Ubigi: para estares permanentemente conectado

Novos tempos, novas vontades. E para isso, novas empresas que prestam serviços de excelência. Lê aqui sobre a Ubigi.

Os fenómenos que nos aproximaram

A fase de sentir a Internet enquanto novidade revolucionária já foi há muito ultrapassada. Para tal, não bastou o seu surgimento. Sem uma velocidade adequada, de que servia a existência da World Wide Web, quando o acesso aos seus conteúdos era extremamente lento e caro? Para mais, esse é um dos exatos motivos pelos quais não valia a pena pensar em criar conteúdos online para partilhar com o mundo. Demasiadamente limitado.

Depois, com a entrada dos serviços por cabo em Portugal, começamos a experienciar a Internet de outra maneira. Finalmente já não se tinha que esperar pelo modem e ir tomar um café até que uma simples imagem surgisse à frente dos nossos olhos, ou que aquele mp3 se conseguisse ouvir. Nem comento acerca de qualquer tipo de vídeo...

Mas continuávamos presos aos pesados monitores e torres que albergavam os Pentium, ou, para alguns sortudos, os G4. Foi mesmo preciso que a genialidade de Steve Jobs espoletasse uma revolução tão ou mais impactante do que a própria Internet: o iPhone. A partir daquele momento, a Internet passou a estar nos nossos bolsos. Algo arcaica (tudo começa assim, não é?), sem grandes apps, mas foi o início de um percurso impossível de travar. Veio o iPad, e toda a concorrência com os seus smartphones e tablets por arrasto.

E assim foi operada a Globalização: aproximou-nos, quando estávamos fisicamente distantes e democratizou o acesso da tecnologia à população mundial. Mas não ficou por aqui. Ambos estes elementos cruzam-se no que diz respeito às nossas deslocações. Viajar deixou de ser uma ocupação reservada a poucos. A proximidade física também foi democratizada. A chegada das companhias aéreas low cost permitiu que milhões de pessoas realizassem sonhos até antes inatingíveis, provocando, desse modo, uma alteração indelével no conceito de viajante.

Com efeito, os consumos e os estilos de vida sofreram alterações radicais, e nos tempos que correm, ter Internet e viajar constituem práticas banalizadas no quotidiano. Vivemos, portanto, num paradigma de proximidade e de conectividade constantes, sendo praticamente impossível, mesmo para quem viveu noutros tempos, sequer imaginar como seria voltar ao "antes".

eSIM: a normalização da intangibilidade

Uma das características deste paradigma é justamente uma tríde assente na desborucratização, digitalização e virtualização. Para quê deslocar-me a um sítio para receber um bilhete de avião, quando posso te-lo na minha Apple Wallet? O mesmo se poderá dizer: para quê ir buscar um cartão SIM de uma empresa estrangeira (tendo que ter o telefone desbloqueado e/ou, de preferência, com slots para dois SIM) quando posso activar um eSIM? Explicarei melhor:

Os fornecedores de serviços de dados tiveram, naturalmente, que acompanhar este autêntico tsunami tecnológico. Como se dizia naquele anúncio português de água engarrafada, ter Internet no bolso ou no pulso é "tão natural como a sua sede". Não tarda, a existência de um cartão SIM físico, será algo que pertencerá ao passado. Na verdade, é inconcebível gastar toneladas de plástico e de chips, quando o eSIM já é uma realidade, à qual cada vez mais prestadores de serviços estão a aderir pelo mundo fora.

Para além desta poupança de recursos em prol do ambiente, o que nos poderá oferecer um eSIM? A Apple explica neste link, mas vou citar:

Um eSIM é um cartão SIM digital que lhe permite ativar um plano móvel da sua operadora sem ter de utilizar um cartão nano-SIM físico. Pode instalar vários perfis de eSIM num iPhone que suporte o serviço eSIM. Se o iPhone estiver desbloqueado, pode subscrever vários planos de dados móveis.

Uma outra vantagem claríssima do eSIM, como se pode ler, é permitir que a livre concorrência floresça, e de modo global. Já não é preciso estar confinado nas fronteiras de Portugal para se poder aceder a serviços de dados! E se há mais concorrência, os preços baixam e a qualidade aumenta, caso contrário, nem sequer vale a pena entrar no jogo.

Ubigi, a normalização da ubiquidade

Tenho escrito várias reviews, e o primeiro elemento para onde olho é desde logo  a designação da marca. É-me caro entender se está ou não em linha (criativa e lógica) com o serviço que é prestado. Com efeito, a designação "Ubigi" não poderia adequar-se melhor ao que estamos aqui a analisar. Gigabytes em todo o lado! E é bem verdade. A marca afirma que presta o seu serviço em mais de 170 países. Eu contei mais de 220! Transpira confiança.

