Os AirPods revolucionaram a forma como ouvimos música. Criaram uma nova gama de produtos que, até então, não existia. Despertou o interesse dos utilizadores por acessórios sem fios. Os AirPods Pro são os filhos crescidos dos AirPods, com todas as suas funcionalidades aprimoradas.

Lançados em outubro de 2019, os AirPods Pro trouxeram-nos as funcionalidades que tinham ficado em falta nos originais AirPods: o cancelamento ativo de ruído e um design mais confortável e seguro com pontas de borracha ajustáveis.

Agora, um ano depois, revisitamos os AirPods Pro e falamos sobre tudo o que têm de bom e mau depois de um ano de utilização e experiência. Interessado? Segue comigo!

AirPods Pro e iPhone 11 Pro

Um design controverso

Apesar de, à primeira vista, o design dos auscultadores Pro da gigante de Cupertino, terem aspeto de serem confortáveis e práticos, na verdade, a coisa poderá não ser bem assim.

De facto, não tenho queixa nenhuma de utilização de quando os tenho colodados nas orelhas. Posso trabalhar sentado durante horas, aspirar a casa, dar uma corrida numa manhã de domingo ou, até, deitar-me um pouco na cama a ouvir um podcast como, por exemplo, o iFeed Talks (que, se ainda não conheces, recomendo que passes a conhecer!).

No entanto, depois de um ano, foram várias as ocasiões em que os Pods quase me caíram quando os tentava colocar na caixa. Isto deveu-se sobretudo graças ao seu formato que não ajuda nada na hora de os guardar novamente para carregar.

Por sua vez, o design da caixa de carregamento (utilizada também para guardar os AirPods), é simples e bonita mas muito escorregadia. Apesar de simplista, é um pouco volumosa, algo que a deixa bem visível se a transportares nos bolsos das calças, sobretudo se utilizares algum tipo de capa para proteção extra.

Caixa dos AirPods Pro volumosa quando transportada no bolso das calças
Caixa dos AirPods Pro volumosa quando transportada no bolso das calças

Nesse sentido, os auscultadores chegaram mesmo a cair por, pelo menos, duas vezes! Das duas vezes não era eu que os estava a utilizar, no entanto, continua a ser válida. Numa outra vez, foi a caixa de carregamento que caiu e deu tantos saltos que mais parecia uma bola de ping-pong!

As quedas levam-me a outro assunto, também meio relacionado com o design: a durabilidade e resistência.

Pois é, como deves imaginar, quando vi a caixa a cair, parou-me o coração por uns segundos. Mas, de facto, fiquei surpreendido quando a apanhei e reparei que mal tinha ficada com marcas. Realmente, a qualidade dos materiais que a Apple utilizou na construção dos AirPods é excelente e leva a uma durabilidade incrível a quedas.

Qualidade de Som

O que avalia se uns auscultadores são bons ou maus é, sobretudo, a sua qualidade de som. Nesse campo, tenho a admitir que os AirPods Pro não desiludiram. O produto faz jus ao seu nome "Pro" e entrega um áudio de excelente qualidade num balanço incrível entre os graves e os agudos.

AirPods Pro e iPhone 11 Pro

Em tópico de som não posso deixar de mencionar os controlos de ruído incorporados nestes auscultadores: o Cancelamento Ativo de Ruído e o modo Transparência. Estas são, sem dúvida, as duas funcionalidades chave deste produto e o que os distingue da versão normal dos AirPods e mesmo de grande parte da concorrência.

Em uso normal, mantenho-me sempre entre o modo de Cancelamento de ruído e o modo de Transparência, podendo até afirmar que só os devo ter utilizado uma única vez sem qualquer controlo de ruído ativo.

Cancelamento Ativo de Ruído

Para mim, esta funcionalidade era, até ao lançamento do áudio espacial, o grande destaque deste produto. Já deu muito que falar devido a problemas de firmware que a empresa de Tim Cook lançou durante os últimos meses e que acabaram por piorar esta funcionalidade para a grande maioria dos utilizadores. No meu caso, pouco senti o efeito do firmware nos meus AirPods, no entanto, admito que houve variações na qualidade do cancelamento de ruído produzido pelos mesmos.

De qualquer forma, a funcionalidade é incrível para um produto desta dimensão e garante que a experiência de utilização é única em cada momento. O cancelamento ativo de ruído consegue garantir que a maior parte dos sons exteriores ficam completamente abafados ou então são mesmo retirados por completo.

Modo Transparência

Quando vou na rua a ouvir música ou um podcast, o modo de cancelamento de ruído vai, por norma, ativo. No entanto, a Transparência é extremamente útil quando entro em algum estabelecimento e quero ouvir as pessoas sem ter a maçada de tirar os Pods só para um rápido "Bom dia".

Problemas que nunca mais são resolvidos

Apesar da minha paixão por este produto, nem tudo tem sido perfeito. A queixa principal é sobre o cancelamento ativo de ruído que, por vezes, teima em ativar-se automaticamente num único Pod. Normalmente é o esquerdo o pobre coitado que sofre este problema. Outras vezes até acontece ao contrário, tendo eu o cancelamento de ruído ativado e um deles lembra-se de me ativar o modo Transparência. Poderia dizer que eram inteligentes ao ponto de saber quando estou a precisar de ouvir o ambiente à minha volta, mas não creio que seja o caso.

Áudio espacial

Ilustração do áudio espacial nos AirPods Pro

Esta funcionalidade está acabada de sair do forno. Com apenas algumas semanas de uso, é dos recursos que mais me impressionou desde que tenho os AirPods Pro. É, sem dúvida, uma experiência incrível ver um filme onde o som segue o movimento da tua cabeça. De desapontar é o facto de serem poucas as aplicações que fazem uso desse recurso. Até ao momento só experimentei com a app da Apple TV, a ver um filme da Apple TV+.

A Siri e os controlos de toque

A Siri, tal como no iPhone ou em qualquer outro dispositivo Apple, tem as suas limitações. Nos AirPods posso chamá-la quando bem me apetecer e ela, normalmente, responde-me com um "uh-uh?", deveras engraçado. Ela quer a todo o custo ler as minhas mensagens e tentar responder-lhes, no entanto, enquanto não aprender a falar Português de Portugal, insisto que permaneça calada e quieta.

Já os controlos de toque têm bem mais utilizade do que a assistente pessoal da tecnológica de Cupertino. Práticos para quando, mais uma vez, se entra num estabelecimento qualquer e não se quer tirar os AirPods, ou quando alguém nos chama e mal os conseguimos ouvir. Pôr a reprodução em pausa/play, alternar entre os modos de ruído e, até, chamar a tão competente assistente pessoal.

O que está em falta é poder controlar o volume. No meu caso, como tenho um Apple Watch, acabo por ter a vida facilitada mas, quem não tenha, acredito ser uma funcionalidade bem-vinda numa futura versão.

Bateria

O tema da bateria será curto e rápido uma vez que estou completamente satisfeito neste campo. Não sou um utilizador intensivo deste produto pelo que a bateria da própria caixa acaba por me durar algum tempo. Mas, de facto, tenho que me queixar do som de bateria fraca, que já me deu um ou dois ataques ao coração!

Brincadeiras à parte, este é um campo em que os AirPods brilham, sobretudo se tivermos em conta a quantidade de tecnologia que está dentro de um produto tão pequeno.

Outros apontamentos

Carregamento sem fios

Não é uma funcionalidade exclusiva da versão Pro mas vale a pena mencionar a utilidade deste recurso. Antes de adquirir os meus AirPods Pro e, aliás, antes deles serem sequer apresentados, eu ponderava comprar a segunda geração. Na altura mantinha-se a dúvida se comprar com wireless charging seria ou não uma boa opção.

Ora, agora é um grande SIM! Só devo ter utilizado o cabo, sem exagerar, uma ou duas vezes. Uma delas porque não estava em casa e não tinha um carregador sem fios, e outra porque todos os que tenho em casa estava ocupados.

É, sem dúvida, um bom recurso. De apontar apenas que, mesmo depois de atingir os 100% de carga, a caixa dos AirPods continua quente, como se continuasse a carregar. Normalmente isso não acontece com o meu iPhone mas também não sei se é normal ou defeito.

Integração com sistemas Apple

Controlos dos AirPods no iPhone 11 Pro

Mais um campo onde este produto brilha é na integração entre os diversos produtos da Apple. Integração esta que a empresa da Maçã acabou de elevar a outro nível, com a nova atualização se firmware que saiu juntamente com o iOS/iPadOs 14.

Com a versão 3A283, os AirPods passam a fazer uma transição mais rápida e prática entre os diversos dispositivos. O que quer isto dizer? Vou explicar-te com um exemplo:

Estás com os AirPods ligados ao teu iPhone e estás a ouvir uma música, no entanto, chegas a casa e apetece-te ver uma série no teu iPad. Deitas-te na cama (ainda com a música ligada no teu iPhone), abres a aplicação de vídeo, pões a música em pausa no teu iPhone e, como por magia, o som do iPad começa, imediatamente, a ouvir-se nos AirPods. Entretanto, recebes uma vídeo chamada no teu Mac e... já estás bem a ver o que vai acontecer.

Prometo que esta é daquelas funcionalidades que, depois de usar, não consegues deixar. É, de facto, demasiado prático e conveniente que uma pessoa só repara verdadeiramente no quão útil é, quando a utiliza.

Proteção para todos os gostos

Exemplo de capa protetora dos AirPods Pro

Quando compramos um produto de valor elevado, e do qual gostamos e temos certa estima, é normal que o queiramos proteger, certo? Como já estamos habituados, produtos da Apple costumam ter, geralmente, uma diversidade grande de acessórios e, os AirPods Pro não são excepção. Podes encontrar diversas capas de proteção online, numa vasta gama de preços, e em diversos modelos para agradar a todos os gostos.

Conclusões?

Posso dizer que, ao fim de um ano, não estou nadinha arrependido de ter adquirido este produto. Os AirPods Pro permitiram livrar-me dos cabos que andavam sempre atrás de mim nas viagens de transportes públicos. Fizeram os meus passeios na rua mais agradáveis e menos incomodativos, uma vez que removem grande parte do ruído ambiente. Tornaram-me mais produtivo, com a integração simples e prática entre os diversos sistemas, fazendo com que tenha deixado de me preocupar em ligá-los de cada vez que troco de dispositivo.

Por fim, posso afirmar sem qualquer sombra de dúvida que os AirPods Pro foram das melhores compras que fiz em 2019. Portanto, se ficaste interessado, podes encontrar os AirPods Pro na página da iGeeks.