A chegada do HomePod mini foi alvo de rumores durante algum tempo, mas agora que é oficial e foi apresentado, é tempo de fazer perguntas. Devo escolher o HomePod mini ou o HomePod? O que irei abdicar se optar por um HomePod mini? Nada melhor que colocar estes dispositivos lado a lado e conhecer as semelhanças e as diferenças entre os dois Smart Speakers da Apple. Se ainda não conheces o HomePod mini, fica a conhecê-lo aqui.

O que se mantém?

O HomePod mini mantém a maioria das funcionalidades do HomePod, a um preço $200 mais barato. É possível interagir com a Siri e com dispositivos compatíveis com HomeKit. É possível emparelhar 2 HomePod ou HomePod mini para projetar som stereo e ainda assim, a versão mini também tem um painel sensível ao toque no topo do equipamento.

A nova funcionalidade de intercomunicador chegará a ambos os equipamentos. À semelhança do HomePod, a versão mini trará consigo outros grandes chamarizes desta gama de produtos, como o áudio a 360 graus, microfones de longo alcance para suporte à Siri, áudio computacional e som em múltiplas divisões da casa.

Comparação dos modelos de HomePod e HomePod mini. Fonte: Apple

O que difere?

Não há como não notar por fora, apesar de por dentro também termos mudanças. O HomePod mini apresenta um design mais compacto e esférico de 345g, ao passo que o seu antecessor tem um design alongado com um peso de 2,5kg.

Enquanto a versão mini apresenta 4 microfones de longo alcance para interação com a Siri, o HomePod original tem 6 microfones. A nova versão também não traz suporte para Home Theater com a Apple TV 4K, já que a mesma não apresenta noção espacial (spatial awareness, referido na imagem acima).

Ao nível da performance auditiva, o corte de preço acarreta um compromisso na qualidade do áudio entregue. O HomePod apresenta um woofer (altifalante para produzir sons médios e graves) e sete matrizes de tweeter (altifalante dedicado à produção de sons com altas frequências). O seu irmão mais novo vem mais modesto, acompanhando-se de radiadores passivos duplos e um driver de alcance completo, procurando produzir graves profundos e sons mais nítidos para frequências altas. Não quer dizer que a qualidade do som seja má, mas notarás as diferenças ao colocar os dispositivos lado a lado.

Qual escolher?

Esta é uma pergunta com rasteira porque claramente depende de quanto estás disposto a gastar e qual o uso que lhe tencionas dar. Se te queres manter no ecossistema da Apple e ter um smart assistant em casa, para além do iPhone, para um uso mais ocasional, o HomePod mini deverá encher-te as medidas. Se, por outro lado, valorizas a qualidade de som, a possibilidade de interação com a Apple TV 4K para uma experiência de Home Theater, e pretendes o melhor, o investimento no HomePod poderá fazer mais sentido. Claro que o preço será um fator decisivo já que o novo HomePod mini começa nos $99, enquanto que o HomePod está à venda por $299.

O HomePod mini estará disponível por $99 com pré-reservas a partir de 6 de novembro, mas ainda não chegará a Portugal pelos meios oficiais. Até que tal aconteça, devemos ter que aguardar que a Siri aprenda a falar PT-PT. O que achas do HomePod mini? Por qual dos speakers inteligentes optarias por comprar? Partilha connosco na secção de comentários.