O Wi-Fi do teu telefone revela a tua morada: como impedi-lo

O Wi-Fi do teu telefone revela a tua morada: como impedi-lo

Os hackers podem usar nomes de Wi-Fi para descobrir a localização da tua casa e roubar-te dados.

Redação iFeed
∙ 3 minutos de leitura

Em janeiro de 2021 existiam 4,66 mil milhões de utilizadores de internet em todo o mundo, 92,6% dos quais a ligar-se à internet através do Wi-Fi nos seus telefones. No entanto, poucos sabem que o Wi-Fi do telefone pode revelar o local de residência de uma pessoa.

“Tudo o que é preciso para alguém descobrir a localização da sua casa é o seu nome de Wi-Fi. Existem sites públicos, como o Wigle.net, que criam mapas de pontos de acesso Wi-Fi. Qualquer pessoa pode simplesmente escrever o nome do seu Wi-Fi na barra de pesquisa do Wigle e ficar a saber onde você mora. A partir do momento em que os hackers sabem a sua morada, torna-se mais fácil para eles ligarem-se ao seu router e roubar os seus dados,” afirma o especialista em segurança digital da NordVPN Daniel Markuson.

Como é que o teu telefone revela o teu nome de Wi-Fi?

Um telefone está continuamente à procura de redes Wi-Fi confiáveis. Quando uma pessoa está próxima da tua casa ou do local de trabalho, o dispositivo liga-se automaticamente à rede que aí encontra. Isto é algo muito prático, mas ao avançar continuamente com estes “pedidos de ligação”, o telefone fornece muitas informações valiosas.

“Existem apps que podem recolher os nomes de todos os Wi-Fi próximos, incluindo a rede da sua casa. Estes dados são então enviados para websites como o Wigle.net que fazem corresponder um nome Wi-Fi à sua localização,” explica Daniel Markuson. “Na verdade, você nem precisa ter a app instalada no seu dispositivo – basta que o seu vizinho a tenha e apanhe o sinal do seu Wi-Fi doméstico.”

Os hackers podem saber onde moras?

Tendo “pedidos de ligação” combinados com os dados do Wigle, um hacker apenas precisa de um nome de Wi-Fi para descobrir a localização da residência do utilizador. Existem algumas maneiras de eles descobrirem.

Uma pessoa mal-intencionada pode telefonar a fingir ser o fornecedor de serviços de internet e pedir o nome do Wi-Fi ou enviar um email de phishing a solicitar a confirmação dos detalhes de conexão. Outra forma é usar scanners de Wi-Fi para apanhar os pedidos de ligação que os dispositivos estão a enviar.

“Um hacker pode colocar o scanner por baixo de um banco num parque público, por baixo de uma mesa no café que você costuma frequentar ou apenas carregá-lo na sua mochila,” diz Daniel Markuson da NordVPN. “Você não se aperceberá, mas o scanner registará discretamente todos os pedidos de ligação Wi-Fi próximos.”

O hacker usará então software para ver as solicitações que o seu dispositivo apanhou. Desta forma, ele verá todas as redes Wi-Fi locais, que dispositivos estão ligados a elas e quais os dispositivos que estão “à procura” de redes confiáveis.

“Com essas informações em mãos, é muito mais fácil ligar-se ao seu router Wi-Fi. Proteger o seu router é fundamental. Enquanto ponto central de ligação para cada dispositivo na sua casa, o seu router controla quem tem acesso ao seu Wi-Fi doméstico. Se alguém com más intenções estiver ligado a ele, pode piratear o seu telefone, roubar os seus ficheiros, espiar tudo o que você faz online e até roubar a sua identidade,” avisa Daniel Markuson.

Como podes proteger-te?

Por mais assustador que pareça, Daniel Markuson diz que existem formas de te protegeres, e a maioria delas não requerem muitos conhecimentos técnicos.

  • Muda as configurações de Wi-Fi do teu telefone ou desliga-o. Mesmo que o teu telefone esteja ligado a uma rede Wi-Fi, isso não o impede de procurar outras redes na área. A maneira mais fácil de mudar isso é ajustar as configurações ou desligar completamente a procura por Wi-Fi. Continuarás a poder ligar-te manualmente à tua rede Wi-Fi guardada (não será necessário voltar a inserir a password).
  • Altera a intensidade do teu Wi-Fi. Para impedir que o teu Wi-Fi apareça nos mapas de pontos de acesso, podes reduzir a sua intensidade. Terás um melhor sinal se o teu router estiver num espaço aberto em vez de num armário, mas este não precisa ser tão forte que os teus vizinhos possam usá-lo também.
  • Usa uma VPN no teu router Wi-Fi. Uma VPN pode encriptar o tráfego em todos os dispositivos ligados ao teu Wi-Fi de casa. Ela baralha todos os teus dados online, de modo que o tráfego pareça uma total confusão para qualquer hacker que tente intercetá-lo. Desta forma, os criminosos não serão capazes de aceder aos seus dados mesmo que invadam o router.

Artigo redigido pela NordVPN

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.