MacBook Air M2 desmontado pela iFixit

A iFixit, famosa empresa de reparação e desmontagem de equipamentos eletrónicos, já dissecou o novo MacBook Air M2. Vem conhecer as suas entranhas.
Escrito por Samuel Pinto e
2 mins de leitura
MacBook Air M2 desmontado pela iFixit
Publicidade
Publicidade

A desmontagem de novos equipamentos eletrônicos que chegam ao mercado, faz parte da filosofia de vida da iFixit. O novo MacBook Air M2 não foi exceção e já foi dissecado na sua "mesa de cirurgia". Mas quais as novidades?

O MacBook Air M2 já está disponível para compra, mas as novidades interiores podem não agradar a alguns. Ao contrário do MacBook Air M1 de geração anterior, que vinha equipado com duas memórias flash NAND de 128 GB cada uma, o novo M2 vem unicamente com uma unidade de armazenamento flash NAND de 256 Gb e soldada à placa lógica, como aliás era espectável.

Segundo os testes de benchmark, a unidade de armazenamento flash NAND de 256 GB no M2 tem uma velocidade 30 a 50% mais lenta face aos mesmos testes efetuados à geração anterior do MacBook Air M1 com duas unidades flash de 128 GB. Será que isso faz alguma diferença para o uso normal do dia a dia? A Apple diz que o desempenho geral do MacBook Air M2 é ainda mais rápido. Um artigo de opinião bastante interessante foi publicado aqui no iFeed e aborda justamente esta questão. Podes lê-lo clicando aqui.

A desmontagem feita pela empresa de reparação sediada nos EUA ao MacBook Air M2, revelou outros componentes embutidos na placa lógica. Entre eles encontram-se o chip M2 de 8 núcleos com a arquitetura de 64 bits e a unidade de processamento gráfico (GPU) integrada, um driver Thunderbolt 3 aparentemente projetado pela Apple, ao invés do tradicional chip Intel e um chip Wi-Fi e Bluetooth da empresa chinesa sediada em Shangai, USI (Universal Scientific Industrial).

Ademais, a iFixit ainda encontrou um acelerómetro dentro do portátil da Apple, mas a verdade é que não há qualquer informação para a utilidade do acelerómetro dentro do M2. Um dissipador de calor está ausente desta máquina, mas segundo Sam Goldheart da iFixit, contém muita pasta térmica, mas ela não tem como saber se é suficiente para dissipar o calor.

À semelhança do MacBook Pro de 14 e 16 polegadas, o Air M2 possui uma abas adesivas de fácil acesso para prender a bateria, tornando-a mais simples e rápida de remover. O MacBook Air M2 vem equipado com uma bateria de polímeros de lítio de 52.6 watts-hora, um pouco acima da que equipa a versão M1 que é de 49,9 watts-hora.

Por fim todas as portas do novo MacBook Air M2 são modulares, mas o chip M2 e o disco SSD são soldados à placa lógica o que torna muito mais difícil o upgrade a algum componente como o SSD por exemplo. Podes ver a desmontagem completa do iFixit ao MacBook Air M2.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo