Como utilizar o Rosetta à força nas aplicações compatíveis com Intel e M1

Como utilizar o Rosetta à força nas aplicações compatíveis com Intel e M1

Queres rodar a versão Intel de um aplicação no teu Mac M1 e não sabes como? Aprende a controlar a Rosetta para corresponder à tua utilização.

Joana Cabral
∙ 2 minutos de leitura

Com a mudança de processadores da Intel para o M1 da Apple, muitas aplicações tiveram de sofrer mudanças profundas para poderem continuar a funcionar. De forma a otimizar estas, é fundamental que sejam quase feitas do zero. Tal facto leva tempo, e é daí que surge a necessidade de uma ferramenta que permita utilizar programas e aplicações adaptadas para os Mac Intel nos Mac M1, enquanto a transição não é completamente finalizada. Foi assim que surgiu a Rosetta 2, da Apple.

A ferramenta Rosetta funciona sem dares conta, se tens um Mac com M1. Depois de te aparecer uma notificação da primeira vez que é iniciada, esta não volta a pedir a tua permissão, ficando automaticamente disponível para qualquer software que instales no teu dispositivo que ainda não seja compatível com o teu processador M1.

Felizmente, as empresas têm trabalhado arduamente na criação de aplicações compatíveis com o M1, mas se também tens um, sabes que há circunstâncias em que estas trazem alguns problemas, ou que ainda falham em algumas funcionalidades.

Como forçar uma aplicação a usar o Rosetta?

Nesses casos, sabias que podes utilizar uma versão compatível com ambas e aplicá-la com o Rosetta? Aprende aqui como fazer!

  1. Encontra a aplicação na tua pasta Aplicações;
  2. Seleciona esta, e clica em cmd+I (ou com o lado direito do teu rato) e escolhe "Obter Informação";
  3. Na janela aberta com detalhes da aplicação, procura pela caixa de texto que diz "Abrir com Rosetta". Seleciona essa caixa;
  4. Fecha a janela aberta;
  5. Fecha a aplicação, e volta a abrir.
 utilizar o Rosetta à força nas aplicações compatíveis com Intel e M1
Utilizar o Rosetta à força nas aplicações compatíveis com Intel e M1

Assim, de cada vez que abrires a aplicação, esta vai abrir por defeito com a Rosetta, a correr a sua versão Intel. Quando quiseres parar, é só voltar a seguir as instruções, e tirar a marcação daquela caixa.

Como está a ser a tua experiência com o Mac M1? Tens tido muitos problemas em aplicações que costumavas usar?

Eis outras publicações que vais adorar ler:
A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.