam um Kill Switch automático a todos os utilizadores.

Existem dois tipos de VPN Kill Switch, e é importante perceber qual é a diferença entre ambos para fazer uma escolha informada. Mas antes de os ficarmos a conhecer, é importante compreendermos como funciona esta tecnologia em concreto.

Como funciona uma VPN Kill Switch?

pastedGraphic.png

Essencialmente, uma VPN Kill Switch é uma ferramenta de monitorização que vigia a tua atividade online. Após detetar qualquer tipo de irregularidade, o Kill Switch automático bloqueia o acesso dos teus dispositivos à Internet. O bloqueio acontece caso se verifique algum tipo de interferência no estatuto do teu IP ou na atividade da VPN. Assim que o problema detetado pelo Kill Switch estiver resolvido, a tua conexão é restabelecida. Deste modo, a tua privacidade online não é comprometida mesmo em caso de ataque informático.

Existem várias ocorrências que podem ativar uma VPN Kill Switch, e algumas podem ser acidentais. O Kill Switch automático ficará ativo caso:

  • Se verifiquem problemas de conexão à Internet.
  • Estejas a utilizar uma rede Wi-Fi pouco segura (como uma rede Wi-Fi pública pouco confiável).
  • Instales um novo Firewall no teu dispositivo e não adiciones uma exceção à tua VPN.
  • O teu dispositivo seja reiniciado sem que a VPN seja automaticamente aberta.

Basicamente, a tecnologia VPN Kill Switch deteta sempre que a tua VPN se encontra inoperacional. Como esta não se encontra ativamente a proteger a tua identidade online, o Kill Switch automático funciona como uma defesa de última linha e previne problemas de segurança que possam ocorrer neste período.

Os dois tipos de VPN Kill Switch

Existem dois tipos de VPN Kill Switch. Um é mais seguro, e o outro mais conveniente. Saber qual escolher depende apenas das tuas necessidades e da maneira como utilizas os teus dispositivos no dia a dia. Os dois tipos de VPN Kill Switch abrangem ou todo o sistema, ou apenas aplicações específicas.

Kill Switch automático para todo o sistema

A opção mais segura, o Kill Switch automático para todo o sistema mantém o escudo Kill Switch ativo em todas as instâncias, independentemente da função que estejas a efetuar no teu dispositivo. A desvantagem de escolher esta opção é que é possível que o Kill Switch seja ativado acidentalmente e bloqueie a tua conexão à Internet por completo, mesmo em casos onde a segurança pode não estar comprometida.

Kill Switch automático para aplicações específicas

Esta segunda opção não é tão segura, mas permite estares no controlo da tua segurança. Com o Kill Switch automático para aplicações específicas, tens a possibilidade de apenas ativar a funcionalidade em determinadas aplicações (como, por exemplo, o navegador de Internet ou aplicações de correio eletrónico). A desvantagem é que, como nem todas as aplicações estarão protegidas, existe sempre uma pequena margem para eventuais quebras de privacidade.

Os benefícios da VPN Kill Switch

Num momento em que a cibersegurança assume um papel mais importante do que nunca, todos os internautas devem contar com uma VPN de confiança. Mas para algumas pessoas, a segurança oferecida por uma VPN pode mesmo ser um caso de vida ou de morte. Um jornalista a trabalhar em investigações sensíveis num país não democrático ou um juiz que transfira documentos altamente sensíveis online, por exemplo, não podem arriscar ter a sua privacidade comprometida.

Se este é o teu caso, ou se desejas apenas preservar a privacidade do teu IP a qualquer custo, uma VPN Kill Switch é a funcionalidade perfeita. O teu objetivo é o de garantir que, mesmo que a conexão à VPN seja interrompida por algum motivo, o teu dispositivo continue a estar protegido. Uma VPN Kill Switch evita que o teu IP e dados sensíveis sejam intercetados mesmo em momentos de crise, garantindo que o teu dispositivo nunca se encontra exposto.

Como utilizar a VPN Kill Switch da NordVPN

pastedGraphic_1.png

Se queres contar com a segurança extra da VPN Kill Switch, a NordVPN disponibiliza esta funcionalidade. Para ativares o Kill Switch automático da NordVPN, basta fazeres o seguinte:

  • Visita o site da NordVPN e descarrega a aplicação.
  • Instala a aplicação NordVPN e faz log-in na tua conta.
  • Em 'Settings,' seleciona 'Kill Switch' e certifica-te que a funcionalidade se encontra ativa.
  • Para utilizares a funcionalidade VPN Kill Switch apenas em algumas aplicações, desativa a funcionalidade no mesmo menu.
  • Ao desativares a funcionalidade, a NordVPN dá-te a possibilidade de escolheres—uma a uma—que aplicações serão desligadas pela VPN Kill Switch em caso de rutura de conexão.
  • Seleciona as aplicações mais convenientes e escolhe 'Add Selected' para finalizares o processo.
Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo