Notícias

App Store Awards: Apple escolhe as melhores Apps e Jogos de 2023

Apple poderá ter planos para uns Vision Pro mais acessíveis, mas como?

Apple Vision Pro vistos de frente.

PUB

lyca lyca

Na WWDC deste ano, a Apple anunciou o headset Vision Pro, um produto revolucionário que, com o investimento exorbitante em pesquisa, desenvolvimento e engenharia, certamente não será uma peça única, dando o mote para progressivos upgrades e versões.

Restam poucas dúvidas sobre um modelo de segunda geração do headset de realidade mista da gigante da maçã, sendo que Mark Gurman, da Bloomberg, indicou até que este já está a ser desenhado, com foco em maneiras de o tornar mais leve e, portanto, mais fácil de usar.

Não tão certos são os planos da fabricante americana para um modelo mais acessível dos Vision Pro, ou simplesmente Vision, já que Gurman, depois de anunciado o headset, indicou que a Apple pretende uma estratégia de dois produtos semelhante aos modelos base e Pro do iPhone.

Em contraste, no final de setembro, o analista Ming-Chi Kuo sugeriu que a Apple havia cancelado os planos para esta versão low-cost e que uma segunda geração dos Vision Pro só chegaria no final de 2027.

Apple Vision Pro: versão low-cost a caminho?

Apple Vision Pro de perfil.

Em teoria, não seria difícil para a gigante de Cupertino fazer um downgrade do seu revolucionário headset, uma vez que a versão anunciada inclui uma quantidade exacerbada de tecnologia de ponta, com a finalidade de demonstrar todas as possibilidades inovadoras do produto. Removendo algumas dessas funcionalidades, seria possível - e até vantajoso para a Apple - uma redução do preço, dado que os 3500$ estão ao alcance de poucos. Não falamos, é claro, de uns Vision de 500$, mas talvez seja possível uma redução para cerca de 2000$.

Vários analistas, incluindo Mark Gurman, têm previsto que um headset mais acessível poderá surgir à custa de menor resolução, menos câmaras e menos sensores, assim como um chip de iPhone, em vez de um da série M. Um outro possível downgrade prende-se com a funcionalidade EyeSight, que permite ao utilizador, através de um ecrã OLED no exterior dos "óculos" de realidade mista, entrar no modo conversa e ter os seus olhos visíveis.

Pessoa a usar os Apple Vision Pro em modo conversa.

Ainda assim, Gurman já afirmou que a Apple poderá não querer retirar esta funcionalidade de uma possível versão mais acessível, na medida em que se trata de um dos pontos fulcrais dos Vision Pro, da mesma forma que os AirPods Pro também têm o modo transparência. Há até relatos de que o EyeSight teve origem numa insistência do ex-chefe de design da Apple, Jony Ive, que pretendia que os utilizadores não ficassem isolados do mundo exterior quando colocassem os Vision Pro.

De acordo com Gurman, a gigante da maçã está planear descer o preço do headset para valores entre os 1500$ e os 2500$ numa versão mais em conta. Todavia, se as estimativas dos analistas se confirmarem e se, de facto, os Vision Pro custarem quase tanto a produzir como o seu preço atual de 3500$, a Apple terá que fazer algumas cedências em relação às funcionalidades e ao hardware.

O que achas desta possibilidade? Fala connosco nos comentários!

Fica a par de todas as novidades da Apple aqui no iFeed:


PUB

lyca lyca

📬 Inscreve-te na nossa newsletter

Recebe os nossos artigos mais relevantes diretamente no teu email.

Inscrever
📬 Inscreve-te na nossa newsletter

Ótimo! Inscreveste-te com sucesso.

Bem-vindo de volta! Fizeste login com sucesso.

Inscreveste-te com sucesso no iFeed.

Sucesso! Verifica o teu email para obter o link mágico de login.

Sucesso! As tuas informações de cobrança foram atualizadas.

A tua cobrança não foi atualizada.