Como configurar o Pay no iPhone, Apple Watch e Mac

Como configurar o Pay no iPhone, Apple Watch e Mac

O Apple Pay já está disponível em Portugal há mais de um ano mas ainda são poucos os que utilizam o serviço. Sabe como configurar e usar esta forma de pagamento!

Patrícia Neves
∙ 3 minutos de leitura

Já passou mais de um ano desde que o Apple Pay chegou a Portugal, mas há muita gente ainda que não conhece ou não usa esta nova forma de pagamento. Aprende neste artigo o que é e como o configurar no teu iPhone, Mac e Apple Watch.

O que é o Apple Pay

A Apple criou um método de efetuar pagamentos digitais e deu-lhe o nome de Apple Pay. Funciona a partir da app Wallet, a mesma que serve para adicionar cartões de embarque. Ou seja, da mesma forma que se adicionam os bilhetes de avião na Wallet, é necessário inserir os cartões de crédito, débito ou pré-pagos. Sabe como.

Apple Pay: como configurar

Nem todos os bancos permitem pagar com Apple Pay, por isso, convém consultares antes de executar qualquer um dos passos seguintes se o teu faz parte da lista dos que suportam este método de pagamento.

Consulta aqui em baixo a lista completa:

  • Activo Bank
  • Bunq
  • Caixa Geral de Depósitos
  • Crédito Agrícola
  • Curve
  • FNAC (CaixaBank Payments&Consumer)
  • iCard
  • Millennium BCP
  • moey!
  • Monese
  • N26
  • Openbank
  • Revolut
  • Santander
  • TransferWise
  • Universo
  • Zen.com

Em Portugal a lista oficial divulgada pela Apple conta com dezassete bancos.

O Apple Pay pode ser utilizado no iPhone, Apple Watch ou Mac, por isso, vamos explicar-te como é feita a configuração em cada um dos dispositivos. Em caso de dúvida se o dispositivo é compatível ou não, o melhor é consultares este link da própria Apple, com a listagem completa dos equipamentos que suportam o Apple Pay.

iPhone

São precisos apenas três passos para configurar o serviço no iPhone:

  1. Abrir a aplicação Wallet
  2. Carregar no sinal +, no canto superior direito
  3. Fazer Continuar, escolher o banco e adicionar o cartão

Aqui, há duas opções: fazer um scan do cartão físico ou digitar manualmente os detalhes do cartão que se pretende adicionar.

No caso de bancos digitais, como o Revolut é pedido que abras a aplicação desse banco e aqui selecciones o cartão que queres adicionar à Wallet.

Além disso, uma vez que é permitido ter vários cartões adicionados, para escolher qual o predefinido basta ires a Definições - Wallet e Apple Pay e debaixo do menu Predefinições de Transação, selecionar o cartão que deve ser usado por defeito.

Apple Watch

A configuração no relógio é feita a partir do iPhone, na aplicação Watch. Os passos são:

  1. Abrir a aplicação Watch no iPhone
  2. Entrar em Wallet e Apple Pay
  3. Adicionar Cartão (processo similar ao iPhone)

Mac

A configuração do Apple Pay no Mac requer um Mac com Touch ID (MacBook Pro de 2016 e superior ou MacBook Air Retina de 2018 e superior) , ou num modelo de Mac de 2012 e mais recente um dispositivo móvel conectado através de bluetooth (iPhone ou Apple Watch).

  1. Abrir as Preferências do Sistema e depois Wallet e Apple Pay
  2. Carregar em Adicionar Cartão e preencher as informações solicitadas.
  3. No caso de um Mac de 2012 ou posterior com conjugação com um dispositivo móvel, é necessário ir a Definições - Wallet e Apple Pay no iPhone ou iPad e ativar a função Permitir Pagamentos no Mac.

Como utilizar?

Fazer pagamentos com Apple Pay é muito simples e é permitido em qualquer estabelecimento que suporte a tecnologia contactless. Em vez de abrir a carteira e tirar o cartão multibanco, basta pegar no iPhone, carregar duas vezes no botão lateral (ou botão principal nos modelos iPhone 8 e anterior ou iPhone SE 2020) e fazer a autenticação, seja por Face ID/Touch ID ou introduzindo um código. E claro, encostar o iPhone ao terminal de pagamento.

Da mesma forma, com o Apple Watch basta carregar duas vezes no botão lateral e aproximar o relógio do terminal do pagamento.

Havendo mais do que um cartão no Wallet, antes da confirmação é possível selecionar outro cartão para efetuar o pagamento, em vez de utilizar o predefinido.

No caso do Safari e nos pagamentos a partir do Mac, havendo sites que permitem o pagamento com Apple Pay, este pode ser um bom método para compras online. Se o Mac possuir Touch ID, depois de definir o cartão a utilizar basta fazer a autenticação a partir dessa função.

Por outro lado, se o Mac não tiver o Touch ID, a autenticação é feita a partir de um dos dispositivos móveis, como o iPhone. Tão simples assim.

*Artigo atualizado a 25 de dezembro

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.