Apple Fitness+: agora basta um iPhone para usar este serviço

Deixou de ser necessário ter um Apple Watch para utilizar o Apple Fitness+
Escrito por Pedro Alves e
1 min de leitura
Apple Fitness+: agora basta um iPhone para usar este serviço
Publicidade
Publicidade

Hoje é o dia em que o Apple Fitness+ sofre uma mudança substancial: deixou de ser necessário ser possuidor de um Apple Watch para se poder ter acesso a este serviço. Agora, em todos os 21 países em que o Fitness+ marca presença, tudo o que é preciso é ter um iPhone (e uma subscrição ativa, claro).

Esta mudança deve-se essencialmente à disponibilização do iOS 16.1, versão de software que torna isto possível. Mas isto não invalida que os atuais proprietários de smartwatches da marca da maçã percam qualquer beneficio associado à utilização do Apple Fitness+ nesse mesmo dispositivo.

De relevo é também a oferta de 3 meses de subscrição deste serviço de desporto na compra de qualquer novo iPhone, iPad ou Apple TV, o que fomentará o interesse de possíveis novos utilizadores e poderá auxiliar na conversão dos mesmos em novos clientes deste serviço digital.

A aplicação Fitness, que muitos de nós já temos instalada nos nossos iPhones, passa a ser a central de comando do Fitness+, que aparece na aba central da referida app. Basta fazer login no iPhone e depois passa a ser possível usar o serviço também num iPad ou numa Apple TV que partilhem o mesmo ID Apple.

O Apple Fitness+ tem o preço de 9,99€ por mês ou 59,99€ por ano, podendo a subscrição ser partilhada com até 5 familiares.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo