AirPods Max vs Beats Studio Pro: qual a melhor opção?
Pedro Alves

AirPods Max vs Beats Studio Pro: qual a melhor opção?

A Apple está no mercado dos acessórios de áudio há bastantes anos, e claramente é um dos players que sabe muito bem aquilo que anda a fazer nesse campo específico. Os AirPods são donos de um sucesso invejável, modelo após modelo, e de certa maneira a Beats, marca de que a Apple é agora proprietária, também ocupa um lugar de destaque nos segmentos em que opera.

A possível canibalização de equipamentos entre a Apple e a sua subsidiária já não é recente, porém veio agora tomar contornos mais relevantes, incentivada pela chegada dos novos Beats Studio Pro. Ora, estes auscultadores de estúdio vêm bater de frente com os AirPods Max, que já andam por cá há cerca de três anos, sem sucessor à vista...

Com muitas semelhanças e outras tantas diferenças entre si, qual a melhor escolha no momento: os Beats Studio Pro ou os AirPods Max? Vamos entrar em detalhe nesta batalha, e tentar perceber se existe ou não um claro vencedor.

Design e construção

Airpods max ready to listen music
AirPods Max

Neste aspeto em específico é inegável que o modelo da Apple acaba por sair ligeiramente por cima: a estrutura em aço inoxidável bate a qualidade da de plástico dos Beats, contudo esta característica dota os Studio Pro da possibilidade de serem dobrados e mais facilmente arrumados. Ao mesmo tempo, o emprego de plástico torna os Beats muito mais leves que os AirPods.

O design dos Beats é clássico e intemporal, e segue a linha dos seus antecessores; já os Max são indistinguíveis, quem os usar claramente não passará despercebido. Este ponto específico pode ser uma vantagem ou não, dependendo do utilizador e daquilo que ele valorize.

Os AirPods têm mais opções de cores que os Beats, o que teoricamente apela a um público mais alargado. O estojo de transporte rígido oferecido com os Beats é uma vantagem, e garante mais proteção que a Smart Case que acompanha os AirPods Max.

Características sonoras

Beats Studio Pro

Neste ponto específico, uma coisa é certa: ambos os modelos são capazes de oferecer uma qualidade sonora de topo. Porém, as fontes de onde tal som é proveniente são muitos distintas entre os modelos.

Enquanto a ligação lightning é a única que existe nos AirPods (além do bluetooth 5.0), os Studio Pro contam com USB-C, jack 3,5 e bluetooth 5.3. Aliás, através do USB-C dos Beats é possível usufruir de faixas de áudio sem perdas na sua plenitude, enquanto que na alternativa da Apple isso é impossível. A juntar a isso, a versatilidade que a quantidade de ligações disponíveis garante aos Studio Pro é incomparável face ao seu concorrente da maçã.

Comum a ambos os produtos é a tecnologia de áudio computacional, o áudio espacial, o modo transparência e o cancelamento ativo de ruído, mas por outro lado apenas os Beats contam com três perfis de aúdio distintos (Beats Signature, Entretenimento e Conversa). Os altifalantes dos dois auscultadores são personalizados para oferecer uma experiência inigualável a quem os possuir.

Outras especificações

AirPods Max
AirPods Max desmontados

A integração dos AirPods Max com o ecossistema da Apple é total: os proprietários terão ao seu dispor o emparelhamento rápido, a troca automática entre dispositivos, a partilha sonora, a presença na rede Encontrar, e todos os recursos habituais que apenas a gigante de Cupertino consegue incluir nos seus produtos. Já os Beats Studio Pro têm tudo o que foi mencionado, mas a dobrar: além de se integrarem perfeitamente com o ecossistema da Apple e com tudo o que lhe diz respeito, integram-se também com o ecossistema Android e com todas as suas especificidades. Assim, apenas os Beats possuem, por exemplo, Google Fast Pair e a presença na rede Find My Device da Google.

A bateria do modelo da Beats garante uma melhor autonomia a este produto: até 40 horas de uso sem o cancelamento ativo de ruído ligado, valor que desce para as 24 horas se se ativar o recurso atrás mencionado. A marca refere ainda que um carregamento rápido de dez minutos é suficiente para quatro horas de audição musical. Com os AirPods é possível ouvir música durante 20 horas com o cancelamento ativo de ruído em uso, e cinco minutos de carregamento fornecem a energia suficiente para uma hora e meia de experiência sonora.

Preço e conclusão

Beats Studio Pro dobrados

Neste momento, e olhando para a loja online oficial da Apple, os AirPods Max custam 629€, e os Beats Studio Pro têm o preço de 399,95€. São mais de 200€ de diferença...

Tendo em conta tudo o que um produto e outro têm para oferecer, na nossa opinião é inegável que o melhor conjunto geral, considerando o preço pedido, acaba por ser o garantido pelos Beats Studio Pro.

A construção e o design menos distintivo acabam por ser os seus pontos menos fortes, contudo os 200€ a menos na etiqueta de preço fazem com estas concessões sejam mais que justificáveis. Em tudo o resto os Beats são iguais ou até superiores aos AirPods Max, e isso em muito se deve à antiguidade deste produto: quase três anos de presença no mercado fazem a sua diferença, quer se queira ou não...

Ainda assim, estes AirPods continuam a sr um bom produto, que certamente vai agradar a todos os seus futuros proprietários; porém, os Beats Studio Pro são, inegavelmente, uma escolha mais inteligente e racional. Talvez quando surgir uma nova geração dos AirPods Max (caso isso alguma vez venha a acontecer) o cenário possa inverter-se; no entanto, para já, é com este que temos de lidar.

Pedro Alves profile image Pedro Alves
Publicado a
Comparação