Gostei particularmente dos dois postulados sob os quais a Ubigi se ancora:

A ambição

Permitir aos viajantes privados e profissionais desfrutar de uma viagem segura, sem stress, e memorável, graças a experiências de conectividade inovadoras e sem interrupções, onde quer que se encontrem no mundo.

A visão

As viagens entraram numa nova era, inteiramente dedicada à experiência humana, na qual a conectividade móvel se tornou vital. Os viajantes privados querem permanecer ligados em qualquer lugar, a qualquer hora, enquanto que aos viajantes de negócios é dada a pesada tarefa de continuar a criar valor para a sua empresa, independentemente do local do mundo onde estejam.

De facto, a Ubigi incorpora todas as dinâmicas que apontei acima: garante condições de qualidade para que nunca fiquemos sem Internet nos nossos disposivitos quando estamos em viagem. Não somos omnipresentes, mas onde quer que estejamos, nunca mais teremos que sentir ausências dos nossos hábitos, da nossa, chamemos-lhe assim, segurança ontológica, graças à ubiquidade dos serviços de dados prestados por empresas como a Ubigi.

A sensação de continuidade, onde quer que estejamos, é garantida, reduzindo drasticamente a ansiedade de poder vir a estar estar desconectado do mundo que nos é tão familiar. Porquê a Ubigi? Vê o vídeo que se segue:

Como usufruir das vantagens da Ubigi

A Ubigi é compatível com os principais sistemas operativos (iOS, iPadOS, Android e Windows 10/11), oferecendo-te três tipos de plano para aceder aos seus serviços em Portugal e em todo o mundo. Vais deixar de ter problemas quando viajas e te surge aquela dor de cabeça assim que pensas no custo de ter Internet fora das fronteiras nacionais.

Terás então que ter um eSIM, que a Ubigi te oferece, sem qualquer custo. Mas antes, verifica se o teu equipamento é compatível neste link. Depois, é seguires os passos:

  • Faz o download da App Ubigi: clica aqui
  • Acede à aplicação e escolhe "Dados móveis no meu dispositivo"
  • Segue as instruções apresentadas no teu écrã. Também podes seguir estes passos clicando aqui.
  • Desliga o teu Wi-Fi e assim que estiveres conectado através do eSIM, cria a tua conta pessoal. Vê aqui.
  • Escolhe o plano que melhor se adeque às tuas necessidades.

Contemplando planos pontuais, mensais ou anuais a preços extremamente competitivos, é só escolheres e não pensares mais nisso. A pergunta que te fazem é: onde é que precisas de estar conectado?

É realmente agradável ter noção de, onde quer que esteja, posso escolher a bandeira correspondente ao local em que me encontro, que estará com toda a certeza disponível. Mostro-te aqui, graças ao tradutor do Safari, o aspeto da página de planos da Ubigi em português. Por ora, a Ubigi apenas disponibiliza o seu website em inglês ou em francês. Mas não te preocupes: se tiveres o teu iPhone configurado para português, a app da Ubigi está disponível na nossa língua materna.

Para uma vida mais tranquila

Empresas como a Ubigi são necessárias. Diria mais: são fundamentais. A Internet veio para ficar, com todas as suas vantagens e desvantagens. Não obstante a pesada pegada ecológica, viajar em trabalho ou em lazer já não é uma propriamente uma ocorrência optativa. Porém, a pandemia SARS-CoV-2 imobilizou o mundo, tendo colocado à prova o papel da tecnologia na nossa vida. Prova que foi ultrapassada com disstinção. Entre outras coisas, por exemplo, as video-conferências conseguiram manter o mundo profissional e familiar em funcionamento.

Mas somos, antes de mais, animais sociais. Em maior ou menor intensidade, a proximidade física está imbuída no nosso ADN. Desbravar novos territórios, experienciar a interação com outras culturas, no fundo, de estender os horizontes constituem características elementares da condição humana. Seja através do ecrã de um telefone ou nos próprios locais (mantendo a ligação com a vida que deixamos nas nossas origens através da Internet) é tudo uma questão de escolhas.

E porquê escolher a Ubigi? Porque te liberta tempo para que te possas concentrar no que realmente interessa: teres uma vida mais tranquila aqui, ou em qualquer lado do mundo.

E para que não percas mesmo mais tempo, aproveita o promocode "IFEED10" para obteres 10% de desconto num plano de dados eSIM. Mas apressa-te porque esta redução é válida apenas para os primeiros 100 sortudos que o apliquem. Não precisas de mais para ficares conectado.